sábado, 11 de novembro de 2017

A MAGIA DO NATAL DE GARANHUNS É ABERTA OFICIALMENTE


A Magia do Natal de Garanhuns foi aberta, oficialmente, na noite desta sexta-feira (10), em frente ao Palácio Celso Galvão, na Avenida Santo Antônio. O prefeito de Garanhuns, Izaías Régis, foi o responsável por abrir oficialmente a programação da noite. O vice, Haroldo Vicente também participou da ocasião. O evento já está consagrado no mapa turístico pernambucano durante a época natalina. 

O gestor fez questão de agradecer aos artesãos que estão desde janeiro de 2017 trabalhando especialmente na confecção das peças natalinas que decoram os polos da Magia do Natal. “Me emociono mais a cada dia vendo que Garanhuns tem um potencial inimaginável de turismo e cultura. Hoje é a abertura e os polos já estão cheios. Esse Natal tem a mão dos artesãos de Garanhuns, tudo que vocês veem de confecção são deles. Eles estão desde janeiro nesse trabalho árduo. Quero muito agradecer a todos que fizeram parte da montagem desse Natal. Desejo que as famílias curtam as atrações que irão passar por esse e os demais polos da nossa Magia do Natal”, afirmou Izaías Régis. 

O gestor também fez um agradecimento especial à filha, Michelle Régis, que a cada ano desde 2013 é a responsável pela criação de todo o projeto do evento. Junto a Socorro Régis e a equipe da Secretaria de Turismo e Cultura, coordenam os trabalhos dos artesãos responsáveis pela produção das peças decorativas, bem como dos eletricistas, responsáveis por dar vida ao projeto de iluminação.

A cantora Andrea Amorim inaugurou o Palco Prefeitura e emocionou o público cantando duas músicas natalinas, compostas especialmente para o evento. Em seguida, as cantoras Amanda Back, Belinha Lisboa e Carla Marques se juntaram à Andrea e fizeram um show repleto de MPB, indo da atual “Trem Bala” até canções das décadas de 50 e 60. As garanhuenses homenagearam Joana, Adilson Ramos e The Fevers, que também irão pisar no Palco Prefeitura durante as festividades. 

Decoração – As luzes e a decoração dos demais pontos da cidade também foram acesas simultaneamente. O Relógio de Flores, na Praça Tavares Correia, e Praça Souto Filho, a Praça Luminosa, foram inaugurados simultaneamente ao evento de abertura. 

Sábado - E amanhã (11), o Desfile do Papai Noel estreia pontualmente às 18h. O desfile, que já é considerado tradição dentro da Magia do Natal de Garanhuns,, irá percorrer toda a avenida Santo Antônio, com a participação das crianças dos Centros de Referência em Assistência Social (Cras’s) do município, que irão dar um brilho maior ainda aos carros alegóricos que compõem a parada. Após o desfile, o Papai Noel ficará em sua casa, localizada em frente ao Palácio Celso Galvão, para receber o público. A programação segue com o Grupo Nossa Arte - Coral e Violino no Palco Prefeitura a partir das 19h, as bandas Blues For Us e Free Style. Para conferir a programação completa acesse www.garanhuns.pe.gov.br ou baixe o aplicativo oficial disponível para Android e iOS.

Mais imagens no link: https://goo.gl/KLjtx3

Por Daniela Batista
Secom/PMG.

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

NOVA LEI TRABALHISTA COMEÇA A VALER A PARTIR DE AMANHÃ (11): PRINCIPAIS MUDANÇAS

A Reforma Trabalhista sancionada pelo presidente Michel Temer há quatro meses entra em vigor no sábado (11). A nova lei trabalhista traz mudanças na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). As novas regras valerão para todos os contratos de trabalho vigentes, tanto antigos como novos, segundo o Ministério do Trabalho.

As alterações mexem em pontos como férias, jornada, remuneração e plano de carreira, além de implantar e regulamentar novas modalidades de trabalho, como o home office (trabalho remoto) e o trabalho intermitente (por período trabalhado).

Entenda as principais mudanças:

Jornada de trabalho: a jornada diária poderá ser de 12 horas com 36 horas de descanso, respeitando o limite de 44 horas semanais (ou 48 horas, com as horas extras) e 220 horas mensais.

Férias: com as novas regras, as férias poderão ser fracionadas em até três períodos, mediante negociação, contanto que um dos períodos seja de pelo menos 15 dias corridos.

Tempo na empresa: as atividades no âmbito da empresa como descanso, estudo, alimentação, interação entre colegas, higiene pessoal e troca de uniforme não são consideradas dentro da jornada de trabalho.

Descanso: a partir de agora, o intervalo dentro da jornada de trabalho poderá ser negociado, desde que tenha pelo menos 30 minutos. Além disso, se o empregador não conceder intervalo mínimo para almoço ou concedê-lo parcialmente, a indenização será de 50% do valor da hora normal de trabalho apenas sobre o tempo não concedido em vez de todo o tempo de intervalo devido.

Remuneração: deixa de ser obrigatório o pagamento do piso ou salário mínimo na remuneração por produção. Além disso, trabalhadores e empresas poderão negociar todas as formas de remuneração, que não precisam fazer parte do salário.

Plano de cargos e salários: patrão e funcionário poderão negociar o plano de carreira sem necessidade de homologação nem registro em contrato, podendo ser mudado constantemente.

Contribuição sindical: a contribuição sindical deixa de ser obrigatória e será opcional.

Trabalho intermitente (por período): antes não havia essa regra, agora o trabalhador poderá ser pago por período trabalhado, recebendo pelas horas ou diária. Ele terá direito a férias, FGTS, previdência e 13º salário proporcionais. No contrato deverá estar estabelecido o valor da hora de trabalho, que não pode ser inferior ao valor do salário mínimo por hora ou à remuneração dos demais empregados que exerçam a mesma função. O empregado deverá ser convocado com, no mínimo, três dias corridos de antecedência. No período de inatividade, pode prestar serviços a outros contratantes.

Trabalho remoto (home office): a legislação também não contemplava essa modalidade de trabalho. A partir de agora, tudo o que o trabalhador usar em casa será formalizado com o patrão via contrato, como equipamentos e gastos com energia e internet, e o controle do trabalho será feito por tarefa.

Trabalho parcial: a nova regra permite que a duração do trabalho pode ser de até 30 horas semanais, sem possibilidade de horas extras semanais, ou de 26 horas semanais ou menos, com até 6 horas extras, pagas com acréscimo de 50%. Um terço do período de férias pode ser pago em dinheiro.

Transporte: o tempo despendido até o local de trabalho e o retorno, por qualquer meio de transporte, não será computado na jornada de trabalho.

Negociação: convenções e acordos coletivos poderão prevalecer sobre a legislação. Assim, os sindicatos e as empresas podem negociar condições de trabalho diferentes das previstas em lei, mas não necessariamente num patamar melhor para os trabalhadores. Em negociações sobre redução de salários ou de jornada, deverá haver cláusula prevendo a proteção dos empregados contra demissão durante o prazo de vigência do acordo. 

Demissão: o contrato de trabalho poderá ser extinto de comum acordo, com pagamento de metade do aviso prévio e metade da multa de 40% sobre o saldo do FGTS. O empregado poderá ainda movimentar até 80% do valor depositado pela empresa na conta do FGTS, mas não terá direito ao seguro-desemprego.

Danos morais: o texto impõe limitações ao valor a ser pleiteado pelo trabalhador, estabelecendo um teto para alguns pedidos de indenização. Ofensas graves cometidas por empregadores devem ser de no máximo 50 vezes o último salário contratual do ofendido.

Terceirização: haverá uma quarentena de 18 meses que impede que a empresa demita o trabalhador efetivo para recontratá-lo como terceirizado. O texto prevê ainda que o terceirizado deverá ter as mesmas condições de trabalho dos efetivos, como atendimento em ambulatório, alimentação, segurança, transporte, capacitação e qualidade de equipamentos.

Gravidez: mulheres grávidas ou lactantes que antes estavam proibidas de trabalhar em lugares com condições insalubres, agora poderão trabalhar em ambientes considerados insalubres, desde que a empresa apresente atestado médico que garanta que não há risco ao bebê nem à mãe. Mulheres demitidas têm até 30 dias para informar a empresa sobre a gravidez.

Banco de horas: o banco de horas pode ser pactuado por acordo individual escrito, desde que a compensação se realize no mesmo mês.

Rescisão contratual: a homologação da rescisão do contrato de trabalho pode ser feita na empresa, na presença dos advogados do empregador e do funcionário – que pode ter assistência do sindicato.

Multa: a multa para empregador que mantém empregado não registrado é de R$ 3 mil por empregado, que cai para R$ 800 para microempresas ou empresa de pequeno porte.

Notícias ao minuto

DESIGNER DA GLOBO HANS DONNER PROPÕE MUDANÇA NA BANDEIRA DO BRASIL

Bandeira do Brasil atual (esq.) 
e o novo modelo desenhado por Hans Donner.
Responsável por aberturas de novelas que estão no imaginário brasileiro há três décadas, o designer alemão naturalizado brasileiro Hans Donner apresentou nesta quinta-feira (9), durante o Fórum do Amanhã, que acontece em Tiradentes.MG), um projeto para modificar a bandeira brasileira. 

O projeto começou a ser concebido há mais de dez anos e, desde então, vem ganhando a atenção de Donner. Agora, entretanto, a intenção é começar a trabalhar para que ele seja enviado ao Congresso para ser implementado. Segundo ele, o objetivo é sinalizar uma nova visão de país. Além do uso de tons de verde e amarelo em degradê, o projeto prevê modificação no sentido da faixa branca e a inserção da pada palavra "amor" antes do lema positivista "Ordem e Progresso".

"Essa ideia expressa um sentimento mais positivo. O objetivo é começar por aí a resgatar a solidariedade que não pode faltar num símbolo da nação", disse. Além disso, o sentido da faixa, que hoje forma um arco com pontas direcionadas para baixo, seria invertido, indicando para o alto. "Quando comecei a fazer design em Viena, uma das primeiras coisas que aprendi foi que uma frase que sobe, para o alto, tem poder. E queremos sinalizar esse poder, essa mudança que é necessária. Como está, a frase indica inferioridade, e isso acaba passando para o povo", disse. 

Eduardo Rombauer, um dos organizadores do evento, também defendeu a mudança na bandeira. "Resgatar o amor no centro de nosso símbolo é uma pequena mudança que mudará a maneira de percebermos a nós mesmos enquanto nação. Quem não reconhece de onde vem não tem como saber para onde quer ir. O Amor é  o nosso ponto de partida, é o princípio que faltava para alcançarmos o progresso".

Caminho no Congresso


Concebido sob o ideário positivista, o principal símbolo nacional foi oficializado em 19 de novembro de 1889. Desde então, nunca sofreu alterações, exceto para a inserção de novas estrelas, que representam Estados criados depois da Proclamação da República. A intenção é que, com as assinaturas, o projeto seja encampado por algum parlamentar. Depois de dar entrada no Congresso, entretanto, o processo é relativamente simples. Segundo o professor de Direito Constitucional da Unesp (Universidade Estadual Paulista) Leopoldo Soares, a mudança ocorreria por meio de lei ordinária, que exige maioria simples no Congresso (tanto na Câmara quanto no Senado) para ser aprovada.

 "A Constituição define a bandeira como um símbolo nacional, mas a forma que ela terá é objeto de uma lei ordinária. Basta a mudança ser aprovada pelos parlamentares e publicada, após a sanção do presidente, para vigorar", diz Soares. "Foi isso que ocorreu quando as novas estrelas foram colocadas na bandeira", explica.

PRONATEC ABRE VAGAS PARA NOVOS CURSOS PRESENCIAIS

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) abriu inscrições para oito novas turmas em cursos gratuitos na modalidade presencial. As inscrições estão abertas e devem ser feitas na sede da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH), localizada na avenida Rui Barbosa, nº 807, bairro Heliópolis. As aulas serão ministradas em Garanhuns por servidores da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Ao todo, estão sendo disponibilizados cinco cursos, sendo eles artesão de biojoias, confeccionador de bijuterias, florista, agente cultural e recreador cultural. Para o ato de inscrição, é necessário estar munido de cópias do RG, CPF, comprovante de residência, comprovante de escolaridade e Número de Identificação Social (NIS). Para outras dúvidas, o telefone de contato da SASDH é o (87) 3763-6567. 

Cloves Teodorico
Secom/PMG.

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

FORMAÇÃO CONTINUADA EM CIÊNCIAS DA NATUREZA SÃO INCENTIVADAS PELA GRE-AM

No compromisso de oferecer formação docente nos mais variados componentes curriculares, a GRE do Agreste Meridional promoveu, no último dia 07, na ETE Antônio Dourado Cavalcanti - Lajedo, formação para os professores do Ensino Médio da área de Ciências da Natureza. Divididos em grupos por disciplina, os educadores participaram de estudos específicos de Química, Física e Biologia.

A formação teve como premissa reorientar a prática pedagógica, com base dos documentos oficiais da Secretaria de Educação de Pernambuco, promovendo momento de estudos para fortalecimento do conhecimento e da utilização de metodologias diversificadas e investigativas. 

Em âmbito geral, são esperados desses momentos de formação a elaboração de situações de aprendizagem que permitam ao estudante pensar o seu cotidiano a partir de diferentes pontos de vistas, além da promoção da interdisciplinaridade entre as diferentes áreas do conhecimento para facilitar a aprendizagem dos estudantes

GRE-AM

ABERTURA DA MAGIA DO NATAL DE GARANHUNS É AMANHÃ (10)

A cerimônia de abertura será realizada às 19h30min, em frente
ao Palácio celso Galvão.
A Magia do Natal de Garanhuns será aberta amanhã (10), a partir das 19h30min, em frente ao Palácio Celso Galvão, na avenida Santo Antônio. O momento será marcado pela apresentação da decoração do Natal deste ano, com a abertura das praças e o acendimento das luzes da Prefeitura e dos demais polos, e um show com atrações surpresas, formatado especialmente para a ocasião. 

Neste ano, as apresentações serão realizadas em 16 polos, incluindo o Palco Prefeitura, instalado em frente ao prédio do Palácio Celso Galvão; o Polo Infantil, situado na Praça Souto Filho – a Fonte Luminosa; além dos polos nos distritos de Iratama, São Pedro e Miracica e no Quilombo Castainho. O Natal também poderá ser comemorado em 10 bairros de Garanhuns – Cohab III, Magano, Boa Vista, Várzea, Liberdade, Vila do Quartel, Indiano, São José e Parque Fênix e Cohab II. Os “Desfiles de Papai Noel” permanecem acontecendo sempre aos sábados e domingos, a partir das 18h, na avenida Santo Antônio.

Decoração – Desde janeiro deste ano aproximadamente 70 artesãos estiveram envolvidos na produção de milhares de peças que decoram Garanhuns até o dia 06 de janeiro de 2018. As principais avenidas e ruas da cidade estão recebendo os detalhes finais de decoração e iluminação, idealizados pela administradora Michelle Régis, a primeira-dama Socorro Régis, e com a execução das equipes da Secretaria de Turismo e Cultura e Associação da Casa do Artesão.

Movimentação econômica – Segundo a Câmara dos Dirigentes Lojistas de Garanhuns (CDL), a expectativa é de que as vendas no comércio aumentem 5% a 7% em relação ao ano passado. 

Atrações musicais – Nomes da música Nacional e Regional irão compor a vasta programação da Magia do Natal 2017. Dentre eles, Joana, The Fevers, Adilson Ramos, Roupa Nova Cover e Quinteto Violado.

Por Daniela Batista
Secom/PMG.

VAI À SANÇÃO PROPOSTA QUE DETERMINA EXCLUSÃO DE HERDEIRO QUE COMETE HOMICÍDIO

Em 2015, a Justiça de São Paulo determinou a exclusão de Suzane von Richthofen da herança dos pais por indignidade depois de ter sido condenada pelo homicídio do casal Manfred e Marísia von Richthofen. Mas, por uma lacuna na legislação, nem sempre os herdeiros envolvidos em crimes contra aqueles que deixam os bens são deserdados. Proposta aprovada pelo Senado nesta quinta-feira (9) deve mudar essa situação.

O Projeto de Lei da Câmara 9/2017 autoriza o Ministério Público a pedir a exclusão do direito à herança do legatário ou herdeiro autor de homicídio doloso, ou tentativa de homicídio, contra aquele que deixa os bens.

De iniciativa do deputado Antonio Bulhões (PRB-SP), o texto destaca que o Código Civil de 1916 mencionava expressamente que a exclusão poderia ser pedida apenas por pessoas com “interesse legítimo” na sucessão — outros herdeiros e credores que se sintam prejudicados, por exemplo. A legislação atual deixa dúvidas quanto à atuação do Ministério Público.

O deputado acrescenta que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) já decidiu que "o Ministério Público, por força do  artigo 1.815 do Código Civil, desde que presente o interesse público, tem legitimidade para promover ação”.

O senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) foi relator do projeto na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Ele reconheceu a omissão do Código Civil quanto à legitimidade do Ministério Público para propor ação de exclusão de herdeiro ou legatário, nos casos envolvendo homicídio doloso ou tentativa de homicídio. Ele acrescentou que o ordenamento jurídico deve ser dotado de instrumentos mais eficazes para coibir o que considerou uma sucessão “imoral e injusta”.

Agência Senado

PE É 2º NO BRASIL EM TRANSPLANTES DE CORAÇÃO

O ano de 2017 tem sido de boas notícias para a área de transplantes de órgãos e tecidos em Pernambuco. Pelo terceiro trimestre consecutivo, o Estado está no primeiro lugar do Norte e Nordeste e segundo no Brasil no número de procedimentos de coração. O dado foi divulgado nesta semana pela Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO). Entre janeiro e setembro, foram 43 pacientes transplantados, número que já supera em 13% o total de transplantes realizados durante todo o ano de 2016. Apesar da alta, no mesmo período, seis pacientes morreram em fila de espera aguardando esse órgão.

“A ABTO afirma neste último balanço que se o Brasil mantiver o ritmo atual, é possível considerar a retomada das doações e transplantes no país. Nós concordamos com a afirmação e garantimos que o Governo de Pernambuco tem tratado do assunto como uma das prioridades na área da saúde. Mas também precisamos chamar a atenção de todos os pernambucanos para esse tema. Só há doação quando um familiar exerce o seu direito de doar o órgão ou tecido do seu ente querido. Por isso a importância de conversarmos e tirarmos todas as dúvidas sobre o assunto ainda em vida, além de já externarmos nosso desejo de ser doador”, afirma a coordenadora da Central de Transplantes de Pernambuco (CT-PE), Noemy Gomes.

Além de coração, Pernambuco também é segundo no Brasil em transplantes de medula óssea, com 162 pacientes beneficiados nos primeiros nove meses do ano. “A doação de medula óssea ocorre em vida e para ser doador é preciso estar cadastrado no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea. O cadastro é feito no Hemope e a doação pode beneficiar um paciente com compatibilidade de qualquer Estado do Brasil, ou até mesmo de outros países. Importante lembrar que a doação de medula não traz nenhum risco à saúde do doador, que tem sua medula totalmente restaurada em poucos dias após o procedimento”, reforça Noemy.

MAIS DADOS – Pernambuco ainda é primeiro lugar no Norte e Nordeste em transplantes de rim (282), pâncreas (6) e córnea (773). De janeiro a setembro, o Estado totalizou 1.376 transplantes de órgãos e tecidos.

Em relação aos doadores, foram 141, sendo 101 do sexo masculino e 40 do sexo feminino. Pernambuco ainda teve um aumento de doadores por milhão de população (pmp). Em 2016, o número era de 15 doadores por milhão de população. Em 2017, o quantitativo está em 20 pmp. 

Na fila de espera, há 1.032 pacientes. Desses, 792 aguardam um rim, 136 córnea, 80 fígado, 16 medula óssea, 7 coração e 1 rim/pâncreas

http://www.pe.gov.br/b/15898

CENTROS DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL REALIZAM CICLO DE OFICINAS SOBRE EMPREENDEDORISMO

Nesta quarta-feira (08), a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH), por meio do programa Acessuas Trabalho, em parceria com a Faculdade de Administração de Garanhuns (Faga), Conselho Regional de Administração (CRA) e Associação de Administradores de Pernambuco (AAPE) inicia a execução do ciclo de oficinas direcionado aos usuários dos serviços oferecidos nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras’s). O objetivo é orientar os interessados em aprimorar habilidades e empreender.

Pela manhã, o ministrante da primeira palestra, que teve como foco abordar a questão da criatividade no profissional, levou a formação para o Cras Boa Vista. Na tarde de hoje, a oficina percorre ainda os Cras’s Várzea, Heliópolis e Bela Vista. O calendário volta a ser executado no dia 14 deste mês, às 14h, no Cras Quilombo; e no dia 16, às 9h, no Cras Magano. Todas as oficinas têm 1h30min de duração.

Outros dois ciclos serão realizados ao longo dos próximos meses, com datas específicas a serem definidas - os matriculados no primeiro já estarão, automaticamente, no segundo e terceiro ciclos. O estudante de ensino médio Isaac Silva, 19 anos, participou da integração desta manhã e comenta a ação. “Fiquei curioso e resolvi participar. É de grande importância pois estou aprendendo dicas tanto para minha vida profissional como pessoal”, finaliza.

Secom/PMG.

MOSTRA FOTOGRÁFICA "LABIRINTO DE CABRAS E O TOURO DE MÁRMORE" CHEGA À GOIANA

O projeto Labirinto de Cabras e o Touro de Mármore, do fotógrafo pernambucano iezu kaeru, chega à Goiana, Zona da Mata Norte pernambucana, nesta quinta-feira, 09/11. A exposição itinerante e multimídia conta com incentivo do Governo de Pernambuco, por meio do Funcultura, já circulou por Triunfo e terminará em Garanhuns.

Composta por fotografias inéditas produzidas entre 2007 e 2015, a mostra é uma parceria com o curador Eder Chiodetto e incorpora no discurso a relação simbólica existente entre os seres humanos e a natureza. As paisagens e as pessoas fotografadas são encontradas no dia a dia e em viagens do fotógrafo, que fez uso de diversos tipos de câmeras digitais e analógicas.

Expandindo o terreno simbólico da fotografia documental, o projeto sugere reflexões sobre a nova fotografia contemporânea, a partir de experiências sensoriais e do diálogo entre os muitos repertórios culturais do povo brasileiro. “Confusão, desorientação, perplexidade e incerteza são significados e sentimentos que brotam da palavra labirinto e inspiram os caminhos da pesquisa e da obra. Trata-se de um mergulho na minha relação com a linguagem fotográfica. Recortes de uma metrópole inventada, com suas gaiolas de pedra, sua luz exagerada, seus labirintos: o círculo não é redondo. Busquei por imagens que atravessassem a epiderme dos sentidos, num desejo de transcendência”, resume o artista.

Para o curador Eder Chiodetto,  “a alma mítica de iezu, o artista solar, nos convida nessa roda de fogo de imagens instáveis a desabrochar os sentidos, a reordenar as pulsões da percepção fatigada por símbolos óbvios. Aqui o que parece ser já aconteceu e ficou soterrado no cemitério das insignificâncias ou está em plena ebulição na busca de novas aporias. Viver é bicho indomesticado que desperta com olhos renovados a cada novo sol que a órbita da Terra descreve em misteriosas elipses a excitar e desgastar a matéria orgânica”, comenta.

Além de pensar na interiorização da arte ocupando galerias do interior do estado, ações educativas privilegiando jovens de escolas públicas e moradores de comunidades serão realizadas em cada cidade, somando também ações extracurriculares com projeções das imagens em lençóis estendidos em quintais de casas populares.

SERVIÇO: 

Exposição: Labirinto de Cabras e o Touro de Mármore – iezu kaeru
Abertura: 09 de novembro
Visitação: 10 de novembro a 10 de janeiro de 2018, segunda a sexta, 9h às 12h e 14h às 17h
Curadoria: Eder Chiodetto
Local: Museu de Arte Sacra Escritor Maximiano Campos, SESC Ler – Rua do Arame, s/n, Centro, Goiana – PE.
Entrada Gratuita

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

FPM: MUNICÍPIOS RECEBEM MAIS DE R$ 3,1 BILHÕES NA PRÓXIMA SEXTA-FEIRA (10)

Os Municípios recebem na próxima sexta-feira, 10 de novembro, o primeiro decêndio do mês do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O valor total repassado será de R$ 3.133.829.025,16, já descontada a dedução do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). A Confederação Nacional de Municípios (CNM) informa que em valores brutos, isto é, incluindo a dedução do Fundeb, o montante é de R$ 3.917.286.281,45.

De acordo com dados de repasses anteriores do FPM, o montante repassado no primeiro decêndio deste mês apresentou crescimento de 5,91% em termos nominais (sem considerar os efeitos da inflação) quando comparado com o mesmo decêndio de novembro de 2016. Quando é levado em conta as consequências da inflação, o valor que será repassado na próxima sexta-feira comparado ao mesmo decêndio de 2016 apresenta aumento de 3,74%.

De janeiro deste ano até o primeiro decêndio de novembro, foram repassados aos Municípios R$ 79,667 bilhões. Isso corresponde a um aumento de 9,67% em relação ao montante transferido no mesmo período do ano anterior sem considerar os efeitos da inflação. A CNM ressalta que nesse total é levado em consideração o repasse de 1% de julho previsto na Emenda Constitucional 84/2014. O repasse extra foi de R$ 3,999 bilhões. No caso de levar em conta os efeitos da inflação, o FPM acumulado em 2017 apresenta crescimento de 5,95% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Reduções no semestre

Apesar dos valores das transferências, a CNM alerta que os repasses no segundo semestre de cada ano são menores comparativamente aos repasses do primeiro semestre. Dessa forma, a entidade reforça a importância de os gestores ficarem atentos e terem cautela ao gerir os recursos municipais.A Confederação reitera que os recursos podem ser ainda menores que o previsto, pois costumam variar de acordo com fatores macroeconômicos. 

Click no link abaixo e veja aqui a íntegra dos valores repassados:


CNM

NOTA INFORMATIVA - CIRCULAÇÃO NO POLO HELIÓPOLIS DURANTE "A MAGIA DO NATAL"

A Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT) informa que a partir da noite quinta-feira (09), a área do Polo Heliópolis será interditada para circulação de veículos. A proposta é que o espaço, conhecido e utilizado como ponto de convivência e também como polo gastronômico, se torne ainda mais atrativo durante o período de realização do evento “A Magia do Natal”, que inicia na próxima sexta-feira (10) e segue com programação até o dia 31 de dezembro.

O esquema de trânsito, montado especialmente para o período de festividades de final de ano, foi pensado após reuniões da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) com empresários, levando em consideração a solicitação de moradores e donos de estabelecimentos comerciais do local, que aumentam o faturamento durante o Natal, com a presença do maior número de turistas que visitam Garanhuns.

A ação visa, sobretudo, a comodidade e segurança dos pedestres, visto que o local possui apenas 19 vagas de estacionamento e, com o aumento do movimento, muitos condutores estacionavam em fila dupla ou em cima das calçadas, prejudicando a passagem das pessoas e causando transtornos ao fluxo de trânsito.

Todos os moradores da via estarão devidamente autorizados e terão acesso, pela avenida Júlio Brasileiro, a um determino trecho do Polo para guardar seus veículos num estacionamento rotativo, previamente definido em conjunto com os mesmos.

TCE FARÁ ENTREGA DA MEDALHA NILO COELHO

O Tribunal de Contas de Pernambuco fará uma sessão solene no dia 20 deste mês para outorgar a Medalha Nilo Coelho a 10 personalidades indicadas pelo Conselho.

Serão agraciados Alberto Ferreira da Costa, Alexandre Rands Coelho Barros, Carlos Eduardo Gomes Pugliese, Dirceu de Lavor Sales, Geraldo de Sá Carneiro Filho, Geraldo Freire dos Santos, João Eudes Bezerra Filho, Maria Lúcia Alves Pontes, Padre Rinaldo Pereira dos Santos e Stênio Neiva Coelho.

Alberto Ferreira da Costa nasceu em Portugal e veio para o Brasil com apenas 15 anos de idade. É empresário da construção civil, diretor da Construtora Rio Ave e provedor do Hospital Português do Recife desde 1990.

Alexandre Rands é economista e fez seu doutourado na Universidade de Illinois (EUA). Foi presidente da Associação Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos entre 2007 e 2008 e professor do Departamento de Economia da UFPE. Atualmente preside a Datamétrica Consultoria e o jornal Diario de Pernambuco.

Carlos Eduardo Pugliese é desembargador do Tribunal Regional Federal da 6ª Região e mestre em Direito pela Universidade de Lisboa. Foi vice-presidente da OAB-PE e fundador do Instituto Egídio Ferreira Lima e escreveu o livro “As Medidas Provisórias no Sistema Presidencial Brasileiro”.

Dirceu de Lavor Sales é médico acupunturista do Hospital das Clínicas da UFPE e preside do Colégio Médico Brasileiro de Acupuntura.

Geraldo de Sá Carneiro também é médico pela UFPE e especialista em neurocirurgia. Participou de treinamentos na Áustria, Suíça e Estados Unidos e atualmente é chefe do setor de Neurocirurgia do Hospital Memorial São José.

Geraldo Freire é cearense de Caririaçu, mas reside em Pernambuco desde menino. É radialista desde os 14 anos de idade e ao longo de sua vida profissional passou pelas Rádio Continental, Repórter, Olinda, Capibaribe, Clube e Jornal. Atualmente está vinculado ao Sistema Jornal do Comércio de Comunicação, onde comanda o programa “Supermanhã”, na Rádio Jornal, das 7h ao meio dia, sendo líder de audiência há 27 anos.

João Eudes Bezerra Filho é auditor de controle externo do TCE e chefe de gabinete do presidente Carlos Porto. É mestre em Ciências Contábeis pela Universidade de São Paulo, pós-graduado em Contabilidade e Controladoria Governamental pela UFPE e assessorou o Conselho Federal de Contabilidade na elaboração das novas Normas de Contabilidade aplicadas ao setor público.

Maria Lúcia Pontes é graduada em Serviço Social pela UFPE. Foi presidente do Centro de Estudos e Pesquisa Josué de Castro, secretária da Prefeitura de Camaragibe entre 1991 e 1994, chefe de gabinete e secretária da Casa Civil do Governo do Estado entre 2003 e 2006 e atualmente é diretora de Relações Institucionais do Grupo JCPM, estando sob sua responsabilidade a Fundação Pedro Paes Mendonça (SE) e o Instituto JCPM de Compromisso Social, presente em Pernambuco, Sergipe, Ceará e Bahia.

Padre Rinaldo Pereira concluiu os cursos de Odontologia e Letras em Caruaru, sua terra, e em 1995 ingressou na Ordem dos Frades Capuchinhos. Estudou também Teologia na cidade de Olinda e durante 9 anos foi vice-postulador da causa de beatificação e canonização de Frei Damião de Bozanno. Atualmente é pároco da Igreja da Madre de Deus, diretor do Museu de Arte Sacra de Pernambuco e administrador da Cúria da Arquidiocese de Olinda e Recife.

Stênio Neiva Coelho é desembargador do Tribunal de Justiça de Pernambuco, sendo membro da 6ª Câmara Cível e da Comissão de Precedentes Judiciais. É pós-graduado em Direito Processual Civil e foi desembargador substituto do Tribunal Regional Eleitoral no biênio 2017/2019.

TCE-PE

PREFEITURA DE JUREMA REALIZA CONCURSO PÚBLICO

A Prefeitura de Jurema - PE divulgou o edital n° 001/2017 de concurso público destinado à admissão de novos servidores de todos os níveis de escolaridade para atendimento das necessidades do município. O certame será executado sob responsabilidade da Fundação Vale do Piauí (FUNVAPI).

Cargos

Ao todo são disponibilizadas 116 vagas (das quais, 5% se destinam às pessoas com deficiência) nos seguintes cargos: Assistente Social, Assistente Administrativo, Agente Comunitário de Saúde, Agente de Consultório Dentário de USF, Agente de Endemias, Agente de Vigilância Sanitária, Agente de Epidemiologia, Auxiliar de Creche, Auxiliar de Serviços Gerais, Agente de Higienização Hospital, Bioquímico/Biomédico, Coveiro, Cozinheiro Hospitalar, Enfermeiro, Eletricista, Educador Alimentar, Educador de Limpeza Escolar, Farmacêutico, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Fiscal, Guarda Municipal, Gari, Lavandeira Hospitalar, Médico Anestesista, Médico Cardiologista Ambulatorista, Médico Cirurgião, Médico Clínico Geral Ambulatorial, Médico Clínico Geral Plantonista, Médico Dermatologista, Médico Endoscopista, Médico Geriatra, Médico Gineco-Obstreta Ambulatorista, Médico Oftalmologista, Médico Ortopedista, Médico Pediatra Ambulatorista, Médico USF, Médico Veterinário, Motorista "D", Motorista Hospitalar, Magarefe, Mecânico, Motoqueiro, Nutricionista, Odontólogo de USF, Operador de Máquinas, Psicólogo, Pintor, Pedreiro, Sanitarista, terapeuta Ocupacional, Técnico em Agrícola, Técnico em Enfermagem de USF, Técnico em Enfermagem Hospitalar, Técnico em Laboratório, Professor do 1° ao 5° ano e Professores do 6° ao 9° ano das áreas de: Ciências, Educação Física, Geografia, Língua Portuguesa e Matemática. 

Os candidatos aprovados e convocados atuarão em regime de trabalho de 20 a 40 horas semanais, com que variam entre R$ 937,00 a R$ 3.000,00.

Inscrições

As inscrições estarão abertas no período de 13 de novembro a 13 de dezembro de 2017 e deverão ser efetuadas via internet, por meio do site www.funvapi.com.br.

Os valores cobrados como taxa de inscrição são os seguintes:

Nível fundamental: R$ 40,00;
Nível médio: R$ 60,00;
Nível superior: R$ 80,00.

Provas

De acordo com o edital, o certame consistirá de provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos, que versarão sobre os conteúdos programáticos. A previsão é de que as provas sejam aplicadas no dia 28 de janeiro de 2017, em locais informados posteriormente. Vale lembrar que além das provas objetivas, candidatos inscritos aos cargos de nível superior serão submetidos ainda a prova de títulos.

Validade

Todas as publicações do certame poderão ser acompanhadas por meio do site da organizadora. O prazo de validade do concurso será de dois anos, a contar da data de sua homologação, podendo ser prorrogável por igual período, a critério da administração municipal.

Edital e eventuais atualizações: http://www.funvapi.com.br/concursos-em-andamento.php

Concursos no Brasil

PROJETO TRAVESSIA REALIZA MAIS UMA SEMANA DE FORMAÇÕES

A equipe do Projeto Travessia encerra hoje (08), na sede da GRE do Agreste Meridional, mais uma jornada de formação continuada para professores das turmas de Ensino Médio, iniciadas em 2016. Desde a última segunda-feira, dia 06, a programação trabalhou o eixo temático “O ser humano e sua participação social”. 

Ao longo dos três dias de trabalho, a formação contemplou os percursos livres de Língua Portuguesa, Física, Matemática e Espanhol, além de abordar temas como o Projeto Pedagógico e Avaliação. Nos próximos dias 09 e 10, os estudos serão voltados para professores do Ensino Fundamental.

GRE-AM

TRÂNSITO: AVENIDA SANTO ANTÔNIO TERÁ INTERDIÇÕES DURANTE "A MAGIA DO NATAL"

Durante o evento “A Magia do Natal”, que acontece de 10 de novembro a 31 de dezembro, a avenida Santo Antônio, no centro da cidade, terá interdições de trânsito. De maneira fixa, estará interditado o trecho em frente ao Palácio Celso Galvão – sede do Poder Executivo Municipal; e nos sábados e domingos do período, das 18h às 19h30min, enquanto ocorrem os desfiles de Papai Noel, toda a via estará bloqueada.

Em dias de desfile, a interdição da parte alta da avenida começa mais cedo, às 13h, para que a equipe envolvida na logística do evento possa organizar as alegorias. A Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT) informa que durante a execução desses esquemas especiais, agentes da autoridade do trânsito estarão nos bloqueios, orientando a população e organizando o fluxo de veículos.

Cloves Teodorico
Secom/PMG.

CÂMARA APROVA PROJETO QUE ACABA COM ATENUANTE DE PENA PARA MENORES DE 21 ANOS

O plenário da Câmara aprovou na noite de ontem (7) projeto de lei que acaba com o chamado atenuante de pena no Código Penal para menores de 21 anos. Também fica extinta, pelo projeto, a redução pela metade dos prazos de prescrição nos casos em que o autor tinha menos de 21 anos quando cometeu o crime. A matéria agora vai a votação no Senado.

De acordo com o projeto aprovado, foram mantidos no Código Penal Brasileiro os chamados atenuantes e o prazo menor de prescrição de penas para maiores de 70 anos. Os deputados aprovaram no texto também dispositivo para permitir a maior de 16 anos e menor de 18 anos a apresentação de queixa sem a necessidade de serem acompanhados por um adulto.

O texto aprovado é uma emenda substitutiva do deputado Subtenente Gonzaga (PDT-MG) ao Projeto de Lei 2862/04, de autoria do ex-deputado Rubinelli. A emenda apresentada pelo relator utiliza dispositivos do PL 1383/15, do deputado Capitão Augusto (PR-SP), que tramita em conjunto com o PL 2862/04.

Na justificativa do projeto apresentado em 2004, o ex-deputado Rubinelli argumentou que era preciso acabar com certos privilégios existentes no Código Penal. “A presente proposição tem por escopo revogar o art. 115 do Código Penal, acabando com os privilégios ali previstos. Desse modo, esperamos contar com o apoio de nossos ilustres Pares, com vistas à aprovação dessa propositura, que se reveste de inegável alcance social”, justificou.

Agência Brasil

terça-feira, 7 de novembro de 2017

UMA VIDA DEDICADA À CULTURA: ZABUMBEIRO MANÉ RITA - IATI (PE)


         

Vídeo produzido na terceira edição do projeto Revelando os Brasis do Ministério da Cultura e do Instituto Marlin Azul

Ficha Técnica - Roteiro e direção: Genaldo Barros Produção: Marcela Camelo Imagens: Gustavo Cunha Edição: Charles Martins Som: Charles Martins Trilha sonora: Zabumba de Mané Rita Ator: Fernando Monteiro

Documentário: Homenagem ao zabumbeiro Mané Rita, falecido em 2008, aos 104 anos e 30 dias de idade, fundador da Zabumba de Mané Rita e grande incentivador da tradição das bandas de pífanos que animam as novenas da comunidade de Iati.


 O Baque da Zabumba Centenária Contra o Tic-Tac do Tempo

“O Baque da Zabumba Centenária Contra o Tic-Tac do Tempo”, documentário de Genaldo de Souza Barros, de Iati (PE), conta a história de Manoel Leite Sobrinho, também conhecido com Mané Rita. 

Personagem querido na cidade, Mane Rita destacou-se pela dedicação ao movimento cultural das bandas de pífano na comunidade. Há cerca de 80 anos, ele criou a Banda de Pífanos Zabumba de Mané Rita.

O músico viveu até os 104 anos, tendo falecido pouco tempo antes das gravações, no dia 23 de julho de 2008. Mas, até 2007, Mané Rita ainda fazia algumas participações junto com a sua banda, tocando zabumba. 

O documentário mostra essa história de dedicação à cultura nordestina. O vídeo apresenta a visão da família, dos músicos e de amigos do tocador. Também são mostrados trechos de uma gravação feita no início de 2008 pelo diretor, em que o zabumbeiro toca algumas músicas com sua banda.

http://revelandoanotres.blogspot.com.br/2008/09/uma-vida-dedicada-cultura.html

ETNOGRAFIA DE GARANHUNS (1954)








Fonte: Livro "Terra dos Garanhuns" do Professor João de Deus de Oliveira Dias. Garanhuns ano de 1954

COMERCIANTE SALVA IGUANA DE CATIVEIRO E ENTREGA ANIMAL À CPRH

A iniciativa do comerciante Paulo Pedro da Silva, 48 anos, morador do bairro da Guabiraba,  Zona Norte do Recife, foi  fundamental para que uma iguana tenha a garantia de recuperar em breve a liberdade. Durante caminhada pelo bairro, na manhã desta terça (7), ele cruzou com um adolescente carregando o réptil preso pelo pescoço por fios de nylon. Perguntou para onde o rapaz ia levá-lo e a resposta indignou o comerciante.  “Ele me disse que pretendia vender a iguana por R$ 15 para alguém que quisesse criá-la. Ofereci R$ 10 para salvá-la do cativeiro. Ele terminou aceitando e eu vim deixar o animal”, resumiu Paulo Pedro, ao fazer a entrega voluntária à Agência Estadual do Meio Ambiente (CPRH), em Casa Forte, no final da manhã.

O encontro inusitado ocorreu nas proximidades do Centro de Treinamento (CT) Wilson Campos, do Clube Náutico Capibaribe. O comerciante disse que não consegue entender a razão de ainda haver pessoas que criam animais silvestres em cativeiro, quando eles devem  viver livres. E que, no caso da iguana, o que mais o incomodou foi o fato de ela estar, aparentemente, perto de colocar ovos, período em que o animal fica muito fácil de ser capturado . Daí não hesitou em fazer a sugestão ao adolescente, de forma a garantir que o animal retome em breve a vida em liberdade.

“Me senti como um beija-flor apagando um incêndio na floresta, mas certo de que fiz a minha parte. Os animais têm que viver livres. Você já imaginou: o passarinho, ao invés de buscar seu alimento nas matas, ficar esperando, em cativeiro, que alguém decida  a hora e o que ele deve comer?”, indagou, antes de lembrar cenas que, admitiu, o emocionaram bastante na televisão:  a de  pessoas tentando salvar baleias que encalharam no litoral Sul do Rio, há alguns meses. “Muito triste”, disse.

A iguana foi encaminhada, nesta  tarde, para o Centro de Triagem de Animais Silvestres de Pernambuco (Cetas Tangara), da CPRH – que fica também no bairro da Guabiraba  – , onde passará por um período de reabilitação, antes de ser devolvida à natureza. Com ela, foram outros três animais, também entregues na manhã desta terça à CPRH: outra iguana, macho,  que um motorista encontrou no quintal de sua casa, nos Coelhos;  um cágado de água doce, com o casco quebrado, que uma moradora de Dois Irmãos encontrou; e uma ave bacurau (Nyctidromus albicollis), com a asa direita fraturada, trazida por gestores da Reserva de Vida Silvestre (RVS) Matas do Sistema Gurjaú.

GARANHUNS IRÁ SEDIAR 2º ENCONTRO DE CARROS ANTIGOS

Pelo segundo ano consecutivo, Garanhuns sediará o Encontro de Carros Antigos. O evento que promete reunir expositores de todo o Brasil e movimentar economicamente a cidade, acontecerá entre os dias 24 e 26 deste mês, no Parque Euclides Dourado. A realização é da Studio C Produções, com o apoio do Governo Municipal de Garanhuns, através da Secretaria de Juventude, Esportes e Lazer e da Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT).

Durante a realização, o público poderá conferir de perto veículos históricos e em diversos modelos. “Contaremos com modelos variados, com fabricação entre os anos de 1927 a 1990. Também teremos vários Modelos V-8, que certamente chamarão a atenção do público que prestigiará o Evento”, registra o empresário Hélder Carvalho, produtor do Evento.

São aguardados expositores de Alagoas, Paraíba, Rio Grande do Norte e de Pernambuco, com destaque para proprietários radicados em Garanhuns, Serra Talhada, Gravatá, Lajedo, Caruaru e Toritama. “Em 2016, primeiro ano do evento, tivemos 211 carros inscritos e mais de 60 mil pessoas participaram do encontro. Estimamos que neste ano possamos contar com cerca de 250 veículos expostos e um público ainda superior”, acrescenta o empresário garanhuense. As vagas para exposição são limitadas. Os interessados em expor veículos devem manter contato com a organização do Evento pelo telefone/Whatsapp: (87) 99945-3637.

Daniela Batista
Secom/PMG.

ABERTAS INSCRIÇÕES PARA O CURSO DE CERIMONIAL

A Escola do Legislativo e a Amupe, promovem o curso de Cerimonial para assessores cerimonialistas das prefeituras pernambucanas, nos dias 22 e 23 de novembro no auditório da Escola do Legislativo, Av João de Barros, 651, Boa Vista, 1º andar. As inscrições estão abertas e as vagas são limitadas (30), sendo uma pessoa, por prefeitura. O horário é de 9h às 12h e 14h às 17h. No término do curso os alunos receberão certificado. Telefone para contato 81-34555131. A ficha de inscrição deve ser enviada para secretariaexecutiva@amupe.org.

O curso de cerimonialista será ministrado por profissionais renomados, com larga experiência na profissão, como o Cel. Franklin Bezerra Santos, professor e chefe do cerimonial da Alepe, Carmen Peixoto e Silas Costa e Silva, cerimonialistas.

Serão tratados temas como Ordem Geral de Procedência, Civismo  e Cidadania, Emprego de Símbolos Nacionais e Organizações de Eventos, Etiqueta Funcional, Mestre de Cerimônia, entre outros.

Segundo a palestrante Carmen Peixoto, diretora de Relações Institucionais do Grupo JCPM , Colunista do Jornal do Commercio, e  Instrutora dos Cursos de Ética e Etiqueta Empresarial, além de  Escritora e membro da Sociedade Brasileira de Escritores/ PE, o objetivo é colocar ao alcance dos participantes a dinâmica do mundo corporativo e social com as suas transformações e vivências, possibilitando a sua aplicabilidade em seus ambientes de atuação, resultando numa melhor imagem do executivo e em melhores condições de relacionamento com pessoas.”Vamos Estimular a descoberta das mudanças que ocorrem à nossa volta e o reconhecimento de que a polidez, o visual   e a cortesia dimensionam a imagem do executivo”.

Obs. Enviar para o e-mail secretariaexecutiva@amupe.org

Amupe

CADASTRO PARA ALUGUEL DE IMÓVEIS PARA O NATAL CONTINUA

A Secretaria de Turismo e Cultura informa que continua aberto o cadastramento para os moradores de Garanhuns que desejam alugar casas e apartamentos durante o período ​da Magia do Natal. Os interessados devem se inscrever na sede da Secretaria, localizada no Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti (Praça Mestre Dominguinhos). No ato da inscrição, o responsável pelo imóvel vai preencher uma ficha contendo nome, telefone, e-mail, endereço da casa e um espaço com informações adicionais que o interessado queira repassar, como quantos cômodos tem a residência, se há móveis, valor do aluguel, entre outros detalhes. O atendimento é das 8h às 14h, de segunda a sexta-feira.

As informações com as residências inscritas serão divulgadas por lotes, no portal da Prefeitura de Garanhuns (garanhuns.pe.gov.br). A iniciativa de publicar informações sobre os imóveis já existe em outros eventos do calendário de festividades, como o Festival de Inverno.

Outras informações: (87) 3762-7077

Secom/PMG.

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Rubens Vaz da Costa

Rubens Vaz da Costa
Rubens Vaz da Costa nasceu no dia 28 de setembro de 1927 em Garanhuns (PE), filho de José Vaz da Costa e de Maria Santina Costa. Realizou os estudos primários no Grupo Escolar Joaquim Nabuco, na localidade de São João, no município natal, e o secun­dário no Ginásio Diocesano de Garanhuns, entre 1940 e 1944. Após ter trabalhado como balconista da casa de tecidos "A Nortista" e como gerente da Cooperativa de Laticínios de Garanhuns, transferiu-se para Salvador, onde exerceu, de 1949 a 1954, a subgerência da Companhia Industrial e Comercial Brasileira de Produtos Alimentícios, subsidiária da Nestlé.

Em 1954 bacharelou-se em ciências econô­micas pela Universidade da Bahia, realizando posteriormente o curso de desenvolvimento econômico das Nações Unidas, no Rio de Ja­neiro, então Distrito Federal. Transferindo-se para Fortaleza, tornou-se ainda em 1954 eco­nomista do Banco do Nordeste do Brasil, atuando no departamento de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene). Em 1956 participou do programa de treinamento do Banco Mundial, em Washington, e passou a chefiar o Etene. Em 1958 fez o curso de pro­jetos de desenvolvimento econômico da Uni­versidade do Ceará e, no ano seguinte, deixou a chefia do Etene, participando do programa de crédito agrícola da Farmer Credit Adminis­tration e da Universidade de Purdue, em In­diana (EUA).

Em 1960 iniciou o curso de pós-graduação em política econômica na Universidade Geor­ge Washington, na capital dos Estados Unidos. Ali exerceu, a partir de janeiro, as funções de economista da União Pan-Americana. Em junho seguinte transferiu-se para o Peru, onde assumiu a chefia da missão de integração do Peru Central, permanecendo nesse país até fevereiro de 1961. Ainda nesse último ano concluiu seu curso de pós-graduação e ingres­sou no Banco Interamericano de Desenvolvi­mento (BID), em Washington, o qual repre­sentou na Conferência das Nações Unidas so­bre Bacias de Rios Internacionais, realizada em Vancouver (Canadá), em 1961. Em 1964 tornou-se assessor-adjunto de programas da presidência do BID e, de janeiro a junho de 1966, exerceu o cargo de subdiretor da divisão de emprés­timos para a América do Sul. Co­mo membro do BID, chefiou diversas missões a países da América Latina e da Europa, e le­cionou em cursos promovidos pelo banco no México e em Washington.

Em junho de 1966, nomeado pelo presi­dente Humberto de Alencar Castelo Branco (1964-1967), assumiu a Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), em substituição a João Gonçalves de Sousa, que fôra nomeado para o Ministério do Interior. Em dezembro desse mesmo ano - quando o aumento dos salários do funcionalismo federal pressionou os limites do orçamento do gover­no para o exercício de 1967 - foi chamado ao Rio de Janeiro pelo ministro da Fazenda Otá­vio Gouveia de Bulhões (1964-1967), que pre­tendia realocar parte dos incentivos concedi­dos à Sudene, quer escriturando os recursos provenientes do artigo 34 da Constituição (depositados no Banco do Nordeste) como re­ceita da União, quer reduzindo à metade os incentivos fiscais concedidos ao órgão. Consi­derando as duas propostas prejudiciais ao Nor­deste, Rubens Costa legou a decisão ao presi­dente Castelo Branco, argumentando que a Sudene não tinha recursos ociosos, passíveis de serem desviados de suas funções originais. A aceitação desse argumento pelo presi­dente favoreceu a Sudene, impedindo o desvio dos recursos do órgão para outros fins. Vito­rioso, retornou a seu posto em Recife para implementar o plano diretor da Sudene para o biênio 1967-1968. Em abril de 1967 deixou a superintendência, substituído por Fernando de Oliveira Mota, para assumir a presidência do Banco do Nordeste do Brasil, cargo para o qual fôra nomeado pelo recém-empossado presidente da República, Artur da Costa e Silva (1967-1969).

Nesse ano e em 1968 integrou as delega­ções brasileiras às reuniões do Fundo Mone­tário Internacional (FMI) e do Banco Mun­dial. Ainda em 1968, presidiu a delegação bra­sileira à reunião para a constituição da Asso­ciação Latino-Americana de Instituições Fi­nanceiras de Desenvolvimento, realizada em Washington, instituição que presidiu até 1969. Nesse último ano, representou o governo bra­sileiro no conselho consultivo do Instituto pa­ra a Integração da América Latina (Intal) e foi membro da delegação brasileira à reunião de diretores do BID, realizada na Guatemala. Em 1970, participou do comitê organizador da Conferência Regional Latino-Americana de População e integrou os grupos de trabalho or­ganizados pelo BID: o que encaminhou o proble­ma das exportações latino-americanas e o que reviu o programa do Ins­tituto Latino-Americano de Planejamento Econômico e Social.

Em junho de 1971 foi nomeado presidente do Banco Nacional de Habitação (BNH) pelo presidente Emílio Garrastazu Médici (1969­-1974), em substituição a Mário Trindade (1966-1971). Como presidente do BNH, im­plantou o sistema SAC, pelo qual foi adota­do o mecanismo de cobrança decrescente das prestações dos financiamentos e, em março de 1972, autorizou a utilização dos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para a compra da casa própria. Parti­cipou em 1972, como delegado brasileiro, da Conferência da Organização das Nações Uni­das (ONU) sobre o Meio Ambiente. Deixou a presidência do BNH ao final do governo do presidente Médici, em março de 1974, sendo substituído por Maurício Schulman.

Em 1976 foi diretor da Cimento Nacional de Minas (Ciminas) e membro do conselho técnico da Confederação Nacional do Comér­cio, tornando-se posteriormente diretor da Abril Cultural e Industrial de São Paulo. Se­gundo o Jornal do Brasil (31/5/1978), foi es­colhido suplente do senador indireto por Pernambuco, Aderbal Jurema. Segundo outro número do mesmo jornal (1/8/1978), Rubens Costa afirmou, em palestra proferida na Esco­la Superior de Guerra (ESG) durante o curso de extensão sobre distribuição de renda, que “a parcela mais rica da população absorvia maior fatia da renda nacional naquele momen­to do que o fazia na década de 1960, aconte­cendo o inverso com os setores mais pobres". A seu ver, tal situação, que só poderia mudar a longo prazo e com o aumento da produção, era consequência do tipo de política desenvolvimentista adotada pelo governo, política de cunho impopular, tendente a dar privilégios, vantagens e subsídios à classe empresarial.  Comparando a situação do país à situação in­ternacional, declarou ainda ser a concentração de renda no Brasil maior que nos países indus­trializados que, por sua vez, estavam longe de ter uma distribuição igualitária. Em ar­tigo publicado na revista Veja (27/9/1978), defendeu a implantação de programas de pla­nejamento familiar e de controle da natalida­de como forma de melhorar o nível de vida e de consumo da população brasileira.

Em março de 1979 foi nomeado secretá­rio de Planejamento do governo de São Pau­lo, na gestão de Paulo Maluf (1979-1982), função que exerceu até março de 1982. No ano seguinte assumiu a presidência da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), permanecendo no cargo até 1985, tornando-se então gerente de operações do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em Washington. Ao deixar o BID, em 1989, foi nomeado secretário da Fazenda e Planejamento da Bahia, na gestão de Valdir Pires (1987-1989). À frente da pasta, foi presidente do conselho de administração do Banco do Estado da Bahia e membro do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz).

Deixou a secretaria no início de 1990 para ocupar, em março, o cargo de  secretário nacional de Energia, em Brasília, por ocasião da reforma ministerial empreendida pelo presidente Fernando Collor de Melo (1990-1992), que reduziu o número de ministérios, extinguindo, entre outros, o das Minas e Energia, cujas atribuições foram integradas às do Ministério da Infra-Estrutura, então criado. Como secretário de Energia, foi membro do conselho de administração de Itaipu-Binacional e presidente dos conselhos de administração de Furnas Centrais Elétricas, da Eletrobrás e da Chesf. Deixou o cargo em 1991.

Em 1993, de volta para o BID, participou do grupo de trabalho encarregado de propor uma reorganização do departamento de Operações daquela instituição. Em 1995, passou a ocupar a presidência do conselho de administração da Energy Capital Holding Company, localizada na capital americana. Quatro anos depois, tornou-se consultor em comércio eletrônico do BID, com a tarefa de elaborar relatório com recomendações sobre possíveis linhas de ação para fomentar o comércio eletrônico nos países da América Latina e do Caribe.

Foi presidente da Cooperativa Federal de Crédito e membro do conselho do Projeto Rondon, do Conselho Monetário Nacional, do conselho consultivo da APEC Editores, do conselho de curadores da Universidade Fede­ral Rural de Pernambuco, do conselho supe­rior da Fundação para o Desenvolvimento da Bahia, do comitê diretor do Projeto Latino­-Americano do Instituto Atlântico e do con­selho consultivo da Sociedade de Desenvol­vimento Internacional. Foi ainda membro da American Economic Association, da Interna­tional Bankers Association, da Ordem dos Economistas do Ceará e de Pernambuco, e da Associação Cearense de Imprensa.

Casou-se com Iva de Albuquerque Costa, com quem teve quatro filhos.

Publicou: A festa do Nordeste, A redução da ajuda ao Nordeste - paradoxo incompre­ensível, O papel do administrador no proces­so desenvolvimentista, Necessidade de uma política populacional como parte da política de desenvolvimento, The economic deve­lopment of Brazil - the role of agriculture and industry, Incentivos fiscais - mola do desenvolvimento do Nordeste, A economia do Nordeste e o desenvolvimento nacional, O que o Nordeste espera de São Paulo, Avaliação fi­nanceira do sistema de incentivos fiscais no Nordeste, A missão da Igreja na construção do mundo de hoje, O orçamento como instru­mento de desenvolvimento econômico e so­cial, A corrida tecnológica e os países subdesenvolvidos, Population growth and economic development - the brazilian case, Finantial evolution of the fiscal incentives system in the Northeast, O desenvolvimento regional no Brasil e no mundo, Equilíbrio entre setor pri­vado e iniciativa governamental, Desenvolvi­mento agrícola: realidade histórica e especula­ções futurísticas, Da utilidade da futurologia e das lições que poderíamos aprender, O de­senvolvimento do Nordeste: década de 60 e perspectivas da década de 70, A explosão demográfica e sua influência no desenvolvimen­to econômico do Brasil, Notas sobre a formu­lação de uma política eficiente de emprego, Crescimento urbano acelerado - desafio da década de 70, Desenvolvimento e crescimento urbano no Brasil e A colaboração dos bancos na solução dos problemas do desenvolvimento urbano.

Formação Universitária

Bacharel em Ciências Econômicas e Sociais – Universidade Federal da Bahia – 1954
Mestrado em Política Econômica – George Washington University – Washington DC – 1962
Doutor Honoris Causa – Universidade Regional de Campina Grande – PB – 1967
Doutor Honoris Causa – Universidade Federal do Ceará – Fortaleza – CE – 1973
Programa de Treinamento em Desenvolvimento Econômico – Banco Mundial – Washington – 19556

Cargos

Subgerente da Filial da Companhia Industrial e Comercial Brasileira de Produtos Alimentares – Produtos Nestlé – Recife – PE – 1945-1954
Banco do Nordeste do Brasil S.A. – Chefe do Departamento de Estudos do Nordeste – ETENE – 1954-1959
Organização dos Estados Americano – OEA – Washington – DC – Departamento Econômico – Estudo de Desenvolvimento do Peru Central – Washington e Lima 1960 – 1961
Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID – Washington – DC – Subdiretor da Divisão de Empréstimo Sul – 1961 – 1966
Superintendente da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste – SUDENE – 1966-1967
Presidente do Banco do Nordeste do Brasil – Fortaleza – 1967 – 1971
Presidente do Banco Nacional da Habitação – BNH – Rio de Janeiro – 1971 – 1974
Vice-presidente de Finanças do Grupo Abril – São Paulo – 1974 – 1979
Secretário de Economia e Planejamento – do Governo do Estado de São Paulo – 1979 – 1982
Presidente da RVC Consultoria, Participações e Negócios Ltda – São Paulo – 1982 – 1983
Presidente da Companhia Hidrelétrica do São Francisco – CHESF – Recife – 1982 – 1985
Gerente de Operações do Banco Interamericano de Desenvolvimento –Washington – DC – 1985 – 1989
Secretário de Finanças e Secretário de Planejamento do Governo do Estado da Bahia- 1989 – 1990
Secretário Nacional de Energia (Ministério da Infra-estrutura) e Ministro Interino da Infra-estrutura – Brasília – 1990 – 1991
Consultor do Banco Interamericano de Desenvolvimento – 1992
1º. Suplente de Senador por Pernambuco
Conselhos
Monetário Nacional – Brasília
Administração do Banco do Nordeste do Brasil – Fortaleza
Administração da ELETROBRÁS – Rio de Janeiro
Administração da ETERNIT –São Paulo
Deliberativo da SUDENE – Recife
Consultivo da SCI – Sistemas, Computação e Informática – Rio de Janeiro
Consultivo da Associação Comercial do Estado de São Paulo – São Paulo
Consultivo da Federação do Comércio do Estado de São Paulo
Administração de Furnas Centrais Elétrica
Administração da Itaipu Binacional –
Superior de Política Econômica da Confederação Nacional da Indústria – Rio de Janeiro
Superior da Confederação Nacional do Comércio – Rio de Janeiro
Projeto Rondon
Técnico do Instituto de Economia Gastão Vidigal – Associação Comercial de São Paulo
Administração da CIMINAS – Belo Horizonte
International Planned Parenthood Federation – Londres – UK
da International Planned Parenthood Federation – Western Hemisphere – New York – US
Junta de Governadores do International Crop Research Institute for the Semi-Arid Tropics – ICRISAT – Hyderabad – India
Transporte do Estado do Rio de Janeiro
Administração da Energy Capital Holding Company – Arlington VA

Diretorias

Fundação Álvares Penteado – São Paulo
Sandoz do Brasil S.A. – São Paulo
SCIAG – Grupo Rhodia – São Paulo
Centro do Comércio do Estado de São Paulo
Representante do Brasil no Instituto para a Integração da América Latina – INTAL – Buenos Aires – Argentina
Hewlett Packard do Brasil – Alfaville – São Paulo

Presidente de Entidades

Associação Latino Americana de Instituições Financeiras de
Desenvolvimento ALIDE – Lima – Peru
Cooperativa Federal de Crédito do BID – Washington – DC
Comissão Nacional de Captação de Recursos da Sociedade Brasileira de Cancerologia
GIBBRASIL Serviços Limitada – São Paulo
Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço – BNH –Rio de Janeiro

Membro de entidades

Diretoria Plena da Associação Comercial de São Paulo
Delegação brasileira à Primeira Conferência das Nações Unidas Sobre o Meio Ambiente -1972 – Estocolmo – Suécia
Clube de Roma – Roma
Comitê Diretor do Projeto Latino-Americano Instituto Atlântico – Paris
BEMFAM – Sociedade Brasileira de Proteção à Família – Rio de Janeiro
Better World Society – Washington – DC
Associação Brasileira de Combate à Poluição do Ar – ABPOLAR- São Paulo
World Society for Ekistics (Desenvolvimento Urbano) Atenas – Grécia
CONFAZ – Ministério da Fazenda – Agosto de 1998 – 2001
Participação em Sociedades Profissionais
Membro da American Economic Association
Membro da Society for International Development
Membro da Ordem dos Economistas do Ceará
Membro da Ordem dos Economistas de Pernambuco
Membro das Delegações Brasileiras a reuniões anuais dos Governadores do Banco Mundial e do BID

Medalhas e Condecorações

Comendador da Ordem de Rio Branco – Itamaraty
Comendador de la Orden del Condor de los Andes – Bolívia
Comendador da Ordem do Estado do Acre
Comendador da Mérito Judicial do Trabalho
Medalha do Mérito da Industrial da Confederação Nacional da Indústria
Medalha do Mérito Mauá – Ministério dos Transportes
Medalha do Mérito Aeronáutico – Ministério da Aeronáutica
Medalha do Mérito Judiciário do Trabalho – Tribunal Superior do Trabalho
Medalha da Abolição – Ceará
Mérito Municipal – Fortaleza
Medalha Brigadeiro Tobias de Aguiar – Polícia Militar de São Paulo
Medalha Jorge Tibiriçá – Polícia Civil de São Paulo
Medalha do 1º. Centenário do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo
Medalha da Ordem do Ipiranga do Estado de São Paulo
Medalha Serviços Relevantes ao Nordeste – Banco do Nordeste do Brasil
Medalha do Mérito Pernambucano
Medalha do Mérito da cidade do Recife
Medalha da Inconfidência – Minas Gerais
Medalha do Mérito da Bahia
Medalha do Mérito Policial – Polícia Militar da Bahia
Medalha “10 anos da SUDENE”
Medalha do Centenário de Garanhuns
Medalha Comemorativa do Centenário do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo
Medalha da Ordem do Ipiranga – Grande Oficial – São Paulo
Medalha Conselheiro João Alfredo Corrêa de Oliveira do Tribunal Regional da Sexta Região
Diploma Colaborador Emérito do Exército
Ordem do Mérito de Brasília

Cidadanias Honorárias

Estado do Maranhão
Estado do Ceará
Estado do Rio Grande do Norte
Estado de Alagoas
Estado de Sergipe
Estado da Bahia
Estado de Minas Gerais
Salvador (BA)
Natal (RN)
Aracajú (SE)
Salinas (MG)
Montes Claros (MG)
Porteirinha (MG)
Ouricuri (PE)
Limoeiro (PE)
Crateús (CE)
Penedo (AL)
Propriá (SE)
Parnaíba (PI)
Canindé (CE)
Brasília de Minas (MG)

Outros

Economista do Ano – 1976
Sócio Benemérito da Sociedade Brasileira de Cancerologia
Sócio Benemérito da BEMFAM
Conselheiro – Instituto do Coração – Hospital das Clínicas –
Representante do BID á Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento de Bacias Hidrográficas – Vancouver – Canadá
Seminário Internacional sobre Desenvolvimento Urbano.

Rubens Vaz da Costa, faleceu em 9 de setembro de 2017, no Hospital Sírio Libanês em São Paulo, aos 90 anos.