sábado, 17 de novembro de 2018

FPM: SEGUNDO DECÊNDIO DE NOVEMBRO VEM COM ALTA DE 25,88%


O repassa referente ao 2º decêndio do mês de novembro do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) será creditado na próxima terça-feira, 20. Comparado com o mesmo decêndio do ano passado, o valor será 25,88% maior, sem considerar os efeitos da inflação.

O repasse aos Municípios será de quase R$ 758 milhões, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em valores brutos, incluindo o Fundeb, o montante é de mais de R$ 947 milhões.

No 2º decêndio, a base de cálculo é dos dias 1º a 10 do mês corrente. Esse decêndio geralmente é o menor do mês e representa em torno do 20% do valor esperado para o mês inteiro.

Quando o valor do repasse é deflacionado, levando-se em conta a inflação do período, comparado ao mesmo período do ano anterior, o crescimento é de 20,73%, de acordo com os dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN). No ano, o FPM acumula crescimento de 7,79% em termos nominais. Ressalta-se que esse montante leva em consideração o repasse de 1% de julho, previsto na Emenda Constitucional nº 84/2014.

Ao considerar o comportamento da inflação, observa-se que o FPM acumulado em 2018 aumentou 4,04% em relação ao mesmo período de 2017.

Confira o estudo completo e o valor do 2º decêndio que será creditado para o seu Município com informações por coeficientes e por Estado.

Por Luiz Philipe Leite
Agência CNM de Notícias

CHARLES DARWIN E OS TREINADORES DE FUTEBOL

Evolução do Futebol
Imagem/Revista Placar


Por Clovis de Barros Filho*

São Paulo - Aqui na região sudeste até por ser uma região onde o futebol é uma força bem mais significativa que no nordeste, há um debate muito mais amplo  e constante sobre os efeitos e o por quê da constante "dança dos técnicos" do futebol os quais mudam mais de time do que o homem de cuecas.

Há uma clara tendência que mais e mais técnicos sejam dispensados num espaço de tempo cada vez menor. Essa tendência já é mais acentuada na América Latina. No entanto, ao poucos vai se alastrando mundo a fora. Isso na minha opinião é irreversível. Claro que haverá pontos fora da curva como aconteceu recentemente no Manchester United onde o seu treinador Alex Ferguson ficou no cargo por mais de 20 anos. As críticas algumas pertinentes outras não, ainda não focaram na causa real desse fenômeno se concentrando muito mais nas causas aparentes e nos seus efeitos. 

Essa constante mudança de treinadores para mim, é um fenômeno sociológico mundial em todos as camadas da sociedade. O descarte do velho e do feio, a substituição daquilo que não dá lucro imediato, a competitividade exacerbada onde não há lugar para perdedores, tudo isso faz com que aqueles que são a parte  mais fraca do elo vão pouco há pouco sendo substituídos ou em  muitos casos sucumbindo. Quisera eu ter uma bola de cristal para saber onde isso vai dar e qual será o final desse samba do crioulo doido. Porém, uma coisa é certa. Isso pode não acabar bem. 

Há uma conta excessivamente alta que nosso corpo e nossa mente pagará por ser submetido a esse elevado estresse do cotidiano gerado em função dessa competitividade desvairada. Seria mais uma prova ou uma variante da Teoria da Evolução das Espécies de Charles Darwin onde ele explica a seleção natural? Onde só sobreviverão os mais fortes (geneticamente) e os que se adaptarem melhor ao seu meio? Quem sabe? O problema é que nessa teoria não foi levado em conta o "fator econômico". 

O fator econômico é uma importantíssima variante  que influencia de forma crucial e  dramaticamente esses costumes e transformações, e a velocidade como ela interferirá nesse processo. Claro que  Charles Darwin  dedicou os seus estudos direcionados primordialmente para as transformações e evolução das espécies observando o comportamento de animais na natureza. Porém, ela traz no seu bojo muitas conclusões que podem  ajudar a entender muitos  fenômenos que acontecem no nosso mundo atual.

*Clovis de Barros filho nasceu na Serra da Prata (Iatecá). Estudou no Colégio Diocesano de Garanhuns do Admissão ao Científico onde concluiu em 1968. Reside em São Paulo desde 1970. É Licenciado e Bacharel em Química Industrial pela Universidade de Guarulhos e Químico Industrial Superior pelas faculdades Oswaldo Cruz/SP.

sexta-feira, 16 de novembro de 2018

CRMV-PE PROMOVE PALESTRAS GRATUITAS DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL EM GARANHUNS


Dando continuidade aos seus projetos de interiorização e capacitação profissional gratuita, depois de passar por Salgueiro e Petrolina, o Conselho Regional de Medicina Veterinária de Pernambuco (CRMV-PE) promove, nesta quarta (21) e quinta-feira (22), em Garanhuns, no Sesc do município, palestras gratuitas sobre Responsabilidade Técnica (RT), tema que sempre desperta grande interesse porque são os profissionais desta área que devem referendar ao consumidor a qualidade do produto final ou do serviço prestado, podendo, inclusive, responder civil e penalmente por eventuais danos gerados por negligência, imprudência, imperícia ou omissão. Daí a importância de se manter atualizado e capacitado para os que desejam seguir por essa área. As inscrições devem ser feitas no dia e local do evento.

Assim, a programação na quarta-feira (21) começa às 19h, com abertura realizada pelo Dr. Marcelo Teixeira, médico veterinário presidente do CRMV-PE. A programação continua com a palestra "Problemas Ortopédicos na Clínica de Pequenos Animais", ministrada pelo médico veterinário Durval Baraúna Júnior, conselheiro do CRMV-PE e professor da Univasf. O também conselheiro, Dr. Amaro Fábio, atua na mediação do debate.

Em seguida, às 20h, é a vez de Amaro Fábio falar sobre a "Displasia Coxofemoral em Cães", com moderação do Dr. Durval Baraúna. 

Na quinta-feira (22), às 9h da manhã, o evento recomeça com uma palestra sobre “Responsabilidade Técnica, Informes Gerais e Legislação”, ministrada pelo presidente Marcelo Teixeira com moderação de Durval Baraúna Júnior.

Logo após, às 10h45, é a vez da Dra. Samantha Lopes de Barros falar sobre "Responsabilidade Técnica na Indústria e Varejo de Alimentos de Origem Animal (supermercados, açougues e outros), com o presidente Marcelo Teixeira na mediação.

À tarde, começando às 14h, é a vez do público conferir palestras sobre responsabilidade técnica em eventos equestres, como haras, jóqueis-clubes e outras entidades hípicas, e também debater sobre exposições, feiras, leilões e outros eventos pecuários, com Dr. Marcelo Brasil Machado e o Dr. Jorge Lucena, conselheiros do CRMV-PE.

Encerrando a programação, uma conversa sobre “Responsabilidade Civil e Seguros Profissionais”, até as 18h.

Serviço – Palestras sobre RT

Onde: Sesc Garanhuns (Rua Manoel Clemente, 136, Centro – Garanhuns)

Quando: 21 e 22 de novembro

Horário: 1º dia: das 19h às 20h / 2º dia: das 9h às 18h

Entrada gratuita

Inscrição no local do evento

Dúvidas podem ser tiradas com o CRMV/PE através do telefone (81) 3797.2517 ou pelo email: fiscalizacao@crmvpe.org.br

SEM MÉDICOS CUBANOS, PERNAMBUCO DEIXARÁ CERCA DE 1,4 MILHÃO DE PESSOAS DESASSISTIDAS

Programa Mais Médicos em Alagoinha/PE
Imagem/Flick
A retirada dos médicos cubanos de Pernambuco deixará cerca de 1,4 milhão de pessoas desassistidas. São 414 atuando no Estado. Em regiões como o Sertão do Araripe, eles são os únicos presentes nas unidades de atenção básica. 

Segundo o presidente da Associação Municipalista de Pernambuco, José Patriota, a situação que se imagina com a saída é “caótica”. “Essas pessoas estão onde nenhum outro profissional qualificado quer estar.  A atenção diferenciada dos cubanos é ponto pacífico entre os especialistas. 

O professor da UFPE Aristides Oliveira tutorou supervisores de nove cidades agrestinas. “O impacto no Agreste sem dúvida será tremendo se os cubanos forem embora. (Portal FolhaPE).

quinta-feira, 15 de novembro de 2018

SAÍDA DE CUBANOS DO MAIS MÉDICOS DEIXA 24 MI DE BRASILEIROS SEM ATENDIMENTO


A saída dos profissionais cubanos do programa Mais Médicos em reação às declarações feitas pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), que estabeleceu uma série de condições para a atuação dos médicos cubanos no país, deverá deixar cerca de 24 milhões de brasileiros sem nenhum tipo de assistência à saúde. A situação deverá criar uma pressão sobre o Ministério da Saúde tanto por parte dos que ficarão desassistidos como por parte das prefeituras de todo o país.

"A decisão, que preocupa representantes das prefeituras de todo o país, deixará um buraco de 8.332 vagas em aberto, que se somam a outras 1.600 que já estavam ociosas, segundo o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems). As regiões que deverão ser mais afetadas são justamente as mais vulneráveis: Norte, Nordeste e periferias das grandes cidades. Ainda não se sabe exatamente quando os médicos cubanos deixarão o país, mas os profissionais só deverão ficar, no máximo, até o fim do Governo de Michel Temer, em dezembro", destaca matéria do jornal El País.

O El País destaca, ainda, que o "o Programa Mais Médicos, implementado durante o governo da ex-presidenta Dilma Rousseff (PT) em 2013, foi um dos alvos de polarização política durante as últimas eleições. Foi implementado há cinco anos para que os profissionais cubanos ocupassem as vagas não cobertas pelos médicos brasileiros, geralmente em zonas mais isoladas e pobres. "Nesses cinco anos de trabalho, cerca de 20 mil colaboradores cubanos atenderam a 113.359.000 pacientes em mais de 3.600 municípios". (Potal 247 Brasil).

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

STF: PUNIR MOTORISTA QUE FOGE DO LOCAL DO ACIDENTE É CONSTITUCIONAL


Brasília/DF - Na tarde desta quarta-feira (14) o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, por maioria de sete votos a favor e quatro contra, que o Artigo 305 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que exige a permanência do motorista no local do acidente, é constitucional. O julgamento tem repercussão geral, ou seja, a decisão vale para casos semelhantes em todas as instâncias da Justiça.

A decisão do STF seguiu o mesmo entendimento da procuradora-geral da República, Raquel Dodge. Ela se manifestou a favor da constitucionalidade da regra durante a sessão do STF e defendeu que o artigo do CTB não representa autoincriminação por parte do condutor do veículo envolvido em um acidente.

Os ministros Celso de Mello, Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Marco Aurélio votaram pela inconstitucionalidade do artigo.

SÃO VICENTE FÉRRER REALIZA SUA XXI FESTA DA BANANA


Conhecida como a cidade da banana, São Vicente Férrer, município do Agreste Pernambucano, realizará entre os dias 1 e 2 de dezembro, a vigésima primeira Festa da Banana.

O evento já é símbolo da cidade, e reúne em dois dias de festa, várias atrações locais e nacionais, ainda conta com exposição e venda de produtos derivados da banana. Os artesãos do município encontram no evento uma forma de mostrar e valorizar a cultura local.

Para abrilhantar a XXI Festa da Banana em São Vicente Férrer, a prefeitura divulgou uma programação especial. No primeiro dia do evento (1/12), o famoso Banana Shopping abre suas portas a partir das 14 h.

Durante a noite, artistas da terra se apresentaram a partir das 19h, em seguida, Augusto César, Elba Ramalho e Gabriel Diniz, também participam da Festa da Banana.

No dia 2 de dezembro, a partir das 10h, concursos tradicionais e artistas da terra se apresentam na festa, e as 16h, a banda Marreta é massa, Raniere Gomes e Walquiria Santos encerram os evento. (Portal de Prefeitura).

CALÇADO/PE: PREFEITURA PRECISA CORRIGIR PISO SALARIAL DE PROFESSORES


O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou ao prefeito de Calçado, Francisco Expedito Nogueira, e à secretária municipal de Educação, Maria Iveni Cordeiro, que implementem de imediato o piso salarial correspondente a todos os professores municipais, de acordo com os níveis, habilitação exigida e ensino/ano ministrado.

Segundo a recomendação, a base de cálculo a ser considerada para efeito do piso consiste no vencimento básico, excluídas as gratificações e outras vantagens de natureza pessoal.

A promotora de Justiça Crisley Patrick Tostes se baseou nas denúncias registradas na Promotoria de Justiça de Calçado, instruídas com documentações comprobatórias, como contracheques de professores do 6º ao 9º ano do ensino fundamental, que apontam para o descumprimento das leis municipais nº 626/2017 e nº 638/2018, que enquadram a categoria em nível 1 para fins de remuneração, quando o correto seria nível 2, pois exige Licenciatura Plena para exercer o cargo. Assim, tais professores deveriam receber salário base de R$ 2.026,00.

“O edital do concurso público, datado de 21/08/2017, trouxe corretamente a previsão de escolaridade nível superior para os cargos de professor do 6º ao 9º ano do ensino fundamental e vencimento básico piso da categoria”, lembrou a promotora de Justiça Crisley Patrick Tostes. (MPPE).

terça-feira, 13 de novembro de 2018

GARANHUNS DAR UM PASSO A FRENTE NO TURISMO


Vista aérea do bairro de Heliópolis em Garanhuns/PE
Imagem/Blog do Roberto Almeida


Por Clovis de Barros Filho*

São Paulo - Garanhuns sempre foi uma cidade espetacular. Tanto pelo seu clima frio incomum na região quanto pelas suas belezas naturais, seus parques, sua arquitetura seus colégios e suas ruas sempre floridas. Destaca-se ainda em Garanhuns suas fontes de água mineral famosas no Brasil inteiro. Nota-se que em praticamente todas as administrações públicas da cidade, sempre houve um zelo no trato com a limpeza pública a manutenção dos jardins, parques públicos e os prédios municipais. No aspecto de eventos a cidade se destaca com o FIG todos os anos, onde dezenas e dezenas de eventos musicais atraem gente de todo os cantos do país. Mais, apesar de tudo que é feito, sentimos que há espaço para mais projetos que ampliem essa vocação turística. Acho que há espaço para ampliação do turismo agro-ecológico com exploração das próprias fontes de água mineral, do investimento em pequenas indústrias artesanais de mel, doces, queijos, cervejas e vinhos que tem tudo haver com o clima frio/ameno da cidade e a própria vocação pecuária da região. 

No passado não sei bem onde era, havia um cultivo ainda que primário de uvas de mesa se não me engano experimental sob responsabilidade da ANCARPE. Os políticos de Garanhuns precisam entender que a vocação da cidade é primordialmente turística e tudo que for feito para ampliá-lo, poderá ser revertido em ganhos econômicos que irão dinamizar a sua economia. Os secretários de Turismo e do Planejamento precisam inovar mais, visitar cidades com as características e o potencial turístico de Garanhuns e trazer  novas ideias. Nos esportes há também muita coisa que poderia ser feita. Deveria ser aproveitado  o alto comparecimento de turistas ao FIG  para por exemplo,  realizar torneios de curta duração de basquete,  voleibol, futebol ou outro esporte, convidando equipes de fora. Isso agregaria mais valor ao evento e geraria mais divisas e empregos, além de divulgar ainda mais a cidade lá fora. Poderia-se criar calçadões exclusivos para pedestres nas áreas centrais da cidade para exploração de pequenos negócios. Investir em ciclovias criando nos finais de semana passeios ciclísticos para visitação de parques e lugares turísticos. Deveria-se investir mais por exemplo na ampliação do plantio de árvores principalmente aquelas que dão um ar europeu  que são as coníferas, as araucárias elas que mesmo em pequeno número já são há muito tempo um cartão postal da cidade. Ou seja, Garanhuns precisa dar uma passo à frente. Há que se aprimorar o que já é bonito e bem feito, e fazer mais.

*Clovis de Barros filho nasceu na Serra da Prata (Iatecá). Estudou no Colégio Diocesano de Garanhuns do Admissão ao Científico onde concluiu em 1968. Reside em São Paulo desde 1970. É Licenciado e Bacharel em Química Industrial pela Universidade de Guarulhos e Químico Industrial Superior pelas faculdades Oswaldo Cruz/SP.

CIDADE DE PESQUEIRA COMEÇA A RECEBER ÁGUA DO RIO SÃO FRANCISCO


A água do Rio São Francisco começou a chegar à Estação de Tratamento de Água (ETA) da cidade e já está sendo distribuída nos bairros do Centenário, Prado e Centro, as primeiras localidades atendidas pela integração no novo sistema mediante a interligação das Adutoras Moxotó e Agreste. A chegada das águas do velho Chico ao município de Pesqueira marca um momento crucial para os 65 mil habitantes e será a solução para o abastecimento tendo em vista que as barragens de Santana, Pedra D’Água e Afetos entraram em colapso no fim de setembro deste ano, deixando a cidade em colapso.

A obra de interligação da Adutora do Moxotó à Adutora do Agreste foi uma alternativa encontrada e sugerida ao governador Paulo Câmara para viabilizar o atendimento da população com água do Rio São Francisco, sem a conclusão do Ramal do Agreste, componente essencial para o pleno funcionamento da Adutora do Agreste, o maior empreendimento hídrico e que salvará 68 cidades e 80 localidades do Agreste da seca. A água que chegou a Pesqueira vem de longe, de Floresta, da captação da barragem de Itaparica, percorre 160 quilômetros até Rio da Barra, em Sertânia, e mais outros 120 quilômetros passando pelas adutoras do Moxotó e do Agreste.

Outros municípios também receberão água do Rio São Francisco, beneficiados pela interligação da Adutora do Moxotó com a Adutora do Agreste. São eles: Venturosa, Pedra, Belo Jardim, Sanharó, Tacaimbó, São Bento do Una e São Caetano, beneficiando, ao todo, 400 mil pessoas. O empreendimento é a primeira ligação do Eixo-Leste da Transposição do Rio São Francisco com o Agreste  pernambucano e conta com um investimento de R$ 85 milhões.

BREJINHO/PE: MPPE RECOMENDA À PREFEITA NÃO UTILIZAR CORES PARTIDÁRIAS EM BENS PÚBLICOS

Rua Central de Brejinho/PE
Imagem/py.geoview.info
Atento aos princípios da moralidade administrativa e da impessoalidade, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou à prefeita de Brejinho, Tânia Maria dos Santos, que se abstenha de usar as cores de sua campanha eleitoral e partido político na pintura de bens públicos.

A promotora de Justiça Lorena de Medeiros Santos ressaltou que a Promotoria de Justiça local recebeu informações de que os últimos gestores municipais utilizaram as cores amarelo e vermelho em campanhas políticas e, após assumirem o cargo de prefeito, as mesmas cores eram adotadas na pintura de prédios públicos e no fardamento dos estudantes. “Tal fato identifica os prédios públicos com a pessoa do administrador, ferindo o princípio da impessoalidade. Além disso, essas cores vêm sendo mantidas pelo mesmo grupo político há mais de dez anos”, alertou a promotora de Justiça.

Por esse motivo, Lorena de Medeiros Santos recomendou à gestão municipal adotar outras cores ou acrescentar tonalidades diversas às cores já adotadas em placas, veículos e demais bens móveis e imóveis do município.

“Comete ato ímprobo o administrador que, ao promover reforma e pintura de imóveis municipais, deliberadamente opta por aplicar cores em injustificada correlação com a bandeira do partido político ao qual pertence, caracterizando promoção pessoal e, como tal, ofensa aos princípios da moralidade e da impessoalidade e indevida lesão ao erário”, ressaltou a promotora de Justiça. (MPPE).

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

CONCURSO CONTROLADORIA GERAL DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE 2018/2019


A Controladoria Geral do Estado do Rio Grande do Norte (CONTROL - RN) - divulgou o edital n° 01/2018 destinado ao provimento de vagas em cargos de nível superior. O concurso CGE RN (CONTROL) 2018/2019 está sendo executado sob a responsabilidade do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC).

Cargos

Ao todo são ofertadas 53 vagas, incluindo a reserva para pessoas com deficiência. As oportunidades são distribuídas para os cargos de Analista Contábil e Técnico de Controle Interno.

Os candidatos aprovados e convocados atuarão em regime de trabalho de 40 horas semanais, com remunerações de R$ 4.295,63. Esse valor é composto pelo vencimento no valor de R$ 3.095,63 e gratificação de desempenho, no valor de R$ 1.200,00.

Inscrições

As inscrições estarão abertas no período de 14 de novembro a 16 de dezembro de 2018 e os interessados deverão efetuá-las via site www.ibfc.org.br. O valor cobrado como taxa de inscrição será de R$ 90,00 para ambos os cargos. (Concursos no Brasil).

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA NO ESTADO BENEFICIARÁ 19 MUNICÍPIOS DO AGRESTE MERIDIONAL


O Instituto de Terra e Reforma Agrária de Pernambuco (Iterpe) está alavancando as ações de acesso à terra no Agreste Meridional,  por meio do novo convênio da Regularização Fundiária firmado entre o Estado e a União, que visa beneficiar a população rural da região com títulos de propriedade, documentos que legitimam a utilização da terra de forma definitiva. A primeira etapa do processo foi iniciada, este mês, por meio da contratação dos serviços de medição de mais de 20 mil hectares de terras nos municípios da região.

Do total dos 3,5 milhões do convênio voltados à Regularização Fundiária no Sertão do Pajeú e no Agreste Meridional, R$ 389.367,00 serão destinados aos trabalhos de localização e medição das posses, que serão executados pela empresa Seta Serviços Técnicos e Agrimensura nos municípios da região. Os municípios contemplados no Agreste Meridional são: Garanhuns, Jupi, São João, Lajedo, Palmerina, Angelim, Canhotinho, Jurema, Calçado, Brejão, Terezinha, Bom Conselho, Paranatama, Saloá, Iati, Caetés, Correntes, Lagoa do Ouro e Jucati.

O convênio prevê o alcance do trabalho em uma área de aproximadamente 53.572 hectares de terras, englobando o Agreste Meridional e o Sertão do Pajeú, com o objetivo de contribuir para a dignidade de 3,5 mil famílias rurais em Pernambuco.

domingo, 11 de novembro de 2018

NOVO RANKING DE PACIFICAÇÃO DOS MUNICÍPIOS É DIVULGADO PELO MPPE


O Projeto Cidade Pacífica, do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), divulgou, o segundo ranking de pacificação dos municípios que se engajaram no combate à violência dentro de suas fronteiras e avaliar os resultados do Projeto. O objetivo é informar o quanto cada município avançou após a adoção de medidas concretas, por parte dos gestores públicos, para reduzir os índices de criminalidade e aumentar a sensação de seguranças nos moradores. O primeiro ranking foi divulgado em 31 de agosto deste ano.

Com o ranking, que tem como base os dados de criminalidade divulgados pela Secretaria de Defesa Social do Governo de Pernambuco, é possível comparar o desempenho dos municípios logo após eles assinarem Termo de Cooperação Técnica para adesão ao Cidade Pacífica, projeto institucional do MPPE. Assim, se pode avaliar o quanto houve de mudança de um período a outro e o quanto cada município se esforçou para mudar seu cenário de insegurança.

Nesta segunda classificação, o município de Ibirajuba se manteve no primeiro lugar em relação à primeira, seguido de Lagoa Grande, que também preservou a posição. Já Orocó caiu do terceiro para o quarto lugar e foi substituído por Cabrobó. Cachoeirinha alcançou o quinto lugar e, assim, Petrolina desceu para a sexta colocação. Altinho e Caruaru trocaram de lugar, com a Capital do Forró descendo de oitavo para nono (ver a tabela completa do ranking abaixo).

Metodologia do ranking - O Índice de Pacificação é representado numa escala de 0 a 5, onde 0 indica um município menos pacificado. Quanto mais próximo de 5, maior o nível de pacificação do município. O indicador é calculado a partir de uma média ponderada entre o CVLI (Crimes violentos letais e intencionais) e o CVP (Crimes violentos contra o patrimônio), a qual foram atribuídos os pesos de 80% e 20%, respectivamente. (MPPE).