NATAL

segunda-feira, 24 de julho de 2017

FIG 2017: Debate no VII Casarão dos Pontos de Cultura abre oficinas

O 27º Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) conta com diversas opções para entretenimento do público que visita a cidade, e também está oferecendo cursos de formação cultural. Para dar um marco de início a essas formações, nesta segunda-feira (24), foi realizado um debate em um dos locais dos cursos, no VII Casarão dos Pontos de Cultura, localizado na Escola Estadual Henrique Dias. Além do Casarão, a Autarquia de Ensino Superior de Garanhuns (Aesga) e Praça Souto Filho também recebem as oficinas.

Oficineiros, artistas e fazedores de cultura de Garanhuns marcaram presença na roda de conversa, ministrada por Taciana Portela, gerente de Políticas Culturais da Secretaria Estadual de Cultura. “Sabemos que o grande desafio das organizações culturais é não esmorecer diante das dificuldades e buscar oportunidades para levar adiante a sua arte, a sua cultura, com a sua beleza e sua riqueza”, disse. O debate teve como tema principal “Políticas Públicas dos pontos de cultura”. Taciana fez parte do Ministério da Cultura durante as duas gestões do Governo Lula. “Trabalhamos a cultura sobre três prismas: perspectiva sobre o simbólico, a perspectiva da cidadania e sobre a perspectiva da economia da cultura”, finalizou. 

Inês Sobral é empresária de uma loja online e está participando da oficina “Foto Celular no Mundo Cultural” e comenta que o curso vai ajudar numa maior produção de renda. “Minha expectativa é melhorar as formas de fotografar nas redes sociais para ajudar no desenvolvimento e desempenho da minha loja”, afirmou. Oficinas nas áreas de gestão cultural, fotografia, audiovisual, dança, literatura, música e artesanato estão sendo oferecidas. A iniciativa é da Fundação de Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco, Secretaria de Cultura de Pernambuco e Secretaria de Turismo e Cultura de Garanhuns.

Secom/PMG

Nenhum comentário:

Postar um comentário