sábado, 27 de maio de 2017

Inscrições abertas para o Prêmio Gestão Escolar 2017

Estão abertas, até o dia 14 de agosto, as inscrições para o Prêmio Gestão Escolar 2017, que contempla projetos inovadores e gestões competentes na Educação Básica da rede pública. Promovido pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), em parceria com o Ministério da Educação, a ação foi lançada no 12 de maio, durante a tradicional feira Bett Educar, em São Paulo.

Esta é a 16ª edição do prêmio, que a partir de 2011, tornou-se bianual. Desde então, mais de 34 mil escolas de todas as regiões do país participaram e mais de sete milhões de estudantes foram beneficiados com os projetos implantados pelos gestores participantes. Neste período, 90 escolas chegaram à etapa final e foram premiadas com recursos financeiros e equipamentos, além de formação e intercâmbio para os diretores.

Podem concorrer escolas do ensino regular da educação básica, das redes públicas estaduais/distrital e municipais, exceto as escolas e/ou os diretores que já tenham sido premiados como destaque estadual/distrital na edição anterior do PGE ano 2015. Para participar, o gestor deve se inscrever no portal www.premiogestaoescolar.com.br, onde terá acesso a um instrumento de autoavaliação.

O PGE 2017 será concedido nas categorias Escola Destaque Local, Destaque Estadual/Distrital, Destaque Regional e Referência Brasil. Além dos diplomas, haverá uma viagem de intercâmbio nacional para os representantes das escolas Destaque Estadual/Distrital, uma viagem de intercâmbio a um país da América Latina para os representantes das escolas Destaque Regional e Referência Brasil, além de um prêmio em dinheiro, no valor de R$ 30 mil, para a escola "Referência Brasil".

O processo de seleção das escolas inscritas se dará em quatro etapas: Local, Estadual, Regional e Nacional. Nas etapas Local e Estadual, representantes do Consed e da Uninão Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), em cada unidade da federação, serão responsáveis por selecionar os avaliadores e coordenar o processo seletivo em suas respectivas jurisdições, considerando os critérios descritos no edital anexado logo abaixo.

http://gre-garanhuns.blogspot.com.br/

Prefeitura de Garanhuns deve convocar Guardas Municipais concursados

Dois grupos de reservas da Guarda Municipal de Garanhuns obtiveram uma liminar na Justiça que obriga a Prefeitura de Garanhuns a convocar 49 candidatos aprovados no último certame para realizarem o curso de formação e posteriormente serem empossados no cargo. A decisão foi proferida pelo juiz Glacidelson Antônio, titular da Vara da Fazenda Pública de Garanhuns.

O primeiro grupo é formado por 15 aprovados aptos que foram representados pelo advogado Anderson Luciano Alves da Silva. Já o segundo grupo é formado por 34 reservas da Guarda Municipal, cujo os advogados eram Rhanna Corina Monteiro Cavalcanti e  Thiago Régis de Almeida

O impasse começou depois de o prefeito Izaías Régis ter afirmado em entrevista que iria tentar convocar mais reservas da Guarda Municipal aprovados no último certame. Logo depois da declaração, Régis voltou atrás dizendo que, por um erro da Procuradoria do Município, o edital estaria fechado não podendo ser convocado mais ninguém. Resilientes, os integrantes da reserva procuraram o Ministério Público que constatou não haver nenhum impedimento legal para que estes fossem chamados a assumir o cargo, após a realização do curso de formação. Paralelamente à consulta ao MP, alguns candidatos ingressaram na Justiça conseguindo as referidas liminares, ora tornadas públicas nesta publicação.

Na petição, os requerentes argumentaram, entre outras coisas, que foram aprovados até a terceira etapa do concurso para Guarda Municipal, realizando inclusive os exames médico e físico, porém, não foram convocados para o mesmo, pois, segundo a prefeitura, estariam fora do número de vagas. Entretanto, ainda segundo argumentação dos candidatos, existem cerca de 100 (cem) vagas no quadro de guardas municipais e inconsistências no edital possibilitam nomeação de aprovados além do número previsto.  Glacidelson Antônio embasou o deferimento da tutela antecipada nos itens do edital pugnando - após meticulosa análise -  por dar ganho de causa aos aprovados aptos.

Goleiro Manga: Pernambucano completou 80 anos

Goleiro Manga no Internacional, década de 70.
Foto do Terceiro Tempo.
No último dia 26 de abril o ex-goleiro Manga completou 80 anos. Haílton Corrêa de Arruda, mais conhecido como Manga, nasceu no Recife em 26 de abril de 1937. Manga foi, segundo a crítica especializada, um dos melhores goleiros da história do futebol brasileiro. Jogador brasileiro que tem o recorde de participação em edições na Copa Libertadores. Prestou serviços de ídolo(embaixador) em festas de consulados e também exerceu a função de supervisor de treinadores de goleiros do Sport Club Internacional, até 2012. O ex-goleiro Manga  vive no Equador, na  cidade de  Salinas.

Biografia

Logo no início de carreira, ainda nos juvenis do Sport, Manga já demonstrava que era um excepcional goleiro, ao conquistar o título pernambucano de juniores de 1954, sem sofrer nenhum gol. Esta façanha chamou a atenção do técnico Gentil Cardoso, que logo cuidou de promover o jovem e talentoso arqueiro para o profissional do clube.

Início no Sport

Em 1955, aos 18 anos, Manga estreou na equipe principal do Sport, em um amistoso contra o Náutico, na Ilha do Retiro, substituindo o goleiro Carijó durante a partida. Foi pé-quente: o clássico terminou em vitória do Sport por 5x2. Somente em 1956, defenderia a trave rubro-negra pela segunda vez, novamente substituindo o goleiro Carijó, em uma partida amistosa contra o Fluminense de Feira na Ilha.

Foi durante a excursão do Sport à Europa e ao Oriente Médio em 1957 que Manga começou a se firmar como goleiro titular da equipe. Nos jogos em terras estrangeiras, revezou a titularidade com outros dois grandes goleiros: Carijó e Osvaldo Baliza. Após as boas apresentações na excursão, tornou-se titular absoluto, status que perduraria até sua saída do clube.

No ano seguinte, conquistou sua primeira e única competição como titular rubro-negro: o Campeonato Pernambucano. O time campeão de 1958 era comandado pelo argentino Dante Bianchi e tinha em sua formação, entre outros, o uruguaio Walter Morel e os artilheiros Traçaia, Naninho, Gringo, Soca e Geo.

Já em 1959, Manga se despediria da Ilha do Retiro. Em sua última partida pelo Sport, contra o Ferroviário pelo Pernambucano, até gol marcou. Depois, partiu para o Botafogo.

Carreira no Botafogo

Destacou-se no Botafogo na década de 1960, onde jogou durante dez anos, tendo disputado a Copa do Mundo de 1966, na Inglaterra, como titular. Costumava dizer que em jogos contra o Flamengo, gastava adiantadamente o valor da premiação pela vitória sobre o rival, tamanha a certeza que o atleta tinha de um placar favorável à sua equipe.

O pernambucano Manga foi o maior goleiro da história do Botafogo. Veloz ao repor a bola e ágil debaixo das traves, fez muitos milagres pelo Glorioso. Na equipe de General Severiano, levantou quatro Campeonatos Cariocas e três Torneios Rio-São Paulo e o Torneio Intercontinental de Paris. Manga adorava mexer com o brio do Flamengo clube contra o qual mais gostava de fechar o gol. Antes dos clássicos, costumava dizer que "o leite das crianças já estava garantido". O goleiro estreou pelo clube em julho de 1959, aos 22 anos de idade. Por seu estilo arrojado, teve as mãos deformadas devido a tanto trabalho. Oito anos mais tarde foi negociado com o Nacional do Uruguai acusado de ter se vendido a Castor de Andrade patrono do Bangu. No total foram 442 jogos defendendo a camisa alvinegra, sofrendo 394 gols.

Manga e a dupla Grenal

Destacou-se também no Sport Club Internacional em 1975 e 1976, sendo campeão brasileiro naqueles anos. Jogou no Nacional do Uruguai, sendo várias vezes campeão nacional e uma vez campeão da Taça Libertadores da América e uma vez Campeão Mundial de Clubes. Depois jogou no Operário-MS (1977), Coritiba (1978) e no Grêmio (1978 - 1979). No Equador, onde terminou a carreira, foi campeão nacional em 1981.

Além disso Manga era conhecido por agarrar muitos pênaltis que decidiam títulos importantes

Os colorados não esquecem sua magnífica defesa formada por Manga, Cláudio, Figueroa, Hermínio e Vacaria. Os gremistas têm saudade da sólida retaguarda com Manga, Eurico, Ancheta, Vantuir e Dirceu. Pela primeira vez em muitos anos, puderam os tradicionais rivais do futebol gaúcho declinar a escalação de seu time dando o nome de um mesmo jogador.

É que havia um acordo tácito entre a dupla Grenal de que um clube não contrataria um jogador que tivesse jogado no rival. Este acordo foi quebrado, acusam os colorados, quando o Grêmio contratou Manga. O Grêmio se defende, alegando que a proibição era adquirir o passe de um jogador diretamente do Internacional. Como, na ocasião, Manga jogava pelo Coritiba, o acordo tácito não teria sido quebrado. O certo é que, a partir daí, vários jogadores passaram do Inter para o Grêmio e vice-versa. Um caso recente é o de Tinga, que depois de várias temporadas no Grêmio, passou a vestir a camisa colorada.

Títulos

Internacionais

Uruguai:  Nacional

Copa Intercontinental de Clubes: 1971
Copa Libertadores da América: 1971

Nacionais

Brasil:  Sport

Campeonato Pernambucano: 1955,1956 e 1958.

Brasil:  Botafogo

Taça Brasil: 1968
Torneio Rio-São Paulo: 1962,1964 e 1966
Campeonato Carioca: 1961,1962,1967 e 1968
Torneio Início: 1961/1962/1963 e 1967
Taça Guanabara: 1967/1968

Uruguai: Nacional

Campeonato Uruguaio: 1969, 1970, 1971 e 1972.

Brasil: Internacional

Campeonato Gaúcho: 1974,1975 e 1976.
Campeonato Brasileiro: 1975 e 1976.

Brasil: Operário-MS

Campeonato Mato-Grossense: 1977
.
Brasil: Coritiba

Campeonato Paranaense: 1978.

Brasil: Grêmio

Campeonato Gaúcho: 1979.

Equador Barcelona de Guayaquil

Campeonato Equatoriano: 1981.

Outras conquistas

Internacionais

Brasil: Botafogo

Intercontinental de Clubes da França: 1963
Copa do Mundo de Clubes: 1967/1968
Torneio Internacional da Colômbia: 1960
Torneio Internacional da Costa Rica: 1961
Torneio Pentagonal do México: 1962
Torneio Internacional de Paris: 1963
Torneio Jubileu de Ouro da Associação de Futebol de La Paz: 1964
Torneio Quadrangular do Suriname: 1964
Torneio Íbero-Americano (Quadrangular de Buenos Aires): 1964
Copa Carranza de Buenos Aires: 1966
Taça Círculo de Periódicos Esportivos: 1966
Torneio de Caracas: 1967/1968

Nacionais

Brasil: Botafogo

Torneio Governador Magalhães Pinto: 1964
Torneio Quadrangular de Teresina: 1966

Prêmios individuais

Bola de Prata: 1976, 1978

https://pt.wikipedia.org/wiki/Ha%C3%ADlton_Corr%C3%AAa_de_Arruda

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Telexfree: Sócios são denunciados por lavagem de dinheiro

Carlos Roberto Costa, presidente da Telexfree
(Foto: Edson Chagas/ Arquivo Gazeta).
O Ministério Público Federal no Espírito Santo (MPF-ES) denunciou os donos da Telexfree, Carlos Wanzeler e Carlos Costa, pelo crime de lavagem de dinheiro realizada por meio de 81 operações financeiras que movimentaram R$ 55.535.038,66.

Segundo o órgão, os valores, provenientes direta ou indiretamente de atividade criminosa, eram transferidos de contas da Ympactus Comercial (Telexfree) para contas das empresas Worldxchange Intermediação e Negócios Ltda e KLW Prestadora de Serviços, ambas do grupo Telexfree. As operações aconteceram entre março de 2012 e junho de 2013.

Também foram denunciados pelo mesmo crime Febe Vanzeler de Almeida e Souza, Marilza Machado Wanzeler, Marisa Machado Wanzeler Salgado e Lyvia Mara Campista Wanzeler.

Além da condenação, o MPF-ES pede ainda que seja mantida a apreensão de bens e valores das empresas e seus sócios e que, ao final do processo, seja decretado sua perda, por se tratarem de produto de atividade criminosa.

Bloqueio

Duas operações, realizadas na manhã do dia 19 de junho de 2013, movimentaram a maior parte dos recursos (R$ 51.680.299,00), transferidos para conta da Worldxchange.

A empresa é de propriedade de Marilza Machado Wanzeler e Febe Vanzeler de Almeida, que são respectivamente mãe e irmã de Carlos Wanzeler.

As transferências, de acordo com a denúncia do MP-ES, foram realizadas por volta das 19 horas do dia 18 de junho, logo após ter sido veiculada em um site do estado do Acre a notícia sobre a decisão judicial que bloqueou as contas bancárias, aplicações financeiras, valores e bens em nome da Ympactus Comercial e de seus sócios.

Foram forjados, segundo o órgão, contratos para justificar as transferências entre as empresas.

Trocas de mensagens entre os denunciados, que foram rastreadas durante a investigação, demonstraram que eles tentaram realizar as transferências assim que tomaram conhecimento da decisão judicial, ainda na noite do dia 18.

A decisão da Justiça do Acre é do dia 13 de junho. As transferências foram realizadas justamente no período entre a expedição dos documentos oficiais dirigidos ao Banco Central e a concretização dos bloqueios.

Outras operações

As outras 79 operações foram realizadas antes do bloqueio das contas da Ympactus (Telexfree). Além da Worldxchange, também foram feitas transferências para contas da KLW Prestadora de Serviços, empresa de propriedade de Marisa Machado Wanzeler Salgado e Lyvia Mara Campista Wanzeler, respectivamente irmã e filha de Carlos Wanzeler.

A denúncia feita pelo MPF-ES mostra que, no ano de 2012, foram transferidos R$ 2.320.105,78 da Ympactus para a Worldxchange, sem qualquer justificativa plausível.

Desse montante, foram forjados contratos e operações financeiras sem razão lógica, que totalizaram R$ 1.355.000,00. O remanescente, R$ 965.105,78, nem sequer foi justificado contabilmente.

No mesmo ano, a KLW recebeu R$ 745.405,77 da Ympactus, sendo que no balancete da empresa não foi registrada qualquer saída a título de empréstimos.

As investigações apontaram ainda que a KLW só tinha um cliente: a Worldxchange, apesar de terem sido encontrados repasses da Ympactus. A denúncia foi recebida pela Justiça em 12 de maio.

A Worldxchange alimentava a conta da KLW para pagar funcionários e cobrir despesas. O próprio Carlos Wanzeler injetava dinheiro de sua conta pessoal para as contas da Worldxchange, para pagamento de despesas diversas, como também para ocultar a natureza do dinheiro.

Denunciados por lavagem de dinheiro
 
Carlos Nataniel Wanzeler (sócio da Telexfree)
Carlos Roberto Costa (sócio da Telexfree)
Marilza Machado Wanzeler (mãe de Carlos Wanzeler)
Febe Vanzeler de Almeida e Souza (irmã de Carlos Wanzeler)
Marisa Machado Wanzeler Salgado (irmã de Carlos Wanzeler)
Lyvia Mara Campista Wanzeler (filha de Carlos Wanzeler)

http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/socios-da-telexfree-sao-denunciados-pela-lavagem-de-mais-de-r-555-milhoes.ghtml

Paulo Câmara autoriza obra de adutora que abastecerá o polo de confecções do Agreste

O governador Paulo Câmara autorizou, na manhã de ontem (25.05), a obra de construção da Adutora do Alto Capibaribe, que vai captar água na Paraíba para abastecer oito municípios do Agreste Setentrional de Pernambuco – cidades que integram o Polo de Confecções. A Adutora do Alto Capibaribe – um investimento de R$ 70 milhões – terá 51 quilômetros de extensão e captará água no Rio Paraíba, entre a cidade de Barra de São Miguel e o Açude Boqueirão. A água virá do Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco. 

“A obra definitiva para resolver a questão hídrica do Agreste Pernambucano é a Adutora do Agreste, que, infelizmente, ficou praticamente parada entre 2015 e 2016, só voltando a ter  maiores recursos liberados pelo Governo Federal em meados do ano passado. Mas o nosso Governo não ficou parado. Com planejamento, anunciamos diversas obras, como a Adutora do Moxotó, a Adutora do Sirigi, a Adutora do Pirangi e, agora, a Adutora do Alto Capibaribe”, explicou Paulo. Pirangi já foi entregue, Sirigi será inaugurada nas próximas semanas, enquanto a Adutora do Moxotó ficará pronta em novembro deste ano. 

O governador informou ainda que serão beneficiadas 230 mil pessoas, de oito municípios. “Isso só é possível porque temos planejamento, técnicos qualificados e a vontade política de fazer”, afirmou  Paulo Câmara. Participaram da reunião com o governador os prefeitos Renato Sales (Vertente do Lério), Adriana Assunção (Frei Miguelinho), Mário Mota (Riacho das Almas), Antônio Cordeiro (Jataúba) e Edson Vieira (Santa Cruz do Capibaribe), o deputado estadual Diogo Moraes, o secretário estadual de Agricultura e Reforma Agrária, Nilton Mota, e o presidente da Compesa, Robert Tavares.

A Adutora do Alto Capibaribe beneficiará diretamente os municípios de: Santa Cruz do Capibaribe, Jataúba, Toritama, Vertentes, Vertente do Lério, Santa Maria do Cambucá, Taquaritinga do Norte e Frei Miguelinho. Indiretamente, os municípios de Riacho das Almas, Cumaru, Passira e Salgadinho também serão beneficiados, pois haverá mais água disponível no Sistema Sirigi.

De acordo com o presidente da Compesa, Roberto Tavares, que vai tocar a obra, a Adutora do Alto Capibaribe deve ficar pronta em seis meses, a partir do início das obras. A previsão inicial é final deste ano ou início de 2018. A Adutora contará com duas estações de bombeamento, com uma vazão de 350 litros por segundo. 

http://www.pe.gov.br/b/14513

Parque Euclides Dourado tem horário de funcionamento readequado

A Secretaria de Juventude, Esportes e Lazer de Garanhuns informa aos cidadãos que devido à chegada do período chuvoso, o horário de funcionamento do Parque Euclides Dourado será readequado. A partir desta semana, o local que é utilizado para a prática de atividades físicas e lazer de crianças e adultos funcionará de 5h às 19h, todos os dias da semana. 

De acordo com o secretário, Carlos Eugênio, a decisão também é uma medida de segurança.  “Também levamos em consideração a diminuição da participação de frequentadores neste espaço público no período noturno”, declarou. Com o retorno do período de estiagem, o Parque voltará a funcionar no horário normal, das 5 às 21h, de segunda a sexta-feira; e das 5 as 19h, aos sábados, domingos e feriados. 

Secom/PMG.

GRE-AM orienta coordenadores municipais do Programa Bolsa Família

A Coordenação Geral de Gestão da Rede (CGGR) da GRE do Agreste Meridional viabilizou, na manhã do último dia 24, reunião com profissionais da educação que trabalham com o Programa Bolsa Família na região. O objetivo foi capacitar os novos Coordenadores Municipais e quatro gestores de escolas estaduais no que se refere à inserção da frequência dos estudantes no Sistema Presença.

O evento contou com a participação de Niedja Moraes da Rocha, coordenadora do programa no município de São Bento do Una. Ela apresentou o trabalho desenvolvido no município desde 2008, que contempla ações de visitas a reunião de pais nas escolas e nos domicílios dos estudantes. Como resultado, a frequência dos estudantes vem aumentando de forma considerável. A reunião foi concluída com atividade prática de acesso ao Sistema Presença.

O sistema é uma ferramenta do Programa Bolsa Família para monitorar a frequência dos estudantes na escola. Como pré-requisito para continuidade das famílias no programa, o estudante precisa frequentar 85% dos dias letivos, quando estiver na faixa etária de 6 a 15 anos, e 75% quando for adolescente entre 16 a 17 anos.

http://gre-garanhuns.blogspot.com.br/2017/05/gre-orienta-coordenadores-municipais-do.html

Karen Correia representa Garanhuns no Miss Pernambuco

Nesta sexta-feira (26), será eleita a Miss Pernambuco 2017 e Garanhuns, município do Agreste Meridional do estado, terá como representante a estudante de Matemática, Karen Correia, de 22 anos de idade e 1,78m de altura. A jovem, que também pratica jiu-jitsu, foi aclamada Miss Garanhuns 2017 no início deste mês e concorre ao título de mulher mais bonita do estado junto a outras 20 candidatas – com representação do Sertão, Agreste, da Zona da Mata e Região Metropolitana do Recife (RMR). O evento ocorre no Hotel Canarius, em Gravatá.

Nos últimos três anos, a “Terra das Sete Colinas” conquistou classificação no concurso, ocupando importantes colocações na classificação geral. Em sua 62ª edição, o Miss Pernambuco, assim como os concursos de outros estados, tem buscado unir na representação da mulher eleita elementos muito além da beleza, avaliando seu nível de empoderamento e representatividade para questões sociais.

Histórico – Em 2014, a estudante de Design, Samara Rocha, colocou Garanhuns como vice-campeã do certame; na mesma edição, Samara levou o título de Melhor Traje Típico, homenageando o músico Dominguinhos, e o título de Miss Simpatia. Já em 2015, com a estudante de Engenharia Civil, Alany Melo, a cidade ficou em 4º lugar no geral, e permaneceu como um dos melhores trajes típicos. No ano passado, com a bacharela em Direito, Vivianne Félix, o município ficou no top 10 do concurso; Vivianne também teve seu rosto considerado um dos mais belos do concurso.

Cloves Teodorico
Secom/PMG.