segunda-feira, 8 de outubro de 2018

ELEIÇÕES 2018: A GRANDE CAMPANHA DE SIVALDO ALBINO


Sivaldo Albino (PSB) tem muito a comemorar nesta campanha, embora não tenha sido eleito diretamente para deputado estadual, acabou na primeira suplência de uma coligação muito forte, que tem os partidos PSB, MDB e PSD. 

Sivaldo é o majoritário em Garanhuns com quase 15 mil votos. Ajudou a fazer João Campos (PSB) o majoritário para federal, com mais de 12 mil votos. Foi muito importante para as eleições de Paulo Câmara, Humberto e Jarbas. O garanhuense conseguiu muitos apoios espontâneos de lideranças, crescendo constantemente sua campanha, que foi alegre e dinâmica, sem agressões e debatendo Garanhuns, mostrando a importância da cidade voltar a ter representatividade na ALEPE.

SIVALDO ALBINO É PEÇA CHAVE NA PRÓXIMA ELEIÇÃO PARA PREFEITO

Sivaldo derrotou com grande diferença o candidato do prefeito Izaías Régis, o deputado Álvaro Porto (PTB), que tinha toda a estrutura da prefeitura ao seu favor. Aliás, o resultado foi terrível para Izaías e Álvaro em Garanhuns. Prova a alta rejeição do prefeito e enterra as chances do ex-prefeito de Canhotinho sonhar em disputar a prefeitura em Garanhuns. Álvaro se reelegeu deputado, mas seus eleitores ainda passaram um susto porque os meios de comunicação da capital não colocavam seu nome na lista.

Faltou pouco para Sivaldo. A apuração mostrava 98% dos votos e Sivaldo estava dentro. Mas no finalzinho da contagem, devido o quociente eleitoral, Sivaldo perdeu a última cadeira para a ALEPE. Mas agora basta o governador convocar um deputado eleito do PSB, MDN ou PSD que Sivaldo assume na Assembleia Legislativa.

Nós dissemos aqui que se Sivaldo chegasse aos 25 mil votos se elegeria, teve gente que criticou e elevou o patamar para 45 mil. Mas desde o começo estávamos certos, e com 25 mil o garanhuense estaria comemorando de forma direta sua eleição. 

Mas acredito, com quase certeza, que Sivaldo Albino vai ser deputado de Garanhuns, e quem sabe já no primeiro dia da nova gestão estadual. (Blog do Ronaldo Cesar).
Postar um comentário