Garanhuns

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Maxixe o 'Super Alimento'


O maxixe (Cucumis anguria L.) chegou ao Brasil trazido pelos negros vindos da África Oriental. É um legume pertencente à família das Curcubitaceae, com coloração verde clara e comprimento médio de 6 cm. Prefere os climas com temperaturas entre 20 e 28ºC, por isso é cultivado nas  Regiões Norte e Nordeste, onde o clima é bem quente. Em regiões com clima frio, não se adapta bem, o que prejudica sua produtividade. Outro fator bastante interessante refere-se ao tipo de solo em que melhor se adapta, este deve ser arenoso ou areno-argiloso, também típico do Norte e do Nordeste.

Existem duas variedades de maxixe tradicionais, o Maxixe Caipira do Norte (com espinhos) e o Maxixe Japonês (sem espinhos). Independente da variedade, os nordestinos e nortistas usam e abusam do maxixe em sua culinária, em deliciosos pratos como ensopados e moquecas. Se forem colhidos ainda pequenos são ainda mais deliciosos e tenros.

As suas folhas também são bastante saborosas, lembrando o sabor do espinafre, mas devem ser cozidas no vapor para amenizar a sua ardência, que é parecida a do jambu. Estas podem ser usadas em recheios de vários tipos de massa, como pastéis, calzones ou ainda em quiches. Todos bastante deliciosos e saudáveis.

Valores nutricionais de 100g de maxixe cru:

Valor energético: 13.8 kcal;

Carboidratos: 2,7 g;

Proteínas: 1,4 g;

Fibra alimentar: 2,2 g;

Vitamina C: 9,6 mg;

Vitamina B1: 0,1 mg;

Potássio: 327,7 mg     

Cálcio: 20,9 mg;

Sódio: 11,0 mg;

Fósforo: 25 mg;

Magnésio: 9,6 mg;

Zinco: 0,2 mg.

Quais são os benefícios do maxixe para o corpo humano?

1. Melhora o sistema imunológico: Por apresentar o Zinco em sua composição, o maxixe tem papel importante na nossa defesa imunológica, que precisa estar forte para combater vírus e bactérias do dia a dia.

2. Faz bem para a pele: A vitamina C presente no maxixe mantêm a saúde da pele, pois além de amenizar as linhas de expressão, ainda reduz o efeito “casca de laranja” das celulites.

3. Previne a anemia: Por ser rico em ferro, o maxixe ajuda na prevenção da anemia e ainda pode ser importante no tratamento da mesma.

4. Auxilia na contração muscular: Por conter cálcio, essa hortaliça ajuda na contração muscular, já que os íons do cálcio regulam o relaxamento e a contração muscular. Logo, comer maxixe auxilia nos treinos físicos.

5. Ajuda a emagrecer: O suco do maxixe causa maior saciedade e reduz a fome, auxiliando no emagrecimento.

6. Controla a diabetes: Por baixar a glicemia do corpo humano, o maxixe é benéfico para quem tem diabetes.

7. Previne a osteoporose: O cálcio existente no maxixe é importante para a manutenção dos ossos, dentes e cartilagens. É uma hortaliça muito importante na dieta de pessoas acima de 60 anos.

8. Diminui a quantidade do mau colesterol.

9. Acaba com as manchas brancas na unha.

10. Auxilia na cicatrização de ferimentos diversos.

http://www.portalagropecuario.com.br/agricultura/cultivo-de-maxixe-planta-nutritiva-tipica-de-clima-quente/


Nenhum comentário:

Postar um comentário