quinta-feira, 11 de outubro de 2018

JAGUARIÚNA/SP: GALINHA DE 1 METRO É VENDIDA POR R$ 74 MIL

Imagem: Diamante Índio Gigante/Divulgação
Uma galinha de 1,04 metro de altura foi vendida por R$ 74 mil durante um leilão de aves gigantes, no dia 29 de setembro, em Jaguariúna, interior de São Paulo.

Na última terça-feira, 9, foi confirmado que a franga Betina da Diamante bateu o recorde de preço para fêmeas da raça índio gigante.

"Recebemos a confirmação de que é a franga mais valorizada na história da raça", disse o criador Haroldo Poliselli. Betina é filha de outro recordista, o galo Voodoo da Diamante, que mede 1,26 m, a maior altura já alcançada por um galo índio

A galinha foi adquirida pelo criador Ademir Melauro, de Franca, também no interior paulista. "É difícil conseguir aves grandes, e o acesso a essa genética exige alto investimento, por isso é uma franga preciosa", disse.

Ele pretende fazer o cruzamento da Betina com seu galo Mezenga, de 1,18 m. "Espero obter aves ainda mais imponentes, que é o que os aficionados estão buscando hoje. O mercado para essas aves está em crescimento", disse.

O índio gigante é resultante do cruzamento entre galináceos altivos e a galinha caipira. Para ser considerado um "gigante", o macho precisa medir pelo menos 1 metro e pesar 4,5 kg, enquanto a fêmea deve ter no mínimo 85 cm e pesar 3 kg, segundo a Associação Brasileira de Criadores de Índio Gigante (Abracig). O principal atributo é o porte altivo e avantajado, que atrai o interesse de criadores, mas as aves são também dóceis. (Notícias ao Minuto).
Postar um comentário