sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

TCE FARÁ AUDITORIA NA CÂMARA DE GOIANA PARA APURAR SUPOSTA COMPRA DE VOTOS

Conselheiro Dirceu Rodolfo
Após denúncia protocolada na Ouvidoria do Tribunal de Contas, o conselheiro Dirceu Rodolfo determinou a abertura de uma auditoria especial para fiscalizar “graves irregularidades” ocorridas na eleição para renovação dos membros da mesa diretora da Câmara Municipal de Goiana no dia 19 do mês passado.

De acordo com a denúncia, duas chapas concorreriam à eleição - uma encabeçada pelo presidente Carlos Viegas Júnior e outra pelo vereador Henrique Fenelon de Barros Neto. Viegas conseguiu aprovar uma lei para garantir a reeleição, até então vedada pelo Regimento Interno.

Após a aprovação da lei, em 25/06/2018, Viegas publicou um edital convocando eleições para a escolha da nova mesa, mas ao perceber que não seria reeleito expediu uma resolução alterando a data.

“A partir daí, começaram as negociações numa tentativa enlouquecida de ser reeleito, o que ocorreu com o apoio de 9 dos 15 votos possíveis”, afirma a denúncia, frisando que para garantir a reeleição o presidente teria feito todo tipo de manobras, “legais e ilegais”.

Uma dessas manobras teria sido o pagamento de diárias no valor de até R$ 6 mil aos vereadores ligados ao presidente para que eles fossem a um congresso, em Natal, onde teriam ficado “confinados”, num hotel até a data da eleição, a fim de que não houvesse risco de mudar o voto.

AS PROVAS - A denúncia está amparada em vários documentos, entre eles um áudio em que os vereadores ligados a Viegas comemoram o pagamento das diárias e tentam convencer outros colegas a aderir ao presidente e a publicação dos valores das diárias no Portal da Transparência.

“Em nome da moralidade pública, faz-se necessária a interferência dos poderes investigativos, em especial do Tribunal de Contas, para apurar os fatos que tanto têm incomodado a população goianense”, conclui a denúncia.

DESPACHO – Após o documento chegar ao seu gabinete, o conselheiro Dirceu Rodolfo, que é o relator das contas de Goiana do presente exercício, despachou: “Levando em apreço os graves fatos trazidos à baila na denúncia, inclusive com provas de relevância, determino a abertura de auditoria especial, com abrangência sobre as duas últimas gestões”. (TRE-PE).

CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE MUNICÍPIOS DIVULGA VALORES DO 1% EXTRA DO FPM


O repasse adicional de 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de dezembro deve ser depositado até às 18h desta sexta-feira, 07 de dezembro. A previsão da Confederação Nacional de Municípios (CNM) é de que o montante chegue a mais de R$ 4 bilhões. Ou seja, um crescimento de 7,13% comparado a 2017.

O recurso extra é proveniente da arrecadação do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) e do Imposto de Renda (IR) contabilizada entre o início de dezembro do ano passado até o final de novembro deste ano. O repasse será realizado um dia antes do primeiro decêndio normal do FPM de dezembro.

Nos últimos 11 anos, os cofres municipais receberam R$ 34,3 bilhões relacionados a repasses extras, consequência da luta constante da Confederação em favor dos Municípios. Esse montante irá ajudar os atuais gestores a pagarem o 13º salarial e as folhas de pagamento, assim como pode amenizar a situação financeira de muitos Entes municipais.

Retenção Fundeb

Cabe destacar que, de acordo com a redação da emenda constitucional nº. 55/2007, não incide retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) ao 1% adicional do FPM. No entanto, trata-se de uma transferência constitucional e por isso deve incorporar a Receita Corrente Líquida (RCL) do Município e, consequentemente, deve-se aplicar os limites constitucionais em saúde e educação.

Histórico

Os Municípios recebem todos os anos nos meses de julho e dezembro 1% da arrecadação de IR e IPI referente aos 12 meses anteriores ao mês do repasse. O FPM é composto de 22,5% da arrecadação desses tributos repassados a cada decêndio e distribuídos de forma proporcional de acordo com uma tabela de faixas populacionais.


Por Luiz Philipe Leite
Agência CNM de Notícias

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

OLIVENÇA/AL: PREFEITURA REALIZA CONCURSO PÚBLICO


Em Alagoas, a Prefeitura de Olivença divulgou um novo edital n° 001/2018, que pretende preencher, em caráter efetivo, 107 vagas em funções de todos os níveis de escolaridade para provimento de cargos em várias áreas da administração. O concurso Prefeitura de Olivença - AL reserva ainda 5% das vagas para pessoas com deficiência.

O concurso público será executado pelo Instituto de Administração e Tecnologia, denominado ADM&TEC. Os vencimentos variam de R$ 954,00 e R$ 2.034,85, em carga horária de 20 a 40 horas semanais.

As oportunidades são para os cargos de Auxiliar de Serviços Gerais, Eletricista , Gari, Guarda Municipal, Merendeira Escolar, Motorista, Motorista de Ambulância, Motorista Escolar, Vigia, Vigilante Escolar, Agente Arrecadador, Agente Comunitário de Saúde, Agente de Combate às Endemias, Assistente Administrativo, Auxiliar Contábil, Auxiliar de Saúde Bucal, Cadastrador do Programa Bolsa Família, Fiscal de Obra, Orientador Social, Técnico de Enfermagem, Técnico em Laboratório de Análises Clínicas, Analista de Controle Interno, Analista de Sistema, Assistente Social, Biomédico, Contador, Enfermeiro, Engenheiro Civil, Fisioterapeuta, Gestor Municipal de Convênios, Médico Cardiologista, Médico Ginecologista, Médico Pediatra, Médico Psiquiatra, Nutricionista, Odontólogo, Professor de Ciências, Professor de Educação Física, Professor de Geografia, Professor de História, Professor de Inglês, Professor de Matemática, Professor de Português, Professor de Séries Iniciais, Psicólogo e Secretário Escolar.

As inscrições deverão ser feitas via internet, no endereço eletrônico www.admtec.org.br até o dia 07 de janeiro de 2019. A taxa de inscrição será de R$ 120,00 para cargos de nível superior, R$ 100,00 para os de nível médio e R$ 80,00 para cargos os de ensino fundamental.

TERRA DE GIGANTES OU DE ANÕES?


Por Clovis de Barros Filho*

São Paulo - A seleção de futebol tomou de 7 x 1 um vexame para não esquecer. Aos poucos no entanto, vai sendo esquecido e muito provavelmente o comandante cujos canhões na guerra contra os alemães silenciaram, não se sabe bem o por quê, talvez soberba, estará logo logo todo falante de volta. É a era gaúcha na seleção, que deverá durar mais meio século.

Pior do que a seleção de futebol, só mesmo a de basquete. O basquete do Brasil aquele mesmo do qual fiz uma crônica publicada no Blog sob o título Terra de Gigantes, sempre foi um dos cinco melhores do mundo. Bi mundial, várias vezes pan americano, dezenas de vezes campeão na América do Sul. Responsável pela gerações de lendas do basquete como Wlamir Marques, Ubiratan, Rosa Branca, Amaury, Oscar, Marcel e craques fora de série como Carioquinha, Marquinhos, Paulinho Vilas Boas, Cadum, Israel, Marcelinho Machado e tantos outros que não me recordo agora, nosso basquete é uma sombra do que foi. Na última segunda-feira (03), mesmo jogando contra o time reserva dos reservas do Canadá pelo qualifying China 2019, e jogando por uma vitória simples, foi derrotado melancolicamente por 94 x 67 em pleno Ginásio do Corinthians, apresentando um jogo onde o ataque (sempre o ataque) que justamente era nossa maior arma, teve aproveitamento de vergonhosos 32%. Muito se tem comentado sobre as causas que levaram o nosso outrora vitorioso esporte a essa situação vexatória. Uns se queixam da politicagem, outros de campeonatos mal elaborados, outros ainda na pouca divulgação na tv e até no investimento na base. Tem de tudo um pouco. Eu por exemplo, acho que o basquete começou a morrer exatamente como começou a morrer o nosso futebol. Gênios brasileiros, com complexo de vira-latas começaram a copiar tudo que vinha da Europa. Começaram, como começaram os técnicos de futebol a valorizar a defesa e se esqueceram de que só ganha jogo aquele time marca mais gols ou jogador que acerta uma cesta de 3 pontos, põe a bola lá dentro. Muitos técnicos brasileiros que por respeito não citarei nomes, começaram essa história de defesa acima de tudo. Vi jogos onde jogadores de times que dirigiram mesmo próximo à cesta voltarem com a bola para gastar o tempo ao invés de arremessá-la, pois segundo seu treinador, arremessar com menos de 20 segundos era proibido, era precipitação. Depois, completaram a desgraça. Começaram a importar técnicos europeus de escolas vitoriosas mais cujo jogo, histórica e culturalmente sempre se inspiraram numa defesa mais sólida. E ai o que aconteceu? Hoje na seleção não tem um único arremessador confiável. Os jogadores ficam no eterno toma que a bola é tua que me vou. É por isso, que a cultura, os costumes, as práticas e as tradições de um povo não podem ser jogados no lixo de uma hora para outra, com a desculpa esfarrapada da modernidade e que no país A ou B por ser do primeiro mundo, é sempre melhor se copiada.

*Clovis de Barros filho nasceu na Serra da Prata (Iatecá). Estudou no Colégio Diocesano de Garanhuns do Admissão ao Científico onde concluiu em 1968. Reside em São Paulo desde 1970. É Licenciado e Bacharel em Química Industrial pela Universidade de Guarulhos e Químico Industrial Superior pelas faculdades Osvaldo Cruz/SP.

SÃO JOÃO / PE: ANÁLISE DO TCE LEVA A ECONOMIA DE MAIS DE 6 MILHÕES À PREFEITURA

São João/PE
A economia resultante de uma análise de licitação da Prefeitura de São João feita pelo Tribunal de Contas pode chegar a cerca de 6 milhões de reais, em cinco anos, aos cofres do município. O objetivo da auditoria foi verificar a documentação do Pregão Presencial nº 025/2017, publicado no Diário Oficial do dia 19 de agosto de 2017. 

A licitação, cujo valor anual estimado era de R$ 1.579.737,60, previa a contratação de empresa para prestação de serviços de manutenção das vias públicas no município. A relatoria é da conselheira Teresa Duere. Durante os trabalhos, a equipe técnica da Gerência de Auditorias de Obras Municipais/Sul do TCE observou que o projeto apresentado não era suficiente para a caracterização dos serviços, não atendendo aos requisitos mínimos estipulados no artigo 6º, inciso IX da Lei 8.666/93. É que, muito embora constassem as especificações dos veículos e a previsão da contratação da mão de obra e combustível, o documento não informava corretamente o dimensionamento dos equipamentos necessários, a exemplo da idade máxima permitida para os caminhões, além de prever equipamento que não estava compatível com o serviço a ser realizado.

Com base nos erros apontados pelo Tribunal, a Prefeitura revogou o certame, publicando no Diário Oficial do Estado, em 24 de outubro deste ano, o aviso de licitação do Pregão Presencial nº 025/2018 (Processo Licitatório nº 045/2018). Nele, foram adotados os parâmetros de custos trazidos pelo TCE (mensais e não mais por hora) e removido um item de serviço que continha equipamento inadequado.

Com o novo Projeto Básico, o valor total previsto para um ano de contrato sofreu uma redução significativa, passando de R$ 1.579.737,60 para R$ 369.591,00, ou seja, uma economia de R$ 1.210.146,60 por ano de contrato, cerca de R$ 100.000,00 a menos por mês para o município. Considerando a natureza contínua dos serviços e a possibilidade de prorrogação do prazo por até 60 meses, prevista pela Lei 8.666, o benefício gerado pela redução dos preços poderá alcançar R$ 6.050.733,00 ao final do contrato.

Ao longo do exercício de 2018, os benefícios gerados pelos trabalhos do Tribunal já somam R$ 46.223.870,80. (TRE-PE)

DISTRATO IMOBILIÁRIO: PROJETO QUE REGULA DESISTÊNCIA DE COMPRA DE IMÓVEL É APROVADO


O plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (5) o projeto de lei que define os valores que o comprador receberá nos casos de desistência da compra de imóvel, o chamado distrato imobiliário. Pela proposta, a construtora ficará com até 50% dos valores pagos pelo consumidor em caso de desistência da compra ou parar de pagar o imóvel, após dedução antecipada da corretagem.

A proposta estabelece que a multa de até metade do valor pago caberá quando o empreendimento tiver seu patrimônio separado do da construtora, o chamado de patrimônio de afetação. Para os demais casos, a multa prevista para o comprador é de até 25%.

O texto estabelece o índice de 0,5% do valor atualizado do contrato por mês. Atualmente, a Justiça tem reconhecido o direito de retenção do vendedor em 1% do valor do imóvel por mês, mesma percentagem prevista no projeto de lei. A taxa de fruição deve ser paga a uma construtora pelo usufruto de um imóvel que foi ocupado por um comprador inadimplente. No caso do fim do contrato de compra de lotes, a taxa será 0,75%.

O atraso de até 180 dias para entrega de um imóvel não gerará ônus para a construtora. No entanto, em caso de atraso maior na entrega das chaves, o consumidor poderá desfazer o negócio e terá direito a receber tudo o que pagou de volta, além da multa prevista em contrato, em até 60 dias. Se não houver multa prevista, o cliente terá direito a 1% do valor já desembolsado para cada mês de atraso. Também fica vedada a cumulação de multa moratória com a compensatória em favor do comprador no caso de inadimplência das construtoras. (Agência Brasil).

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

DINHEIRO EXTRA: MAIS DE R$ 4,2 BILHÕES, DO 1% DO FPM DE DEZEMBRO, ENTRA NAS CONTAS DAS PREFEITURAS NESTA SEXTA (07)


O resultado da atuação da Confederação Nacional de Municípios (CNM) e do movimento municipalista deve ser lembrado e comemorado também neste final de ano. E uma das grandes conquistas é o repasse de 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de dezembro que entra nas contas das prefeituras na sexta-feira, 7 de dezembro. Fruto de uma importante conquista municipalista, a CNM calcula a partilha de R$ 4.214 bilhões entre os Entes municipais, com base nos dados do 4º relatório de avaliação fiscal do governo.

A estimativa foi divulgada pela entidade, no início de outubro, e representa um aumento de 8,7% em comparação com 2017. Segundo o presidente da Confederação, Glademir Aroldi, os recursos vão ajudar os gestores a pagarem o 13º de seus funcionários e a fechar as contas neste final de ano. 

De acordo a estimativa da CNM, sobre o 1% adicional não incide retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). No entanto, por se tratar de uma transferência constitucional e por incorporar a Receita Corrente Líquida (RCL) do Município, os limites constitucionais de investimento em saúde e educação devem ser observados.

“A luta pelo aumento do FPM foi embasada em estudos minuciosos da CNM e na comprovação de que os Municípios receberam muitas responsabilidades ao longo dos anos sem os devidos recursos para custeio”, lembra Aroldi. A reivindicação inicial da CNM foi aumentar o FPM em 5%, como politicamente não era viável, entidade tem buscado aumentos gradativos. Depois do 1% de dezembro, o movimento municipalista conquistou o 1% de julho e tem atuado no Congresso Nacional para garantir mais um repasse adicional de 1% em setembro.


Por Raquel Montalvão
Agência CNM de Notícias




MUNICÍPIOS DO AGRESTE MERIDIONAL E SEUS COEFICIENTES  FPM 2018 

Coeficiente (0,6): Brejão/PE - Palmeirina/PE - Terezinha/PE: R$ 376.272,11

Coeficiente (0,8): Angelim/PE - Paranatama/PE - Jucati/PE - Lagoa do Ouro/PE - Calçado/PE: R$ 501.696,15

Coeficiente  (1,0): Jupi/PE - Jurema/PE - Saloá/PE: 627.120,19

Coeficiente (1,2): Cachoeirinha/PE - Capoeiras/PE - Correntes/PE - Iati/PE - Pedra/PE - São João/PE - Venturosa/PE: R$ 752.544,23

Coeficiente (1,4): Caetés/PE - Canhotinho/PE: R$ 877.968,27 

Coeficiente (1,8): Águas Belas/PE - Lajedo/PE: R$ 1.128.816,34 

Coeficiente (2,0): Bom Conselho/PE: R$ 1.254.240,38

Coeficiente (2,2): Buíque/PE - São Bento do Una/PE: R$ 1.379.664,42 

Coeficiente (3,6): Garanhuns/PE: R$ 2.257.632,69

PROGRAMA GANHE O MUNDO ABRE INSCRIÇÕES PARA MAIS DE MIL VAGAS


Começou nesta terça-feira (4)  o processo seletivo para o Programa Ganhe o Mundo (PGM), iniciativa do Governo de Pernambuco que há sete anos leva alunos da rede pública estadual para fazer intercâmbio em outro país a fim de aumentar a proficiência das línguas inglesa e espanhola. Nesta edição, a Secretaria Estadual de Educação oferta 1.020 vagas, sendo mil para o PGM Tradicional e 20 para a modalidade Musical. 

No caso do Tradicional, as inscrições começaram nesta terça e seguem até o dia 3 de janeiro. Já as inscrições para o Musical têm início na próxima sexta (7) e vão até 20 de janeiro. Para ambas as modalidades, é preciso se inscrever obrigatoriamente pela página eletrônica da secretaria. Lá, o estudante terá acesso ao formulário de inscrição, bem como o edital com todas as informações sobre o processo.

De acordo com a secretaria, os estudantes precisam ter, no mínimo, 14 anos de idade até o dia primeiro de julho de 2019 e, no máximo, 17 anos até o dia 31 de janeiro de 2019. Eles também devem estar matriculados e cursando o 1º ano do ensino médio das escolas públicas estaduais em 2018, além de inscritos nos cursos de línguas do programa. (Portal FolhaPE).

ANGELIM / PE: MPPE RECOMENDA PREFEITURA DESATIVAR LIXÃO


O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou à Prefeitura de Angelim adotar uma série de medidas com o objetivo de desativar o lixão a céu aberto da cidade e providenciar destinação adequada aos resíduos sólidos. As medidas têm por finalidade assegurar que o poder público cumpra as determinações das Políticas Nacional e Estadual de Resíduos Sólidos, que é uma das prioridades da atuação do MPPE na área ambiental.

De acordo com a promotora de Justiça Larissa Albuquerque, o lixão de Angelim encontra-se em situação inaceitável, com descarte de resíduos a céu aberto em área urbana, acesso de catadores e condições insalubres.

“O não cumprimento da legislação ambiental, bem como a falta de gerenciamento adequado dos resíduos urbanos, provocam poluição e risco ao meio ambiente, ocasionando o surgimento de transmissores de doenças infecto-contagiosas”, alertou a promotora.

Segundo a recomendação, publicada no Diário Oficial desta terça-feira (4), a Prefeitura de Angelim deverá providenciar, no prazo de 90 dias, a total desativação do lixão. O MPPE também recomendou que o poder público elabore um projeto de destinação de resíduos para aterros sanitários legalizados; que promova a implantação de um plano municipal de coleta seletiva de lixo e educação ambiental, direcionados a toda a população de Angelim.

Em relação às pessoas que trabalham no lixão como catadores, o MPPE recomendou a realização de cadastramento dessas pessoas, a fim de inseri-los em programas de assistência social. O monitoramento do acesso ao lixão deve ser feito de forma constante, a fim de evitar o acesso de pessoas não autorizadas e de animais. Outras medidas recomendadas pelo MPPE são o plantio de vegetação ao redor do terreno, a cobertura dos resíduos com material argiloso para evitar a proliferação de insetos e outros animais que se alimentam do lixo e a manutenção das vias de acesso ao terreno. Por fim, a Prefeitura de Angelim deve proibir o descarte de resíduos provenientes de unidades de saúde e da construção civil, visto que esses materiais possuem um processo de descarte especial.

O município de Angelim tem um prazo de dez dias para informar se pretende ou não seguir as recomendações do MPPE.

terça-feira, 4 de dezembro de 2018

II MOSTRA DE PROJETOS DO PGM APRESENTOU TRABALHOS DE PÓS-INTERCAMBISTAS DO AGRESTE MERIDIONAL


Pós-intercambistas do Programa Ganhe o Mundo (PGM) participaram ontem (03) da II Mostra de Projetos do PGM, promovida pela GRE do Agreste Meridional. O evento teve como sede a EREM Professor Jerônimo Gueiros, em Garanhuns, e reuniu na programação as experiências de estudantes que fizeram intercâmbio no Canadá e na Argentina, durante a Edição 2017-2018 do programa. 

No evento, eles apresentaram seus projetos de intervenção, elaborados após a vivência no exterior, para três turmas de 1º ano da escola sede. Os projetos, apresentados em banners e cartazes, trouxeram ideias inovadoras em diversas áreas, dentre elas música, saúde, meio ambiente, educação, desporto e lazer. (GRE-AM).

ARAPIRACA /AL: SEST/SENAT REALIZA PROCESSO SELETIVO


O SEST/SENAT de Arapiraca - AL torna público para quem interessar que está aberto o processo seletivo visando a contratação de Gestor Operacional. A abertura desta seleção foi publicada no Diário Oficial da União, na edição nº 232 de 04 de dezembro de 2018, em sua página 186.

Vaga: Gestor Operacional

Avaliação

O processo seletivo terá as seguintes etapas: avaliação curricular, prova de conhecimentos específicos, redação, avaliação comportamental e entrevista final. Os interessados devem se cadastrar pelo site http://app3.sestsenat.org.br/portalcliente até o dia 11 de dezembro de 2018.

CELULAR PIRATA SERÁ BLOQUEADO A PARTIR DE SÁBADO EM 10 ESTADOS

Imagem/Marcello Casal Jr/Agência Brasi

Brasília - Começa no próximo sábado (8), o bloqueio de celulares irregulares (piratas) nos estados do Acre, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina e Tocantins, habilitados a partir de 23 de setembro. A informação foi dada ontem (3) pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Os usuários já estão recebendo mensagens de SMS, informando que o aparelho irregular será bloqueado. “Operadora avisa: Pela Lei 9.472 este celular está irregular e não funcionará nas redes celulares em 75 dias”, diz a mensagem. A primeira delas foi encaminhada no dia 23 de setembro. Outros alertas chegaram 50 dias e 25 dias antes.

Na véspera do bloqueio, o usuário receberá a seguinte mensagem: “Operadora avisa: Este celular IMEI XXXXXXXXXXXXXXX é irregular e deixará de funcionar nas redes celulares”. A agência informou que os usuários que aparelhos habilitados antes do dia 23 de setembro, mesmo que estejam irregulares, não serão afetados, desde que o número não seja alterado.

Para saber se o número de IMEI é legal, basta discar *#06#. Se a numeração coincidir com a que aparece na caixa, o aparelho é regular. Caso contrário, há uma grande chance de ser irregular.

Nos estados da Região Nordeste e demais estados das regiões Norte e Sudeste, incluindo São Paulo, o  encaminhamento de mensagens aos usuários ocorrerá a partir de 7 de janeiro de 2019. O impedimento do uso começará a partir de 24 de março de 2019, no caso de aparelhos irregulares habilitados a partir de 7 de janeiro de 2019.

Por Luciano Nascimento
Repórter da Agência Brasil

segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

ARARIPINA / PE: PREFEITURA REALIZA PROCESSO SELETIVO


A Prefeitura de Araripina está realizando processo seletivo regido pelo edital republicado n° 01/2018, destinado à contratação temporária de 22 novos profissionais de nível superior, para atendimento das necessidades do município no âmbito da Secretaria Municipal de Saúde.

As oportunidades são distribuídas para as funções de Médico (ESF/UBS) e Médico (Ambulatório - Cínico Geral). Os candidatos aprovados e convocados atuarão em regime de trabalho de até 40 horas semanais, com vencimentos que variam entre R$ 6.900,00 e R$ 12.000,00.

Inscrições

As inscrições serão gratuitas, devendo os candidatos, para requererem a sua inscrição, preencherem o formulário no site oficial da Prefeitura Municipal de Araripina no endereço eletrônico www.araripina.pe.gov.br, até às 23h do dia 09 de dezembro de 2018. (Concursos no Brasil).

LAMPIÃO - DOCUMENTÁRIO DOS 80 ANOS DO COMBATE DE ANGICO


Créditos do Vídeo: Aderbal Nogueira