NATAL

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Projeto com Povo XuKuru ganha prêmio Georg Marcgrave

Índio XuKuru e extensionista do Instituto  Agronômico de Pernambuco (IPA), Iran Neves Ordonio recebeu o  prêmio Georg Marcgrave de Bioversidade e Desenvolvimento Sócio Ambiental, na última quinta-feira (03), às 14h. A comenda é concedida pela Centro Cultural Brasil-Alemanha.

Ele representou o grupo Coletivo da Agricultura Indígena Xukuru do Ororubá – Jupago Kreká e a Associação Indígena Xukuru do Ororubá, que concorreu com o projeto “Viveiro de Mudas e Horta Comunitária/Pedagógica Xukuru como estratégia de fortalecimento das práticas de defesa, proteção e zelo a Nature Sagrada”, realizado em Pesqueira.

O projeto visa implementar um espaço de produção de mudas e cultivo de plantas tradicionais (não convencionais) através de um viveiro de mudas e de horta pedagógica como ferramentas de apoio ao processo coletivo de gestão territorial e ambiental  Xukuru. Dessa forma, são utilizadas metodologias que reforcem o potencial pedagógico do espaço e fortaleçam também o caráter produtivo que venha a suprir as demandas internas de mudas para reflorestamento, além de animar os circuitos de economias solidárias.  Entre as ações está prevista a implantação de viveiro comunitário / pedagógico de Mudas do Povo Xukuru e uma horta comunitária / pedagógica.

Apoiam o projeto a UFPE, UFRPE e, destacadamente, o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), que vem desenvolvendo junto a Associação Indígena Xukuru e o coletivo da agricultura Xukuru – Jupago Kreká, uma Assistência Técnica e Extensão Rural específica – Ater Indígena. Além de ONG´s, a exemplo do Conselho Indigenista missionário – CIMI.

http://www.ipa.br/novo/interna-noticias.php?idNoticia=1454

Nenhum comentário:

Postar um comentário