dia dos pais

quarta-feira, 26 de julho de 2017

FIG 2017: Poesia ganha mais espaço com os Saraus em Pasárgada

Poeta Raiz Nunes participa  pela primeira vez do evento.
Foto: Jan Ribeiro/Secult-PE.
Neste 27º Festival de Inverno de Garanhuns, a Praça da Palavra Hermilo Borba Filho recebe pela primeira vez o projeto Saraus em Pasárgada, recital de poesia com poetas da região, que declamam, cantam, tocam e interpretam poemas autorais, além de difundir a obra do poeta Manuel Bandeira. Os Saraus em Pasárgada acontecem nos dias 25, 27, 28 e 29 de julho, sempre a partir das 14h.

Os Saraus são um desdobramento do projeto Café em Pasárgada, que chega à 4ª edição neste festival. “O Café em Pasárgada é um recital realizado através da parceria do Espaço Pasárgada (Recife) com a coordenadoria de Literatura da Secult-PE. Fazemos o evento há quatro anos na Livraria Casa Café e já temos um público fiel que frequenta o evento. Este ano, ampliamos nossa programação, com os Saraus em Pasárgada, onde os mesmos poetas que convidamos para declamar no Café, recitam na Praça da Palavra e, dessa forma, difundimos ainda mais a poesia para o público do FIG”, explica Marília Mendes, coordenadora do Espaço Pasárgada.

Os poetas Raiz Nunes, Débora Ramos, Celina Berto e César Monteiro, todos da região do agreste pernambucano, são os convidados deste ano. “Fico muito satisfeito de fazer parte desse projeto, que além de valorizar os artistas locais, é um incentivo e reconhecimento para quem está fazendo poesia. Vivenciamos um momento que une as pessoas, trocamos experiências e ampliamos nosso repertório”, afirma César.

Além de Manuel Bandeira, poesias de Maiakovski, João Paraibano, Rainer Maria Rilke, Augusto dos Anjos, Zé de Cazuza, Belchior, Patativa do Assaré, Drummond e muitos outros foram declamadas nas duas atividades, que contaram com a presença dos escritores Clóvis Cavalcanti e Nivaldo Tenório, que é de Garanhuns e foi um dos vencedores do Prêmio Pernambuco de Literatura, com o livro “Dias de Febre na Cabeça”.

O casal Clóvis Cavaltanti  e Vera Cavalcanti é fiel ao Café em Pasárgada, comparecendo desde a primeira edição. “Para mim, esse é um dos eventos mais interessantes do festival e se estende por um espaço mais amplo, que é a literatura e a poesia, expressões encontradas em toda a parte. Meu amigo e pesquisador de arte, Giuseppe Baccaro, já falecido, dizia que o Nordeste brasileiro é a região do mundo onde mais existem poetas. Então, é importante prestigiarmos essa arte que brota da nossa terra”, declara Clóvis. Já para Vera, que é garanhunhense, “o diferencial do FIG são esses eventos pequenos, que são muito aconchegantes. Morei na zona rural daqui e esse recital me faz lembrar das poesias e repentes que ouvia quando criança. Conhecer os novos poetas está sendo maravilhoso, tenho esperança de que essa poesia esteja viva nas novas gerações”.

Serviço:
Saraus em Pasárgada

Horário: das 14h às 15h
Local: Praça da Palavra Hermilo Borba Filho

Café em Pasárgada

Horário: das 16h às 19h
Local: Livraria Casa Café. Av. Rui Barbosa, 574. Heliópolis, Garanhuns-PE.

Xavana Celesnah

http://www.cultura.pe.gov.br/canal/fig2017/poesia-ganha-mais-espaco-no-fig-com-os-saraus-em-pasarga

Nenhum comentário:

Postar um comentário