>>>>>>>>>>>>> MEMÓRIA - RESGATANDO E PRESERVANDO NOSSA HISTÓRIA

quarta-feira, 25 de março de 2020

CONECTADOS


Estava, aqui, a pensar. Como seria nossa vida, hoje, não fossem as criações fantásticas das redes sociais, seus aplicativos... Enfim, de tudo que temos ao nosso redor e dispor, que nos permite estar distantes e próximos ao mesmo tempo, virtualmente, com nossas famílias, amigos... afinal, com todo o planeta?

Antes, essa conexão só era possível espiritualmente. Hoje, além dela, ela é, também, virtual.

Que progresso vivenciamos nos tempos de hoje. E a cada dia, o homem nos aparece com mais outros. Por seus inesgotáveis inventos e criações, não raro produzidos por cabeças que nem o próprio homem, em suas épocas, se deu por acreditar.

Caso desse genial ucraniano, Jan Koum, que nos EUA fora faxineiro; sua mãe babá. A ele negado emprego em empresas de informática e tecnologia, ambos, portanto, pobres, paupérrimos, mas que se tornou bilionário por esse fantástico e extraordinário invento, o WhatsApp, hoje nas mãos da humanidade.

Em crônica minha de ontem, 24, eu me perguntada se estava “recolhido? exilado? fugido? Sei lá! Sei lá! Em quarentena? Em isolamento?”.

Agora, aqui, no meu WhatsApp, atento e conectado com a realidade em que vive o mundo, presto meus aplausos à Jan, e digo a ele que a humanidade se conecta através de seu invento, em seus dias a dia, sobretudo nesses dias.

GIVALDO
Calado de Freitas

Nenhum comentário:

Postar um comentário