as postagens mais acessadas da semana

domingo, 22 de setembro de 2019

II SEMINÁRIO NACIONAL DE GOVERNANÇA PARA O TURISMO - EDIÇÃO MARAGOGI - ALAGOAS


O evento tem como objetivo primordial discutir e promover as boas práticas de governança junto aos Municípios turísticos brasileiros. Nesse seminário, que tem caráter nacional, será abordado o eixo temático “Turismo em Unidades de Conservação”. Concomitantemente, será realizada a Feira de Negócios Turísticos Destinos do Brasil – Edição Maragogi – Alagoas.

II Seminário Nacional de Governança para o Turismo e Feira de Negócios Turísticos Destinos do Brasil – Edição Maragogi ­ – Alagoas

Dias: 10 a 12 de outubro de 2019

Local: Salinas All Inclusive Resort, Rodovia al 101 norte km 124 Maragogi/AL


Fonte: Amupe

MANOEL NETO TEIXEIRA - UM HOMEM APAIXONADO POR GARANHUNS

Manoel Neto Teixeira
Um homem apaixonado por Garanhuns, é assim que se define Manoel Neto Teixeira, nascido em Itaíba (02.11.1943), à época, distrito de Águas Belas, mas que logo aos oito anos de idade veio morar junto com os pais em Garanhuns, terra que aprendeu a amar com toda a intensidade de um eterno apaixonado, e que busca nas lembranças de um passado hoje, distante, as melhores recordações de sua vida, a infância, época pura e marcante. Filho de Seu Henrique Jacinto e de Dona Alzira Alves Teixeira, casado com Vânia Nóbrega. Teve consigo desde muito cedo a consciência de que com uma educação de alto nível conseguiria alcançar todos os seus objetivos. Estudou durante toda a juventude no Colégio Diocesano de Garanhuns, onde  fez os cursos Primário, Admissão ao Ginásio e o Clássico, concluindo-os em 1965, ano do Jubileu do Diocesano. Viveu momentos inesquecíveis e obteve uma educação que lhe serviu de base para toda a vida. Logo aos vinte anos mudou-se para Recife, cidade  onde bacharelou-se em Comunicação Social  (Jornalismo), concluindo em 1968 e Direito em 1973 pela Universidade Católica de Pernambuco; no ano de 1986 concluiu seu Mestrado em Ciência Política pela Universidade de Pernambuco.

Livro -  O Diocesano de Garanhuns e
Monsenhor Adelmar (de corpo e alma)
Logo que adentrou à Faculdade de Jornalismo, Manoel Neto foi contratado para trabalhar no Diário de Pernambuco, empresa séria e  consolidada em todo Estado, que o teve em seus quadros por vinte anos, de 1967 a 1987, escrevendo sobre assuntos relacionados à educação, ciência e pesquisa. Período esse em que desenvolveu todas as qualidades de um bom jornalista, tornando-se um profissional reconhecido e respeitado por todos. Foi redator especializado da antiga Agência Nacional, Sucursal-Recife; fundador e diretor do Jornal O Judiciário, com sede no Recife; fundador e diretor da Polys Editora, Recife; produtor e apresentador de programas no Núcleo de Rádio e TV Universitária (UFPE), 1984/94.

Professor Manoel Neto, como é mais conhecido, lecionou nos cursos de Direito e Administração da Faculdade de Ciências Humanas de Pernambuco e da Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns - AESGA. Faz parte da Academia Pernambucana de Letras Jurídicas (Cadeira 44), da Academia Olindense de Letras (Cadeira 23); da Academia de Letras de Garanhuns (Cadeira 19) e Instituto Histórico e Geográfico de Olinda.

Sua carreira como escritor teve início na década de oitenta, lançando o livro "Descaminhos da Universidade",  pela Editora Universitária da Universidade Federal de Pernambuco. Com um título considerado ousado para a época, a obra é composta basicamente por dois elementos, o analítico que aborda a decadência do ensino superior e também sobre questões políticas, e o segundo momento é o objetivo, que trata do levantamento da pesquisa que ocorreu ao longo de vários anos sobre o ensino superior no Estado de Pernambuco, desde 1827 com a fundação do primeiro curso jurídico do Brasil em Olinda, até o ano de 1980. Logo em seguida foi coautor do livro "Retórica", como encerramento do seu Mestrado em Ciências Jurídicas da Universidade Federal de Pernambuco e autor da série Multivisão - volumes I,II, III, IV e V.

Livro - Garanhuns - Álbum do Novo
Milênio (1811-2016)
Em 1994 escreveu uma obra que foi muito gratificante e que lhe trouxe lembranças de sua doce juventude em nossa cidade. Foi o livro "O Diocesano de Garanhuns e Monsenhor Adelmar - De Corpo e Alma", uma obra que narra toda história do Colégio Diocesano de Garanhuns, uma espécie de retribuição pelo alicerce cultural que o colégio lhe deu ao longo de sua juventude; esse livro teve sua segunda edição publicada em 2000. No ano de 2003 foi lançado "Olinda, das Colinas a Planície", livro que foi considerado pelo Instituto Histórico de Olinda como "O Livro do Século", e além disso uma obra que foi apoiada e abraçada por todos os olindenses. Em seguida lança a obra "Pinto Ferreira Vida e Obra", uma síntese da vida desse grande filósofo brasileiro, uma pessoa que conseguiu alinhar perfeitamente sua genialidade com uma  vida simples, humilde e digna.

Em 2016 Manoel Neto lança o livro "Garanhuns - Álbum do Novo Milênio (1811-2016)". A obra versa sobre múltiplos aspectos e fatos relacionados com a história de Garanhuns, desde os tempos de sua formação inicial como Vila, a formação dos poderes, Legislativo, Executivo e religiosos; o desdobramento urbanístico com suas avenidas, ruas e bairros, suas instituições civis e educacionais até manifestações artístico-culturais. 

Manoel Neto Teixeira, um exemplo de batalhador, jornalista, educador e acima de tudo um cidadão que honra a todos.

LANÇAMENTO DO LIVRO 'ANATOMIA DE UMA TRAGÉDIA - A HECATOMBE DE GARANHUNS' (1992)

Historiador Mário Márcio entrega ao prefeito Ivo Amaral, o 1º exemplar de 'Anatomia de Uma Tragédia - A Hecatombe de Garanhuns'

GARANHUNS - No domingo 17 de maio de 1992,  no Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti, era lançado oficialmente pelo historiador Mário Márcio de Almeida Santos, o seu livro 'Anatomia de uma Tragédia - A Hecatombe de Garanhuns', assistido por numeroso público, inclusive intelectuais desta cidade e da Capital.

A mesa dos trabalhos foi constituída pelo prefeito Ivo Amaral, vice, Esdras Lima, prof. Claubi Góis, diretor da Dere, representante do secretário de Educação do Estado, Rui Bezerra de Oliveira, secretário-adjunto da secretaria do Interior e Justiça do Estado, vereador Paulo Gomes, Severino Guimarães e Joaci Laurindo de Souza, ex-prefeito de Garanhuns Amílcar da Mota Valença, Audálio Alves, da Academia de Letras de Pernambuco, que representou também a presidência da Fundarpe, jornalista do Diário de Pernambuco Lêda Rivas, Potiguar Matos, Diretor do Arquivo Público do Estado Jordão Emerenciano, Cel. Antônio Mendonça, secretário de Cultura, Turismo e Esportes de Garanhuns, Ivan Gomes, presidente da Associação Comercial de Garanhuns, jornalista Humberto Moraes, representando o Grêmio Cultural Ruber van der Linden e a Academia de Letras de Garanhuns, Carlindo Lopes, presidente do Rotary Clube local e o jornalista Ulisses Pinto.

Além das autoridades, presentes o mundo intelectual da cidade, secretários municipais, professores e o povo em geral, a senhora Mabel de Morais e Silva Santos, esposa do autor do livro que recebeu da 1ª dama Edjenalva  Amaral uma corbeille de flores.

O primeiro orador foi o Dr. Rui Bezerra de Oliveira representando o secretário de Justiça do Estado. Potiguar Matos, historiou muito bem o sentido da importante obra. Falou em seguida o autor do livro, dizendo que na certa sairia um segunda edição pois estava quase esgotada a 1ª e que receberia com bom grado, dados sobre a Hecatombe, em forma de cartas, mensagens. Fez na ocasião um verdadeiro hino de amor a Garanhuns.

Ulisses Pinto, também falou a respeito do historiador, cujo pai foi telegrafista nesta cidade e o seu avô, Dr. João Pacífico dos Santos, promotor  público da Comarca, na época do sangrento acontecimento.

O poeta Audálio Alves, disse palavras elogiosas sobre a grande obra do professor Mário Márcio, o prefeito Ivo Amaral encerrou a solenidade, falando do  contentamento de presidir uma acontecimento de grande significado para a cultura e para o povo de Garanhuns.

Houve um coquetel e na ocasião foram autografados cerca de 140 livros.

Todos os oradores enalteceram a luta do grande homem de letras, Potiguar Matos, diretor do Arquivo Público Estadual Jordão Emerenciano, em sua luta em  prol da edição de uma obra científica, histórica e filosófica intitulada "Anatomia de uma Tragédia - A Hecatombe de Garanhuns".

sábado, 21 de setembro de 2019

1º BIATHLON GARANHUNS


Nesse domingo (22), acontece o 1º BIATHLON GARANHUNS, competição individual que envolve dois desportos em simultâneo: a natação e a corrida. Teremos a participação de 87 atletas de 11 cidades.

prova de Natação será composta por 200 metros para homens e 150 metros para mulheres e acontecerá no Parque Aquático da  Associação Garanhuense de Atletismo (AGA). Já o percurso de 4,2km de corrida, será disputado na Avenida Rui Barbosa.  Todos os inscritos que completarem o percurso receberão uma medalha. Já os três primeiros colocados receberão troféus.

SERESTA DE DESPEDIDA DE SOLTEIRO

Garanhuns, PE - Praça Souto Filho na década de 70
Imagem/IBGE

GARANHUNS -  As serestas constituíam-se numa atração das noites enluaradas. Cantores, violinistas, jovens apaixonados saiam para brindar a lua com lindas canções. Certa noite Iran Pessoa procurou um dos grupos para a seresta de sua despedida de solteiro. O casamento estava marcado para as dez horas da manhã na Catedral de Santo Antônio. Ao formular o convite informou que ao término haveria uma recepção em sua residência à Rua Dom José. O grupo formado por José Catão com o seu bandolim; Euclides Pernambuco e Pedro Dutra, violões, acompanhando também José Marcolino, Wilson da Mota e Humberto de Moraes, que era o encarregado da programação, anotando os nomes dos cantores e as músicas que deveriam interpretar conforme e escolha de cada um dos cantores... Noite de verão, céu limpo e lua cheia, estando seus raios prateados sobra a região. Por volta de uma da manhã todos pensavam na cerveja e no frango assado que seriam servidos. 

Em frente da residência Iran deu sinal verde. Euclides Pernambuco solou uma valsa acompanhado por  Catão e Pedro Dutra. A seguir, Catão começou a cantar um dos grandes sucessos de Ary Barroso: Maria. Com uma voz de tenor e de muita intensidade. Maria!... o teu nome principal!... Antes de concluir a estrofe abriu-se a janela, surgindo o pai de Iran Pessoa com algo numa das mãos parecendo uma trave ou uma espingarda, interrompendo bruscamente a seresta com estas expressões. Principia na pouca vergonha desse lote de vagabundo que não deixa ninguém dormir!...

O grupo dispersou-se em desabalada carreira.

Humberto Alves de Moraes
Jornalista e ex-vereador
26 de novembro de 1993

SIVALDO ALBINO CONFIRMA A VOLTA DO FESTIVAL DE JAZZ


Graças ao deputado Sivaldo Albino (PSB), Garanhuns terá de volta o Festival de Jazz, evento que trazia à cidade, no período do carnaval um considerável número de turistas, beneficiando grandes e pequenos hotéis, bares, restaurantes, artesãos e vendedores ambulantes.

O evento foi interrompido nos últimos anos, mas agora já está tudo certo para o retorno. Uma edição está programada para ser realizada ainda este ano e no próximo ano será promovido novamente, com um formato maior.

Em contato com o blog, Sivaldo disse que o evento somente será possível graças ao total apoio do presidente da Fundarpe, Marcelo Canuto, do Secretário de Cultura do Estado, Gilberto Freyre e do governador Paulo Câmara.

Na foto acima Sivaldo está com Giovanni Papa Leo, Alexandre Marinho e Jackson Rocha Júnior, exatamente discutindo os detalhes do Garanhuns Jazz Festival. A primeira imagem mostra uma das últimas edições do evento. 

Os organizadores vão procurar se reunir com o prefeito Izaías Régis ou seus representantes, para definir a questão de local, data e outras tópicos em que há necessidade do envolvimento do município.

O Festival de Jazz e Blues, caso incorpore à sua programação cantores de um perfil mais popular ou classe média, como aconteceu no ano em que veio se apresentar Ivan Lins, tem tudo para ter ainda mais força do que antes, o que será muito bom para Garanhuns. (BLOG DO ROBERTO ALMEIDA).

PESQUISADORES CRIAM GRUPO DE ESTUDOS DO CANGAÇO DE PERNAMBUCO


Por Manoel Severo Barbosa*

Com o apoio decisivo do Instituto Cariri Cangaço do Brasil, da ABLAC - Academia Brasileira de Letras e Artes do Cangaço -, da SBEC – Sociedade Brasileira de Estudos do Cangaço -, do GECC – Grupo de Estudos do Cangaço do Ceará - e do GPEC – Grupo Paraibano de Estudos do Cangaço -, além de outros ilustres grupos de discussão sobre o cangaço de todo o Brasil, nasce o GECAPE: Grupo de Estudos do Cangaço de Pernambuco; um sonho ha muito acalentado por pesquisadores e apreciadores da temática do querido estado pernambucano, berço inconteste deste que se trata de um dos mais fortes fenômenos sociais do Brasil.

Tendo a frente um quarteto de ouro; pesquisadores; Luiz Ruben Bonfim, Conselheiro Cariri Cangaço, membro da ABLAC e SBEC; o pesquisador e professor Itamar Baracho; o pesquisador Wasterland Ferreira, membro da SBEC e Geraldo Ferraz; Conselheiro Cariri Cangaço, membro da ABLAC e SBEC; além de outros ilustres pesquisadores,escritores e admiradores da temática, o GECAPE nasce com a força do estado pernambucano; um dos mais ricos em memória, tradição e cultura, de todo nosso Nordeste.

Com a palavra Wasterland Ferreira:

Desde há muito sonhava com a formação de um grupo de estudos do fenômeno do Cangaço que fosse sério, imparcial e imbuído no propósito de, além de estudá-lo, promover análises e reflexões sobre o assunto proposto, como também valorizar e enaltecer cada vez mais a nossa rica história regional e pujante cultura nordestina. Portanto, compartilho com os amigos a criação do GECAPE - Grupo de Estudos do Cangaço de Pernambuco.

Na oportunidade, um dos mais festejados pesquisadores da temática cangaço, Dr. Frederico Pernambucano de Mello, proferirá importante e pertinente palestra sobre o ciclo histórico do Cangaço.

O GECAPE nasce com o apoio decisivo do Cariri Cangaço; 
da ABLAC - Academia Brasileira de Letras e Artes do Cangaço;
da SBEC - Sociedade Brasileira de Estudos do Cangaço;
do GECC - Grupo de Estudos do Cangaço do Ceará
e do GPEC - Grupo Paraibano de Estudos do Cangaço.

Já o curador do Cariri Cangaço, Manoel Severo ressalta que:

A chegada do GECAPE nos enche de entusiasmo, sem dúvidas um grupo que já nasce grande, tamanho o talento de seus integrantes como também pela força 
querida terra pernambucana, isso é maravilhoso. O Cariri Cangaço se sente muito feliz em ser Patrono desse espetacular grupo, juntos haveremos de continuar construindo momentos importantes no resgate da historia do cangaço.

E conclui:

O Cariri Cangaço estará em peso prestigiando o lançamento do GECAPE, teremos além de mim, mais 11 Conselheiros, os fundadores; Luiz Ruben e Geraldo Ferraz; além de Manoel Serafim, Louro Teles, Junior Almeida, Antônio Vilela, Quirino Silva, Professor Pereira, Emmanuel Arruda, Jorge Remigio e Narciso Dias; que representam também o GPEC, como também estaremos representando oficialmente a ABLAC e nosso presidente Archimedes Marques e o GECC, de nosso presidente Ângelo Osmiro, ambos também Conselheiros Cariri Cangaço; e as presenças mais que honrosas de tantos amigos, vaqueiros da historia, como o Doutor Frederico Pernambucano de Melo e o querido amigo Paulo Britto, Paulo Dunga, Mabel Nogueira, Aninha Ferraz, Waguinho Ferraz, dentre tantos e tantos outros, por fim aos amigos Luiz Ruben, Baracho, Wasterland, Ferraz e todos os demais, avante!

O lançamento oficial do GECAPE acontece neste sábado  21 de setembro de 2019, a partir das 13 horas no auditório da Biblioteca Estadual de Pernambuco, Rua João Lira s/n , no bairro Santo Amaro, Recife-Pernambuco.

sexta-feira, 20 de setembro de 2019

HORA-AULA DE PROFESSORES EM GARANHUNS É RETIFICADA PELO TJPE COMO A PREVISTA NO ESTATUTO DO MAGISTÉRIO ESTADUAL


A Segunda Turma da Primeira Câmara Regional de Caruaru, do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), por unanimidade, negou o recurso do município de Garanhuns contra tutela antecipada concedida, pelo juiz da Vara da Fazenda Pública de Garanhuns, que determinou que a Prefeitura volte a remunerar os professores com base na hora-aula prevista no Estatuto do Magistério do Estado de Pernambuco.

A remuneração é também aplicável aos professores municipais, no caso (hora-aula de 50 minutos, se diurna; e de 40 minutos, se noturna), e não com base em hora-aula de 60 minutos.

“A tese do município de Garanhuns tenderia a se espalhar por outros municípios, como forma de buscar economia em prejuízo da educação. A decisão do TJPE contribui para a defesa do princípio constitucional de valorização dos profissionais de ensino”, avaliou o promotor de Justiça Domingos Sávio Agra.

Segundo a recente decisão do TJPE, “a publicação da Lei Municipal nº 4400/2017 passou a aplicar a hora de 60 minutos, para fins de cômputo da carga horária e, portanto, de remuneração dos professores da rede municipal. Contudo, não consta na referida Lei Municipal nenhuma previsão legal que estipule que uma hora-aula corresponda a 60 minutos. De outro lado, o Estatuto do Magistério do Estado de Pernambuco, Lei no 11.329, de 16 de janeiro de 1996, estabelece em seu art. 15, a duração da hora-aula diurna em 50 minutos e da noturna em 40 minutos”.

“Assim, do que dos autos consta, pode-se concluir que o município, ao instituir o piso salarial dos professores, ampliou a hora-aula em 10 minutos, sem qualquer contraprestação remuneratória, o que representou aumento da carga horária. Uma vez que se afigurou ilegal a aplicação de horas-aula de 60 minutos, em descumprimento ao Estatuto do Magistério do Estado de Pernambuco, também aplicado aos professores municipais, resta inafastável que a continuidade do cômputo respectivo provoca danos aos professores, que deixariam de ser remunerados corretamente pelas horas trabalhadas. O que por si representa o perigo de dano em questão”, relatou o texto da decisão.

Para consultas, o número de Agravo de Instrumento é 0009883-93.2017.8.17.9000.

Fonte: MPPE

TOINHO ALVES - UM GARANHUENSE QUE CONQUISTOU O MUNDO

Toinho Alves
Imagem/http://gatocobaia.blogspot.com/
GARANHUNS - No início dos anos 70, quando os baianos já tinham seus nomes consolidados e Luiz Gonzaga ainda reinava de Norte a Sul do País, surgiu em Pernambuco um novo grupo musical. Formado por cinco integrantes ainda moços, foi denominado criativamente de  'Quinteto Violado'. O primeiro disco da banda, naqueles tempos de vinil, trouxe um arranjo de Asa Branca que encantou os apreciadores da boa música brasileira. Trazia ainda Acauã e outros clássicos da discografia de Luiz Gonzaga, que desde o começo inspirou os jovens conterrâneos.

O Quinteto deslanchou de vez quando foi descoberto por Gilberto Gil, já um nome de peso da MPB. Ele ouviu o som do Violado e elogiou os rapazes, com repercussão intensa em Pernambuco e no Centro-Sul do País. A partir daí ninguém segurou mais o grupo, que passou  a lançar um disco a cada ano, cantando as nossas vaquejadas (a faixa principal do segundo vinil celebra a grande vaquejada de Surubim), as feiras livres (o terceiro disco é intitulado 'A Feira' e trás dentre outras músicas, 'A Procissão', de Gilberto Gil, e 'Pau de Arara', já gravada por Luiz Gonzaga), os flagelos e também as belezas do Nordeste.

Quinteto Violado em 1977
Imagem/funarte.gov.br

Toinho Alves ficou à frente do grupo por 40 anos.  Era contrabaixista, vocalista em algumas faixas e líder do Quinteto Violado. Saiu aqui da terrinha rapaz, depois de ter frequentado as salas do Colégio Diocesano e no Recife foi se formar em Engenharia Química. Mas o seu destino era a música e dela viveu até os 64 anos.

FAMÍLIA DE MÚSICOS - Toinho, o garanhuense que conquistou o Brasil e o mundo, com o seu Quinteto Violado (foram inúmeras as excursões a países da Europa), pertencia a uma família de músicos que morou em Garanhuns por muitos anos. Seu pai se chamava Sílvio Alves, um dos tios, Luís Figueiredo, era maestro, e seu irmão mais velho, Wilson Alves, foi durante muitos anos o chefe da Banda Manoel Rabelo, que brilhou no município durante décadas. Wilson, por sinal, nunca saiu da Suíça Pernambucana, ficando aqui até morrer. Outro irmão de Antônio, José Cupertinho Alves, conhecido como Deda, também era músico. Foi ele quem fez o hino do 'Centenário de Garanhuns', juntamente com Nelson Paes, autor da letra.

O ex-prefeito Ivo Amaral, conhece a família de Toinho, falou sobre o músico, lembrando inclusive, que ele orientou a administração municipal quando foi criado o Festival de Inverno de Garanhuns. "O Quinteto inclusive se apresentou no primeiro e segundo festival. E esteve presente em outras edições, em algumas até como organizador cultural", lembrou Ivo.

Toinho Alves  nasceu em 22 de agosto de 1943, em Garanhuns, e faleceu em 29 de maio de 2008.

Fonte: Jornal Correio Sete Colinas de junho de 2008.

CAETÉS - ARMANDO DUARTE TEM CONTAS DE 2016 APROVADAS PELO TCE

Prefeito Armando Duarte
O  Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco TCE/PE, aprovou a prestação de contas de governo do município de Caetés relativa a 2016, ao dar provimento a recurso interposto pelo gestor Armando Duarte em sessão do pleno do TCE realizada no último dia 04/09.

Inicialmente as contas foram rejeitadas em primeira análise, por entender a segunda Câmara do TCE que não haviam sido cumpridos alguns dispositivos legais.

No exercício do seu direito de defesa o prefeito através de seus advogados, apresentou recurso ordinário com suas alegações, comprovando o efetivo cumprimento dos normativos legais, sendo tal recurso acolhido, revertendo o julgamento inicial e aprovando as contas do município de Caetés de 2016.

SESC INICIA OBRA DE R$ 2,9 MILHÕES EM TRIUNFO


O Sesc Pernambuco vai assinar, nesta sexta-feira (20/09), a ordem de serviço para dar início ao plano de investimentos da entidade em Triunfo, no Sertão de Pernambuco. Com valor aproximado de R$ 2,9 milhões, será construído um equipamento de lazer e reformados o centro de convenções do hotel e a Fábrica de Criação Popular. A solenidade será às 11h, durante a realização do Congresso de Tecnologia da Educação, no Centro de Convenções do Senac, em Caruaru, com a presença do presidente do Sistema Fecomércio, Bernardo Peixoto, do diretor do Sesc, Oswaldo Ramos, e do prefeito da cidade sertaneja, João Batista Rodrigues.

Com inauguração prevista para o primeiro semestre do ano que vem, a obra vai gerar 200 empregos, será realizada em 150 dias corridos e executada pela Plínio Cavalcanti & Cia, vencedora da licitação. “É um investimento que busca potencializar a captação de eventos corporativos para a cidade, criar um espaço de convivência e práticas esportivas para uso livre e modernizar nosso espaço de formação e difusão de práticas culturais“, ressalta Bernardo.

O Centro de Recreação de Triunfo terá pista de cooper, playground, banheiros e uma concha acústica para receber espetáculos de diversas linguagens culturais e eventos. Também serão disponibilizadas mesas para jogos de tabuleiro, e áreas para passeios de bicicleta, e de encontros, como piqueniques. São mais de nove mil metros quadrados de área aberta ao público em frente ao hotel do Sesc, no bairro de São Cristóvão, e expectativa de receber 2,5 mil pessoas por mês no local.

A Fábrica de Criação Popular, fundada em 2012 na antiga cadeia pública de Triunfo, e o Centro de Convenções, com capacidade para receber 200 pessoas em eventos no hotel, serão contemplados com obras de melhorias. No planejamento de intervenções, estão a substituição de piso, recuperação estrutural, manutenção de cobertura e revisão das instalações elétricas e hidrossanitárias e pintura.

PROGRAMAÇÃO DA "MAGIA DO NATAL" É DIVULGADA

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

MUNICÍPIOS DO ARARIPE E DO AGRESTE SÃO CONTEMPLADOS NO GARANTIA-SAFRA 2017-2018

Os agricultores de mais seis municípios pernambucanos foram contemplados no programa Garantia-Safra 2017-2018, depois do pedido de reavaliação apresentado pela Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Estado (SDA) à Coordenação Nacional do Programa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Depois da revisão, foram comprovadas as perdas nas cidades de Araripina, Santa Filomena e Trindade, no Sertão do Araripe; Orobó e Surubim, no Agreste Setentrional, e Saloá, no Agreste Meridional, que antes não tinham sido beneficiados. Nesses municípios, serão pagos R$ 10,36 milhões aos 12.193 mil produtores inscritos.

Na edição 2017-2018 do programa, foram inscritos 103 municípios, sendo 53 do Sertão e 50 do Agreste. Desse total, em 64 municípios foram confirmadas perdas acima de 50% das lavouras. Os outros 39, segundo o Ministério, não tiveram perdas comprovadas segundo os critérios do Garantia-Safra. Com o resultado da revisão, o MAPA dá por concluída essa edição do programa. A SDA está encaminhando para as prefeituras os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) e Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) utilizados pelo Ministério na verificação das perdas para que os gestores possam verificar os dados de seus municípios.

“Caso as prefeituras identifiquem alguma inconsistência nos dados, o município deve solicitar a retificação das informações para que o Estado possa entrar com novo pedido de reavaliação”, explicou o secretário Dilson Peixoto, acrescentando que a Coordenação Estadual do Garantia-Safra está à disposição dos gestores municipais para esclarecer qualquer dúvida.

“Alguns municípios reconheceram que não tiveram perdas na safra 17-18, mas aqueles que identificarem erros nos dados utilizados pela Coordenação Nacional do programa podem pedir a retificação ao órgão responsável pela informação e, a partir da retificação oficial, podemos entrar com novo pedido de reavaliação”, detalhou o coordenador estadual do Garantia-Safra, Tarcísio Pontes.

Em todo o Estado, 83,4 mil agricultores familiares foram contemplados com um benefício de R$ 850, divididos em cinco parcelas de R$ 170, somando um investimento que supera os R$ 70 milhões.

Foto: Edilson Júnior/SDA

TUXINHA E FORRÓ PÉ-DE-SERRA NO SESC NIGHT DE GARANHUNS DESTA SEXTA (20)

Uma nova edição do Sesc Night de Garanhuns será realizada nesta sexta-feira (20/09). A festa será comandada por Tuxinha e Forró Pé-de-Serra, a partir das 21h, no Salão de Eventos Jaime Pincho. Os ingressos podem ser adquiridos no dia da festa na Unidade.

“O Sesc Night é uma festa dançante, feita para todos os públicos”, indica o instrutor de Atividades Recreativas do Sesc Garanhuns, Marcos Gonçalves. A entrada custa de R$ 16. Trabalhadores do comércio de bens, serviços turismo e seus dependentes têm direito à meia-entrada e pagam apenas R$ 8. Menores de 18 anos devem ir acompanhados por algum responsável.

FPM - 2º DECÊNDIO DE SETEMBRO APRESENTA CRESCIMENTO DE 34,44%

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) informa que o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) referente ao 2º decêndio do mês será no valor de R$ 636.627.720,37, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em valores brutos, o montante é de R$ 795.784.650,46. A soma dos dois primeiros decêndios mostra que o fundo está em crescimento de 45,87% dentro do mês, se comparado ao mesmo período de 2018, levando-se em conta a inflação do período. O repasse ocorre nesta sexta-feira, 20 de setembro.

A entidade esclarece que esse decêndio é, de modo geral, o menor do mês e representa em torno do 20% do valor esperado para setembro. Segundo dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), esse decêndio, quando comparado ao ano anterior, apresentou um crescimento de 34,44% em termos nominais, ou seja, sem considerar os efeitos da inflação. O acumulado do mês, em relação ao mesmo período do ano anterior, teve crescimento de 50,15%. Ao se considerar a inflação do período, o crescimento é de 30,61%.

Veja aqui o valor do 2º decêndio de seu Município. No estudo, constam os valores brutos do repasse do FPM e os seus respectivos descontos: 20% do Fundeb, 15% da saúde e 1% do Programa de Integração Social (Pasep).

Da Agência CNM de Notícias

quarta-feira, 18 de setembro de 2019

CALÇADO - PREFEITURA PRECISA CUMPRIR SENTENÇA JUDICIAL E REFORMAR UNIDADE DE SAÚDE AO INVÉS DE CONTRATAR SHOWS PARA FESTIVAL DA LAVOURA


Em cobrança para que o município de Calçado cumpra a sentença judicial de reformar e adquirir equipamentos para a Unidade Mista de Saúde Nossa Senhora de Lourdes, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou à Prefeitura que não contrate atrações musicais e/ou realize despesas com recursos públicos o Festival da Lavoura, marcado para ocorrer de 27 a 29 de setembro na cidade.

Segundo o MPPE apurou, haverá a contratação de bandas e artistas, notadamente a atração musical do cantor Mano Walter, mediante remuneração parcial ou exclusiva de R$ 120.000,00.

Enquanto isso, uma fiscalização realizada pelo Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) e pela Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa), em 9 de maio e 12 de agosto deste ano, comprovou que persistem diversas irregularidades na Unidade Mista de Saúde Nossa Senhora de Lourdes, relacionadas a problemas de infraestrutura e organizacional.

São elas: iluminação insuficiente para realização de atividades com segurança, falta de aparelho de raio-x, inexistência de bloco cirúrgico, falta de materiais, de medicamentos, de vacinas, falta de comissões, falta de certificado de regularidade de inscrição de pessoa jurídica, de alvará do corpo de bombeiros e da vigilância sanitária, falta de prontuário eletrônico, serviços de urgência e emergência em desconformidade com a legislação, falta de médico evolucionista, não possui classificação de risco, utilização de água para consumo humano em padrões inadequados, dentre outros.

“Dentre as reformas constantes dos relatórios de fiscalização, encontra-se a substituição total ou parcial do teto da unidade Mista de Saúde (tendo em vista a infiltração e mofo), que custaria aos cofres públicos, de acordo com a informação da Secretaria de Saúde Municipal, algo em torno de R$ 70.000,00, recurso que não estaria disponível nos cofres públicos para utilização imediata”, alertou a promotora de Justiça Mariana Albuquerque.

“Recursos públicos para áreas que, embora também inseridas na zona de ação pública, a exemplo das manifestações culturais e/ou artísticas, são menos prioritárias e de relevância muito inferior aos valores básicos da sociedade, representados pelos direitos fundamentais”, lembrou a promotora de Justiça. Fonte: MPPE.

CAUSOS DO AUGUSTINHO - ECONOMIA DOMÉSTICA

Augusto Teixeira Filho - 'Augustinho'
GARANHUNS -  Manoel Velho foi a pessoa  que mais me impressionou antigamente, em virtude das suas "estórias" que nos faziam rir à vontade.

Certa vez, contou-me que foi à feira em Garanhuns levando uma carga de farinha de mandioca, em  sua égua alazã muito bem tratada.

Ao chegar à cidade, vendeu logo toda a farinha; com o apurado fez a feira para sua casa, composta de 3 litros de feijão, 1 k. de Sal, uma "quarta" de fumo, 2 caixas de  fósforos, 1 litro de gás e um pacote de seda para cigarros, entre outras coisas miúdas.

Quando de saída da feira, passou pelo açougue e comprou uma cabeça de porco para o almoço de domingo. Em seguida, montou no animal e voltou para sua casa; quando chegou na casa de Painho, seu vizinho, a mulher do vizinho pediu que parasse e lhe falou: Seu Manoel, não fique com raiva não, mas,  me responda: O senhor comprou alguma carne? Então ele puxando do saco, pela orelha, a cabeça de porco,  mostrando-a disse: Comadre,  esta era a melhor que havia.

Logo após, disse a vizinha: Seu Manoel é que a sua mulher  se esqueceu de botar o bacorinho na sombra e o bichinho morreu esbaforido ao sol.

Seu Manoel saiu calado para casa, entregou a feira à mulher, perguntando-lhe: Tem alguma coisa para eu comer? Pois estou com uma fome danada! A mulher botou o almoço com carne de porco, e, chorando, contou que tinha se esquecido de colocar o porco na sombra. Aí, falou Manoel: Marculina, se você queria comer o porquinho, devia ter me avisado, que eu não tinha desperdiçado meu dinheiro comprando tanta carne!
________________________________________________________________

*Augusto Teixeira Filho, popularmente conhecido como "Augustinho', tinha um bar e restaurante na rua Ari Barroso, lado esquerdo do antigo Fórum de Garanhuns. Augustinho faleceu em julho de 2012, deixando sua poesia, os seus causos e o abraço amigo.

*Por Rocir Santiago
Jornalista, radialista e poeta
Jornal O Monitor - Julho/2012

ELEITORES DE SALOÁ, IATI E BOM CONSELHO PRECISAM FAZER O CADASTRO BIOMÉTRICO

Eleitores de Saloá e Iati, devem procurar o cartório eleitoral   de Saloá que fica localizado na  Av. Getúlio Vargas (de frente à escola São Vicente) em Saloá, com funcionamento das 8:00h às 14:00h.

Em Bom Conselho o eleitor deve se dirigir até a Av. Tenente Raul de Holanda Cavalcante, 112, conhecida como Avenida Nova, no centro da cidade.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

Para fazer o cadastro é necessário levar ao cartório documento oficial brasileiro de identificação com foto (RG, CNH, passaporte ou certidão de nascimento), CPF, comprovante de residência atual e o título de eleitor (se tiver).

É importante que o eleitor faça um agendamento prévio pelo site do TRE (http://www.tre-pe.jus.br/eleitor/solicitar-agendamento) ou baixando o aplicativo Agendamento Eleitoral para IOS ou Android.

PEDRA - TEATROSESC LEVA PROGRAMAÇÃO PARA O III FESTIVAL CULTURAL DA JUVENTUDE

O Peru do Cão Coxo
Imagem/Hans Von Manteuffel

O TeatroSesc vai levar para o terceiro Festival Cultural da Juventude programação com espetáculos cênicos e apresentações musicais. Realizado na cidade da Pedra, no Agreste Meridional de Pernambuco, o evento vai acontecer no período de 19 a 22 de setembro com atividades gratuitas em um palco montado pela prefeitura na Rua Vigário Tejo, no Centro. As atrações do TeatroSesc para o festival são os grupos Dama do Rei de Caruaru, o Samba de Coco Raízes de Arcoverde, o espetáculo “O Peru do Cão Coxo”, do grupo Galpão das Artes de Limoeiro, e George Silva e os Pariceiros de Arcoverde.

Serviço: TeatroSesc no III Festival Cultural da Juventude

Data: de 19 a 22 de setembro

Local: Rua Vigário Tejo, Centro – Pedra/PE

Gratuito

Programação

Quinta (19/09)

18h – Cavalhada (Música – Arcoverde)

19h – Stone Crew - Hip Hop (Dança – Pedra)

19h30 – Capoeira (Dança – Pedra)

20h – Sertão Maracatu (Música – Arcoverde)

21h – Dama do Rei (Música – Caruaru)

22h – Samba de Côco Raízes (Música – Arcoverde)

Sexta (20/09)

18h – O Peru do Cão Coxo (Teatro – Limoeiro)

19h – Bacamarteiros da Barriguda (Bacamartes – Pedra)

19h30 – Jetuns e Jetuins de Mandaru (Grupo de Pífano – Pesqueira)

20h – Samba de Côco Toype Ororubá (Música – Pesqueira)

21h – Giovana Freitas (Música – Pedra)

Sábado (21/09)

16h – Escola Pernambucana de Circo (Circo – Recife)

19h – Quadrilha Junina Arrastapé (Dança – Sanharó)

20h – Siriri (Dança – Pedra)

20h30 – George Silva e os Pariceiros (Música – Arcoverde)

Domingo (22/09)

17h – Espavento (Teatro – Arcoverde)

18h – Cabeça de Alho (Música – Arcoverde)

terça-feira, 17 de setembro de 2019

SECRETARIA DE TURISMO DE PERNAMBUCO LANÇA NOVA PLATAFORMA DE CURSOS A DISTÂNCIA

A Secretaria de Turismo e Lazer de Pernambuco, por meio da Empetur, e em parceira com a Secretaria de Educação do Estado, lança, nesta quarta-feira (18), plataforma dedicada a cursos online. A ferramenta possibilitará ao visitante mais interatividade em qualificações que dizem respeito às pautas dedicadas ao turismo. Os cursos foram lançados ano passado, mas serão realçados através da plataforma. Ao todo, serão ofertadas 280 vagas, voltadas em três categorias disciplinares: Recreação e Lazer em Meios de Hospedagem, Inglês para Meios de Hospedagem e Enologia.

Entre as novidades, uma turma do curso de Enologia estará focada exclusivamente na região de Águas e Vinhos, privilegiando as cidades de Lagoa Grande, Petrolina, Orocó, Cabrobó, Dormentes e Santa Maria da Boa Vista.

As inscrições para a primeira etapa dos cursos EAD estarão disponíveis para os usuários de 18 a 25 de setembro, com início das aulas programado para 1º de outubro. As qualificações são ofertadas pela Secretaria do Estado de Educação (Seduc) para estudantes do ensino médio e quem aspira especializar-se nas áreas dedicadas ao turismo. 

Os cursos técnicos correspondem ao processo de qualificação de um ano de duração. As disciplinas contam com dois meses de duração, guiadas por turismólogos e suporte técnico da casa. O edital e a ficha de inscrição estão no site da Setur-PE/Empetur: http://www.setur.pe.gov.br/web/setur