sábado, 8 de junho de 2019

O ENXADRISMO EM GARANHUNS NA DÉCADA DE 30

Garanhuns, PE - Rua do Recife (Dr. José Mariano) - Lado direito: Residência de J. Leite, Otávio Rêgo, Felinto Velho, Dário Rêgo, Manoel Quintão e J. C. Campos - 1934
Imagem/Os Aldeões de Garanhuns

Lembro-me bem, em janeiro de 1931, já existia o Clube de Xadrez de Garanhuns e os mais entusiastas enxadristas locais eram Péricles Santos, Miguel Figueiredo, Aminadab Mello, Inácio Santos, Dorval Santos, entre outros.

A AGA - Associação Garanhuense de Atletismo, fundada, poucos meses no ano anterior, estava se instalando num pequeno prédio à rua Dr. José Mariano que servira de armazém de cereais e depois devidamente adaptado ficou em condições de servir como sede, mas por pouco tempo, o bastante para uma reforma e ampliação.

José Gaspar da Silva, o primeiro presidente do grêmio atraiu a turma do Clube de Xadrez que se passou de armas e bagagens para as hostes agueanas, incorporando-se sem que destarte fosse necessária qualquer tipos de fusão.

Ao elenco que já praticava o xadrez juntaram-se Alfredo Leite Cavalcanti, Ruber van der Linden, Luiz Lins Cavalcanti, Heribaldo Acioli, Antônio Pereira, Antero Wanderley, Dr. Mário Matos, Joaquim Ferreira Leal, Antônio Soares, Lourival Wanderley e outros aficionados com suas famílias todas as noites atá tarde enchiam o clube dando ao ambiente um cunho de perfeita cordialidade.

Garanhuns, ganhou mais fama e eram disputadas pelo telégrafo partidas com outras cidades.

Em 1932, a AGA, convidou o Sr. Romano, ao que suponho, campeão de xadrez de São Paulo a visitar Garanhuns e o renomado enxadrista aqui esteve jogando simultâneas com os garanhuenses vencendo todos.

Também, o engenheiro Elmano Gonçalves de Amorim que aqui veio a fim de supervisionar a implantação do novo sistema de abastecimento d'água de Garanhuns no Governo Carlos de Lima Cavalcanti, e, na época detinha o título de Campeão Pernambucano de Xadrez; jogava com os enxadristas da AGA, com os seus tabuleiros em fila simultâneas e vencia-os sem dificuldade.

Jayme Luna
Jornal O Monitor 18/10/1986

O vice-campeão brasileiro de 1927, Vicente Túlio Romano, nasceu em 1898 e faleceu em 1962. Começou a jogar xadrez no Automóvel Clube de São Paulo em 1919, clube que foi campeão em 1921. Foi campeão paulista em 1927. Em 1933, realizou viagem à Europa, onde jogou com Znosko-Borowski e Tartakower. Nessa excursão, disputou uma simultânea em Portugal contra 16 enxadristas (venceu oito, perdeu seis e empatou duas partidas)

SIVALDO ALBINO RECEBE TÍTULO DE CIDADÃO DE ANGELIM


O deputado estadual e garanhuense Sivaldo Albino,  líder do PSB na Assembleia Legislativa,  recebeu na tarde da última quinta-feira (6), no Clube ARA,  o título de Cidadão Honorário de Angelim.

A homenagem,  proposta pelo vereador José Alberto Velozo  (PSD), foi aprovada em 21 de maio deste ano por unanimidade pelos parlamentares.

A solenidade no clube angelinense contou com a presença das principais lideranças do município.

A cerimônia teve início às 17h e durou pouco mais de uma hora. Pelo Facebook, Sivaldo agradeceu ao vereador Beco e a todos os vereadores do município de Angelim. “Fico muito honrado por receber essa homenagem neste dia tão importante”, frisou o deputado.

Angelim tem uma população de pouco mais de 11 mil habitantes e fica a pouco mais de 20 km de Garanhuns.

O Município celebrou  88 anos de Emancipação Política e além da solenidade da Câmara para homenagear pessoas ilustres, à noite foram realizados shows em praça pública.

Atual prefeito de Angelim é o jovem empresário Douglas Duarte, do mesmo partido de Sivaldo Albino, o Partido Socialista Brasileiro, PSB. Com informações do Blog do Roberto Almeida.

sexta-feira, 7 de junho de 2019

FPM - PRIMEIRO DECÊNDIO DE JUNHO SERÁ CREDITADO DIA 10 NAS CONTAS DAS PREFEITURAS


Na próxima segunda-feira, 10 de junho, os cofres municipais receberão os recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) referentes ao primeiro decêndio do mês. O valor total soma R$ 3.120.454.874,01, já considerando o desconto da retenção para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Sem a diferença, ou seja, incluindo o fundo da educação, a quantia bruta é de R$ 3.900.568.592,51.

A Confederação Nacional de Municípios disponibiliza, por meio de nota técnica, os valores que serão creditados por coeficientes e por Estado. Acesse aqui. Nas tabelas constam os valores brutos do repasse do FPM e os seus respectivos descontos, os 20% do Fundeb, 15% da saúde e o 1% do Pasep. 

De acordo com dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), o primeiro decêndio de junho de 2019, comparado com mesmo período de 2018, apresenta queda de 12,20%, incluindo o valor da inflação. Na comparação do acumulado do ano, o estudo da Confederação identifica que há acréscimo. O total repassado aos Municípios no período de janeiro até o 1º decêndio de junho de 2019, apresenta crescimento de 3,86%, com os efeitos da inflação, em relação ao mesmo período de 2018.

Por Amanda Martimon
Da Agência CNM de Notícias

Pernambuco - Coeficientes dos municípios do Agreste Meridional
   
                            
Brejão:  (0,6) - Palmeirina: (0,6) - Terezinha: (0,6) - Angelim: (0,8) - Paranatama: (0,8) - Jucati: (0,8) - Lagoa do Ouro: (0,8) - Calçado: (0,8) - Jupi: (1,0) - Jurema: (1,0) - Saloá: (1,0) - Cachoeirinha: (1,2) - Capoeiras: (1,2) - Correntes: (1,2) - Iati: (1,2) - Pedra: (1,2) - São João: (1,2) - Venturosa: (1,2) - Caetés: (1,4) - Canhotinho: (1,4) - Águas Belas: (1,8) - Lajedo: (1,8) - Bom Conselho: (2,0) - Buíque: (2,2) - São Bento do Una: (2,2) - Garanhuns: (3,6).

ANDINHO E BANDA SÃO AS ATRAÇÕES DO SESC NIGHT EM GARANHUNS

O Sesc Garanhuns já está em clima de festas juninas e, nesta sexta-feira (7/6), realiza mais uma edição do Sesc Night, com Andinho e Banda. A festa começa às 21h, no Salão Jaime Pincho. Os ingressos custam R$ 16, mas os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo e seus dependentes têm desconto e pagam R$ 8.

“O Sesc Night já é uma tradição em Garanhuns e a cada edição o público comparece cada vez mais para se divertir ao som dos mais variados ritmos. Este mês, o forró é quem anima a festa”, afirma Marcos Gonçalves, instrutor de atividades recreativas do Sesc Garanhuns. E para comemorar o São Pedro, a Unidade vai promover mais um Sesc Night no dia 28 de junho, com a banda Radiola de Ficha.

Serviço: Sesc Night

Data: 7 de junho

Local: Salão Jaime Pincho do Sesc Garanhuns – Rua Manoel Clemente, 136 - Centro

Horário: das 21h à 1h

Ingressos: R$ 16 (público geral) e R$ 8 (trabalhadores do comércio e dependentes)

Classificação: 18 anos

HÁ 20 ANOS IVO AMARAL APRESENTAVA PROJETO DA ADUTORA DO AGRESTE MERIDIONAL

Ivo Tinô do Amaral
O ex-prefeito de Garanhuns e ex-deputado Ivo Amaral esteve reunido com o Secretário de Planejamento de Pernambuco, José Arlindo Soares, com o objetivo de apresentar o "Projeto da Adutora do Agreste Meridional". A Adutora, explica Amaral, "constitui-se em alternativa de solução concreta e definitiva para o grave problema do abastecimento de água da Região de Desenvolvimento do Agreste Meridional e parte definida como Agreste Central".

A população residentes nessas duas áreas de Pernambuco vêm enfrentando grandes dificuldades em decorrência da seca que tem afligido o Nordeste brasileiro nos últimos dois anos. Os sistemas de abastecimento da Compesa instalados nas cidades dessas duas Regiões estão operando em uma situação de extrema precariedade, atendendo à população em um regime de forte racionamento e quase à beira de um colapso. A atual crise no abastecimento de água no Estado de Pernambuco não tem precedentes, tendo atingido áreas como o Agreste Meridional, que sempre foi conhecida pela excelência de suas reservas hídricas.

Ivo Amaral ressaltou ao secretário que o Projeto da Adutora foi elaborado a partir de uma série de reuniões com segmentos representativos da população do Agreste Meridional para discussão do problema.

A participação da população e das lideranças da Região, foi extremamente positiva nesse processo. A alternativa propõe o uso controlado das águas de boa qualidade reservadas nas barragens existentes associado à transposição das águas do Rio São Francisco, captadas em um ponto abaixo da Represa de Xingó, quando a água daquele rio não é mais usada como fonte de geração de energia elétrica.

Segundo o projeto apresentado por Ivo Amaral, a adução das águas seria feita através de uma tubulação a ser instalada em um ponto do Rio São Francisco, localizado na altura da sede do Município de Belo Monte, em Alagoas, seguindo em linha reta para o Município de Garanhuns, de onde se ligaria ao Sistema do Bituri, em Lajedo. De Lajedo, as águas seriam invertidas para atender às sedes dos municípios de São Bento do Una, Cachoeirinha, Tacaimbó, São Caetano, Sanharó, Pesqueira e Belo Jardim. A Adutora Mãe, conforme traçado preliminar apresentado, possui cerca de 137 Km de extensão, de onde derivam Adutoras Complementares que totalizam cerca de 140 Km.

Doze sedes municipais seriam abastecidas (Águas Belas, Iati, Bom Conselho, Saloá, Paranatama, Caetés, Capoeiras, Garanhuns, São João, Jupi, Jucati, e Lajedo), sete sedes de distritos (Santa Rosa, Quatis, Iatecá, Japecanga, São Pedro, Espírito Santo e Miracica), além de diversos povoados localizados ao longo do traçado.

O ex-deputado chamou a atenção do Secretário de Planejamento e de seus assessores que a Adutora proposta, beneficiará, diretamente, dezenove municípios pernambucanos, onde reside uma população estimada em mais de meio milhão de habitantes.

Ivo Amaral reuniu-se, também, com os Deputados Federais Armando Monteiro Neto e Carlos Batata para expor o seu Projeto da Adutora. Aos parlamentares o ex-deputado Ivo Amaral enfatizou a necessidade de se tratar o assunto em caráter de urgência, em face, inclusive, das recentes informações veiculadas pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), de que não haverá mas chuva em Pernambuco até o final do ano.

Transcrito do Jornal Correio Sete Colinas de agosto de 1999.


JUSTIÇA OBRIGA E TRATAMENTO DO PEQUENO MATHEUS SERÁ FORNECIDO PELO SUS


Aqueles que torciam pelo pequeno Matheus, um garoto de Garanhuns que sofre de uma grave doença degenerativa a AME, (Atrofia Muscular Espinhal). agora têm um motivo a mais para comemorar e se alegrar. Para não morrer por consequência da doença, Matheus precisava de um medicamento caríssimo  cuja dose custa R$ 372.000,00. Para o tratamento de um ano ele precisaria fazer uso de seis doses com custo total de dois milhões e duzentos e trinta e dois mil reais. 

Os primeiros sinais da doença em Matheus começaram a aparecer quando ele tinha quatro meses. Desde então esse guerreiro, que está com um ano e quatro meses, vem lutando bravamente pra se manter vivo, mas, sem essa medicação, não havia muita esperança. 

A família se mobilizou e conseguiu sensibilizar a população em prol dessa causa fazendo uma campanha de arrecadação de doações, mas não era fácil conseguir uma quantia tão vultuosa. 

Na última segunda, 03 de junho, os pais de Matheus receberam uma ligação do Ministério da Saúde informando que o remédio estaria disponível gratuitamente para o garoto no SUS. Não foi fácil e a decisão da liberação só veio após uma ordem da Justiça, que obrigou o Estado a custear o tratamento. Com a vitória e a ótima notícia, os pais encerraram a campanha de arrecadação. "Graças a Deus Matheus vai ter direto ao tratamento pelo qual tanto lutou. Estamos encerrando a campanha. Muito obrigado a todos que ajudaram, não imaginam o tamanho da nossa felicidade", disse a mãe em um vídeo de agradecimento. 

quinta-feira, 6 de junho de 2019

FIG 2019 - ÚLTIMO DIA PARA INSCRIÇÕES NO PAVILHÃO DO ARTESANATO E PRAÇA DA PALAVRA

Praça Souto Filho - Garanhuns - Praça da Palavra
Imagem/Portal Cultura PE

Artesãos e produtores do segmento da literatura interessados em ocupar os espaços Pavilhão do Artesanato e Praça da Palavra – no 29º Festival de Inverno de Garanhuns – tem até esta quinta (6) para fazê-lo. Para participar, basta ser maior de 18 anos, pernambucano (ou residir no estado há pelo menos uma ano) e comprovar atuação na área/categoria pretendida há pelo menos 6 meses. A comprovação do proponente pode ser realizada através de fotografias, certificados, matérias na imprensa, cartazes, entre outros materiais. Os Patrimônios Vivos de Pernambuco estão automaticamente habilitados para a presente convocatória pelo mérito cultural, de acordo com a Lei Estadual do Registro do Patrimônio Vivo.

Os candidatos da área de Artesanato poderão se inscrever em apenas uma das seguintes categorias, de acordo com as características de seu trabalho: Arte Popular (caracteriza-se pelo trabalho individual do artista popular, artesão autodidata); Artesanato Tradicional (caracteriza-se pela produção cuja importância e valor decorrem do fato de preservar a memória cultural de uma comunidade, transmitida de geração em geração); Artesanato Não Tradicional (peças de estética conceitual podendo receber a intervenção de designers, artistas visuais, etc); Manufatura Artesanal (peças com produção seriada, podendo utilizar moldes e fôrmas, empregando, geralmente, ferramentas e matéria prima provenientes da indústria) e Artesanato Contemporâneo-Conceitual (produção artesanal, predominantemente urbana, resultante da inovação de materiais e processos e da incorporação de elementos criativos, em diferentes formas de expressão).

Em Literatura serão consideradas as inscrições de propostas apresentadas por livreiros, sebistas, cordelarias, editoras e selos independentes, cartoneiras e artesãos do livro.

As inscrições podem ser feitas presencialmente, no Protocolo Geral da sede da Secult-PE/Fundarpe (Rua da Aurora, 463/469 - Boa Vista - Recife/PE), no horário das 8h às 17h. Ou ainda pelo Mapa Cultural de Pernambuco, acessando o endereço www.mapacultural.pe.gov.br/projeto/206 até às 23h59 do dia 06 de junho de 2019. E ainda pelos Correios, como Sedex, com Aviso de Recebimento (A.R.) e encaminhadas ao endereço da Secult-PE/Fundarpe.

PREFEITOS PEREGRINAM EM BRASÍLIA PARA DEFENDEREM PRORROGAÇÃO DOS SEUS MANDATOS

Peregrinando mais uma vez por Brasília, prefeitos de diversos municípios brasileiros estenderam a pauta do Pacto Federativo para a prorrogação dos seus mandatos. Estiveram com o autor da PEC da unificação das eleições em 2022, Rogério Peninha (MDB-SC), que informou ter a matéria já prosperado na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara.

Os gestores voltam para seus municípios animados, achando que podem ficar mais dois anos no cargo. Aprovada a PEC, as eleições do ano que vem seriam canceladas, prefeitos e vereadores só iriam à reeleição em 2022.

O pai da ideia alega que o Brasil está saturado de fazer eleições de dois em dois anos e que a economia por pleito seria da ordem de R$ 5 bilhões por parte da justiça eleitoral. A justificativa posta por Peninha pode até ser convincente, mas prorrogar mandato é um tremendo casuísmo, repudiado pela sociedade pensante do País.

Blog do Magno Martins

UNICEF E AMUPE JUNTAS NA PROTEÇÃO DA CRIANÇA E ADOLESCENTE


O Fundo das Nações Unidas para a Infância – UNICEF e a Associação Municipalista de Pernambuco – AMUPE promovem o 1º Encontro de Gestores e Gestoras Municipais do Semiárido Pernambucano, com a finalidade de fortalecer as estratégias de proteção integral a crianças e adolescentes dos 123 municípios de Pernambuco que aderiram ao Selo UNICEF Edição 2017-2020. O evento será no dia 13/06 de 9hh30 às 11h30, no Radisson Hotel (Av. Boa Viagem, 1906-Recife).

O presidente da Amupe, José Patriota, solicita a participação dos Prefeitos e Prefeitas, além de Articuladores Municipais do Selo UNICEF, conforme designados no termo de adesão de cada município. Até o dia 11/06 os participantes deverão confirmar presença, através de preenchimento do formulário disponível no link a seguir:https://bit.ly/314S0T7

Confira aqui a relação dos municípios: Selo UNICEF_Municípios inscritos em PERNAMBUCO

Fonte: https://www.amupe.org/

PREFEITURA DE CRAÍBAS - AL ABRE EDITAIS DE PROCESSO SELETIVO


Publicados três editais de processo seletivo simplificado da Prefeitura de Craíbas, no estado de Alagoas. Juntos, os editais ofertam um total de 388 vagas de níveis fundamental completo, médio e superior em vários cargos temporários das Secretarias de Saúde, Assistência Social e Educação.

A remuneração para os aprovados pode chegar até R$ 10.497,00, em jornadas trabalhistas de 20 a 40 horas semanais.

De acordo com os editais, fica reservado o percentual de 5%, das vagas para candidatos portadores de necessidades especiais em função compatível com sua aptidão, sendo o candidato obrigado a declarar-se portador de necessidades especiais no ato da inscrição.

Cargos do Edital 01

O edital n° 01/2019 conta com 80 vagas na Secretaria da Saúde para as funções de Médico da Estratégia Saúde da Família, Médico Auditor de Regulação Médica, Médico Cardiologista, Médico Cirurgião Geral, Médico Dermatologista, Médico Ginecologista/Obstetra, Cirurgião Dentista Buco-Maxilo Facial, Médico Ultrassonografista, Médico Cirurgião Cabeça e Pescoço, Médico Ortopedista, Médico Pediatra, Médico Psiquiatra, Médico Plantonista, Instrumentador Cirúrgico, Técnico Protesista, Assistente Social, Enfermeiro , Enfermeiro, Enfermeiro Plantonista, Cirurgião Dentista da Estrategia de Saúde da Família, Odontólogo Protesista, Auxiliar em Saúde Bucal da Estratégia de Saúde da Família, Agente Comunitário de Saúde, Agente de Combate as Endemias, Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Serviços Gerais, Nutricionista, Terapeuta Ocupacional, Monitor Psicossocial, Psicólogo Clínico, Digitador de Sistemas, Vigilante, Técnico em Manutenção de Materiais e Equipamentos Odontológicos, Agente de Portaria, Auxiliar de Manutenção de Ambientes, Parteira, Farmacêutico, Lavadeira em Geral, Cozinheira, Técnico em Enfermagem, Motorista de Ambulância, Motorista, Recepcionista, Profissional de Educação Física na Saúde, Fisioterapeuta Geral e Biomédico.

Edital 02

Já o edital nº 02/2019 abre 37 vagas na Secretaria de Assistência Social nas funções de Assistente Social, Entrevistador, Recepcionista, Psicólogo, Orientador Social, Facilitador de Arte, Facilitador de Informática, Facilitador de Dança e Teatro, Facilitador de Esportes e Lazer e Advogado.

Edital 03

Por fim, o edital n° 03/2019 disponibiliza 271 vagas na Secretaria de Educação nas funções de Monitor de 1º Ao 5º Ano, Monitor de Língua Portuguesa, Monitor de, História, Monitor de Ciências, Monitor de Inglês, Monitor de Artes, Monitor de Religião, Monitor de Geografia, Monitor de Matemática, Monitor de Educação Física, Monitor de Transporte Escolar, Cuidador de Alunos com Necessidades Especiais, Intérprete de Libras, Monitor de EJA, Monitor de Educação Infantil, Auxiliar de Serviços Gerais, Vigilante, Motorista de Transporte Escolar, Nutricionista, Psicólogo, Arquiteto, Recepcionista, Office-Boy, Monitor de Esportes e Monitor de Cultura.

Inscrições

As inscrições deverão ser realizadas entre os dias 11 e 13 de junho de 2019, das 08h as 13h no Ginásio Poliesportivo José Fernando de Farias, na Rua Tercília Maurício da Rocha, nº 842, centro, Craíbas-AL.

Seleção
O processo seletivo será realizado por meio de avaliação de títulos. O resultado final será divulgado por meio do endereço eletrônico www.craibas.al.gov.br/novo.

O processo seletivo terá vigência de doze meses, podendo ser prorrogado por igual período. Fonte: Concursos no Brasil.

quarta-feira, 5 de junho de 2019

LITERATURA FANTÁSTICA É TEMA DE ENCONTRO DE ESCRITORES EM GARANHUNS

Escritor João Paulo Parísio
A importância da literatura como elemento formador de emoções será abordada em um encontro de escritores, nesta quinta-feira (6/6), em Garanhuns. A partir das 20h, os autores João Paulo Parísio e Acauam Oliveira vão dialogar com o público sobre o tema “Do Fantástico Insólito à Vida Cotidiana, Tudo Vira Literatura", no Salão Jaime Pincho do Sesc.

O encontro, que terá acesso gratuito para o público geral, irá discutir as nuances de obras literárias de grandes autores nacionais e internacionais, principalmente as que têm o realismo fantástico como argumento, e que despertam as mais diferentes sensações nos leitores. “Fantástico é o que não é exceção, nem tampouco regra. Um sentimento do mundo que nasce da percepção do desconhecido, da ciência da ignorância. Cada célula é um oceano, com suas zonas abissais. Há em tudo uma secreta mitocôndria de mistério, que nunca cansa de produzi-lo”, considera o escritor João Paulo Parísio.

João Paulo Parísio é recifense. Nascido em 1982, estreou na literatura em 2014, com o livro de contos “Legião Anônima” e no ano seguinte lançou “Esculturas Fluidas”, de poemas. As duas obras foram lançadas pela Cepe Editora e incluídas na seleção de melhores livros do ano, da Tribuna de Santos. Já Acauam Oliveira é formado em Letras, mestre em Teoria Literária e Literatura Comparada e doutor em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo (USP). É professor no Mestrado Profissional em Letras da Universidade de Pernambuco (UPE).

RECIFE RECEBERÁ MISSA DO VAQUEIRO DE SERRITA


Em homenagem aos 30 anos de morte de Luiz Gonzaga e do padre João Câncio, a Missa do Vaqueiro de Serrita também será celebrada no Recife. A cerimônia religiosa está marcada para o dia 16 de junho, às 16h, no vão livre do Cais, e integra uma série de ações do Governo do Estado de Pernambuco. 

O projeto, batizado de Tengo Lengo Tengo, será realizado através da Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur), da Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) e do Centro Cultural Cais do Sertão. Além da tradicional missa, a programação engloba o lançamento da biografia de Câncio e uma exposição.

A mostra “Tengo Lengo Tengo” poderá ser visitada na Sala São Francisco, no Cais do Sertão, de 13 de junho a 27 de agosto. Com fotografias, projeções de vídeos e outras peças, a proposta é contar a história da Missa do Vaqueiro e reproduzir o cenário de força e magia que envolve o evento. 

Durante o período em que a exposição estiver em cartaz, serão promovidas diferentes atividades. Na abertura, também será lançado o livro do jornalista Vandeck Santiago, que conta a trajetória do padre João Câncio dos Santos. Apresentações culturais, leituras dramáticas e mesas-redondas completam a programação. Fonte: Folha de Pernambuco.

SIVALDO ALBINO CONVIDA POPULAÇÃO PARA AUDIÊNCIA PÚBLICA QUE DISCUTIRÁ DUPLICAÇÃO DA BR-423

Deputado Sivaldo Albino

Deputado estadual que representa o agreste meridional e principalmente Garanhuns, Sivaldo Albino, líder do PSB na assembleia legislativa de Pernambuco (ALEPE), convida aos que poderem participar de audiência pública que discutirá a duplicação da BR-423.

A referida BR é uma das mais movimentadas e importantes estradas que adentram o estado de Pernambuco e cortam os municípios de Águas Belas, Iati, Saloá, Paranatama, Garanhuns, Jupi, Lajedo, Cachoeirinha e São Caetano, sendo uma das principais vias de escoamentos de produtos do estado que se interliga com a BR-232 em São Caetano.

A Audiência Pública será realizada no próximo dia 17 de junho de 2019, às 10 horas da manhã, no Auditório Sérgio Guerra, da ALEPE, para debater este tema que é de interesse de toda a nossa região.

O evento contará com as presenças já confirmadas da secretária estadual de infraestrutura, Fernandha Batista, do superintendente regional do DNIT, Cacildo de Medeiros Brito Cavalcante e do diretor-presidente do DER/PE, Bruno Azevedo Cabral, que são as autoridades diretamente responsáveis por esta obra que tem início previsto para 2020, além de vários parlamentares estaduais.

Sivaldo foi autor da Proposição que criou a mencionada audiência, considerando importante a presença de empresários, profissionais liberais, representantes de organizações da sociedade civil, autoridades (dos três Poderes), e sobretudo do povo da região do agreste meridional, para fortalecimento da luta em favor deste grande sonho de todos os Agrestinos.

O parlamentar que está no seu primeiro mandato, vem implementando agendas positivas e ampliando sua área de atuação por todo o agreste meridional. Com informações da assessoria do deputado Sivaldo Albino.

terça-feira, 4 de junho de 2019

COMO SERÁ O PENTE-FINO NOS BENEFÍCIOS DO INSS


O Senado aprovou, ontem, a Medida Provisória 871, que prevê pente-fino nos benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Entretanto, mesmo que seja sancionada pelo presidente, a revisão dos benefícios ainda depende de recursos que só serão liberados com alteração no Orçamento. Essa previsão orçamentária depende ainda de aprovação do Congresso.

O governo trabalha em duas frentes para combater as fraudes nos pagamentos dos benefícios: uma analisa nos benefícios que tenham indícios de irregularidade, como pensão por morte e auxílio-reclusão, e outra revisão benefícios por incapacidade que não passam por perícia há mais de 6 meses, como auxílio-doença e aposentadoria por invalidez.

Além disso, a MP 871 estabelece novas regras nas concessões de alguns benefícios como aposentadoria rural, auxílio-reclusão e salário-maternidade. Nesse caso, as mudanças não dependem de verba extra e já valem a partir da sanção do presidente.

Como será o pente-fino

As análises dos benefícios serão feitas dentro de dois programas criados pela MP.

1) Programa Especial para Análise de Benefícios

O Programa Especial para Análise de Benefícios com Indícios de Irregularidade terá o Grupo de Trabalho para Acompanhamento e Avaliação, que fará o levantamento de benefícios irregulares e determinar a prioridade nas análises.

O objetivo é analisar, até o fim de 2020, suspeitas de irregularidades, além de gastos desnecessários e indevidos na concessão de benefícios. O programa poderá ser prorrogado até 2022.

Entre outros pontos, o Programa Especial considera como irregularidade:

Acúmulo de benefícios, desde que indicado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e pela Controladoria-Geral da União (CGU);
Pagamento indevido de benefício identificado pelo TCU e pela CGU;
Processo  identificados pela Força-Tarefa Previdenciária, composta pelo Ministério Público Federal (MPF), pela Polícia Federal (PF) e pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia;
Suspeita de óbito do beneficiário;
Benefício de Prestação Continuada (BPC) pago com indícios de irregularidade, desde que identificados em auditorias do TCU e da CGU;
Processos identificados como irregulares pelo INSS, devidamente motivados;
Benefícios pagos em valores superiores ao teto previdenciário adotado pelo Regime Geral de Previdência Social.

2) Programa de Revisão de Benefícios por Incapacidade

Haverá ainda o Programa de Revisão de Benefícios por Incapacidade, que também tem duração até o fim de 2020, podendo ser prorrogado até 2022.

O foco do programa são os benefícios por incapacidade pagos sem realização de perícia há mais de 6 meses.

No governo Temer, foi feita fiscalização no auxílio-doença e na aposentadoria por invalidez. Em dois anos, o pente-fino cancelou 80% dos benefícios de auxílio doença revisados e 30% das aposentadorias por invalidez.

O Programa de Revisão considera como irregularidade:

Benefícios por incapacidade mantidos sem perícia pelo INSS por período superior a seis meses e que não tenham data prevista de encerramento ou indicação de reabilitação profissional;
Outros benefícios de natureza previdenciária, assistencial, trabalhista ou tributária.
Quem fará o pente fino

Em abril, o Ministério da Economia informou que, ao todo, 11.038 analistas e técnicos do INSS se inscreveram para fazer a análise de benefícios. Eles receberão o bônus de desempenho de R$ 57,50 por processo concluído dentro do Programa Especial. Os treinamentos já estão acontecendo de forma presencial em etapas regionalizadas nas cinco regionais do INSS no país.

Haverá ainda peritos trabalhando, que terão bônus de desempenho no valor de R$ 61,72 por perícia extraordinária realizada em benefícios por incapacidade.

Com informações do Portal G1

ADUTORA DO AGRESTE - RETOMADA OBRA ENTRE OS MUNICÍPIOS DE PEDRA E IATI


A obra da Adutora do Agreste ganhou um novo ritmo no trecho às margens das PE 270 e 300, além da BR-423, entre os municípios de Pedra e Iati, ambos no Agreste. A meta agora é tocar o empreendimento com agilidade, uma vez que a obra foi paralisada, no final de 2017, em virtude do encerramento do contrato vigente e da necessidade de ser realizado novo processo licitatório, além da indisponibilidade financeira de recursos por parte do Ministério do Desenvolvimento Regional. As máquinas e o assentamento das tubulações estão a todo vapor, conforme orientação do governador Paulo Câmara, para que a água proveniente dos poços de Tupanatinga cheguem aos 215 mil moradores dos municípios de Venturosa, Pedra, Buíque, Tupanatinga, Itaíba, Águas Belas e Iati.

Esse ramal da Adutora do Agreste, iniciado em junho de 2013, recebe investimento de R$ 42 milhões, recursos previstos no convênio celebrado entre o Ministério de Desenvolvimento Regional, órgão do Governo Federal e do Governo do Estado. No projeto original, essas cidades seriam beneficiadas com as águas do Rio São Francisco a partir do Ramal do Agreste, obra do governo federal que ainda não tem prazo para conclusão. "Para antecipar o uso das tubulações da Adutora do Agreste, a Compesa, por sugestão do governador, encontrou uma solução técnica para levar água para aquelas populações. Enquanto a água do Velho Chico não chega pelo Ramal do Agreste, a Compesa vai perfurar mais 16 poços em Tupanatinga, que somados aos quatro já existentes, vão produzir 200 litros de água por segundo", explica o diretor Técnico e de Engenharia da Compesa, Rômulo Aurélio Souza. A previsão para finalizar esse trecho da Adutora do Agreste é de 12 meses, e os poços de Tupanatinga até abril de 2020.

Nesse trecho da Adutora do Agreste, serão assentados 38,4 quilômetros de tubulações, com diâmetros que variam entre 200 e 700 milímetros. Será construída uma Estação Elevatória, três reservatórios e três torres piezométricas, que são dispositivos de controle operacional das adutoras. A obra da Adutora do Agreste é o maior projeto hídrico em execução no Brasil, que vai integrar 68 municípios pernambucanos com o Rio São Francisco, além de mais de 70 distritos e localidades da região, beneficiando mais de 2 milhões de pessoas. A parte que está sendo executada é a primeira etapa e vai contemplar 23 cidades. No total, serão assentados 772 quilômetros, dos quais 550 quilômetros já foram assentados, perfazendo 67% da obra concluída. O valor do investimento da primeira etapa é de R$ 1,39 bilhão.

Segundo o diretor Rômulo Aurélio Souza, a segunda etapa da Adutora do Agreste ainda não foi conveniada e prevê o atendimento de mais 45 cidades. Para esta etapa, estima-se um investimento de R$ 1,8 bilhão, quando serão construídos 724 quilômetros de adutoras. "Apesar dos projetos técnicos estarem prontos, ainda não conseguimos formalizar o convênio que viabilizará a obra que será a redenção do Agreste, onde há períodos de seca extrema", comenta o diretor Técnico e de Engenharia da Compesa. Ele adianta que essa etapa é um compromisso pactuado, em 2005, com o Governo Federal para Pernambuco apoiar a Transposição do Rio São Francisco.

CONCURSO PREFEITURA DE RIO LARGO - AL - EDITAL COM 253 VAGAS


No estado de Alagoas, a Prefeitura de Rio Largo anunciou um novo edital n° 01/2019 de concurso público para contratação de 253 profissionais, em cargos de níveis fundamental, médio e superior.

Com validade de dois anos, o concurso Prefeitura de Rio Largo - AL oferece remuneração que varia de um salário mínimo a R$ 2.975,83 e a carga horária varia de 20 a 40 horas semanais.

O concurso que será executado pelo Instituto de Administração e Tecnologia (ADM&TEC) oferece vagas para os seguintes cargos:

Nível Fundamental: Ajudante de Pedreiro, Coveiro, Jardineiro, Pedreiro e Vigia.

Nível Médio: Agente de Combate às Endemias, Agente de Trânsito, Assistente Administrativo, Auxiliar de Enfermagem, Auxiliar de Serviços Gerais, Eletricista, Fiscal Ambiental, Motorista, Professor de Educação Infantil, Professor de Jovens e Adultos, Professor do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental e Agente Comunitário de Saúde.

Nível Superior: Analista de Sistemas, Arquiteto, Assistente Social, Biólogo, Contador, Controlador Interno, Enfermeiro, Engenheiro Agrônomo, Engenheiro Ambiental e Sanitarista, Engenheiro Civil, Engenheiro Químico, Fiscal de Obras I, Fiscal de Tributos I, Fisioterapeuta, Geólogo, Médico, Nutricionista, Odontólogo, Pedagogo, Professor do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental - nas áreas de Artes, Ciências, Educação Física, Geografia, Professor de História, Inglês, Língua Portuguesa, Matemática, Psicólogo, Psiquiatra e Veterinário.

As inscrições serão aceitas até o dia 16 de julho de 2019, exclusivamente através do link de acesso instalado na página eletrônica da prefeitura de Rio Largo (www.riolargo.al.gov.br) ou diretamente no site do ADM&TEC (www.admtec.org.br). A taxa varia de R$ 80,00 a R$ 120,00, de acordo com a escolaridade.

MPPE LANÇA DISQUE-DENÚNCIA CONTRA O CRIME ORGANIZADO


O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), criou um novo mecanismo para receber denúncias acerca de crime organizado. Agora, a população poderá denunciar casos por meio da troca de mensagens no aplicativo WhatsApp e também realizar ligações para o número: (81) 99284-0063. A identidade do denunciante será preservada. Pelo WhatsApp também são aceitos textos, fotos, áudios e vídeos que possam comprovar as informações repassadas.

"Estamos determinados a reforçar e incrementar a nossa contribuição para a defesa do cidadão e da vida, valores maiores de uma política de segurança pública, além da natural manutenção de um combate firme à corrupção em todos os municípios pernambucanos. Com esse número, estamos disponibilizando um canal mais rápido de comunicação com a sociedade, que ganha uma maneira mais prática para encaminhar eventuais denúncias”, destaca o procurador-geral de Justiça do MPPE, Francisco Dirceu Barros.

Para o promotor de Justiça e coordenador do Gaeco, Frederico Magalhães, a colaboração do cidadão é fundamental para o desenvolvimento dos trabalhos de investigação. “Temos obtido muito sucesso em investigações iniciadas a partir de denúncias”, observa o procurador, lembrando que a riqueza de informações encaminhadas pela população é muito importante. “Quanto mais detalhes nos forem passados, mais chances temos de fazer o combate eficaz contra o crime organizado”, enfatiza.

Com o novo canal, os promotores de Justiça do Gaeco recebem informações da população e elas são triadas e podem ser investigadas, caso haja indícios de crimes cometidos. “Com esse serviço vamos aproximar e fazer uma ponte entre o MPPE e o cidadão. Esperamos que as denúncias possam facilitar as investigações como um todo. Agora elas precisam ser fundamentadas e não podem ser usadas como instrumentos de vingança pessoal, perseguição política ou coisa do gênero. No Gaeco temos  pessoas especializadas em identificar quem quer denunciar algo sério ou apenas incriminar desafeto ou adversário”, asseverou Magalhães.

“Dessa forma, além da possibilidade de municiar o órgão ministerial com documentos e informações, os cidadãos poderão participar ativamente da luta contra a corrupção, exercendo o controle social”, concluiu.

segunda-feira, 3 de junho de 2019

O PUFF VERMELHO

O puff
Imagem/
https://www.mobly.com.br/
Por Clovis de Barros Filho*

São Paulo - Eu tinha me aposentado há poucos meses. Juntara todo dinheiro recebido do Fundo de Garantia e da Previdência privada numa poupança que se não era grande dava para viver minha vida fora do trabalho dignamente. Sempre tivera como sonho adquirir uma chácara próxima à cidade. A vida no campo sempre fora um sonho. E foi o que comecei a fazer. Procurei em diversas cidades sempre mais ou menos próxima à capital um pequeno refúgio no campo. Fiz uma enorme peregrinação por inúmeras imobiliárias. Minha mulher e eu encontramos lugares maravilhosos mais que por um motivo ou outro foram sendo descartados. Ora era o preço salgado, ora era a distância da capital que inviabilizava o negócio. Quando já estava quase desistindo de procura o meu Shangrilá, eis que surge uma ótima oportunidade numa região serrana com elevada cobertura vegetal, água em abundância, muitos animais e pássaros. Enfim, um lugar muito bonito. A Casa era velha mais bem conservada. Tinha três quartos, dois banheiros e uma ampla cozinha além de ser toda avarandada. Como toda boa chácara tinha piscina, pomar e uma bela área gourmet cercada por lindas palmeiras imperiais. Toda propriedade não media mais que dois mil metros quadrados, do tamanho que tínhamos planejado. A família dona da propriedade já não morava mais no local. Eles eram um casal de velhos de classe média que resolveram se mudar para a cidade. Depois de breve negociação, fechamos o negócio com a imobiliária. No dia da assinatura da escritura foi uma das poucas vezes que vi os proprietários. Para minha surpresa e alegria o negócio incluía toda a mobília e pertences da casa. Tudo sem exceção. Incluindo desde camas, sofás, freezers, geladeiras, vidrarias, eletrônicos, móveis, equipamentos de jardinagem absolutamente tudo que encontramos numa casa mobiliada. Todo esse material era usado mais tudo estava em perfeita ordem, em excelente estado.

No dia da assinatura da escritura ao conversar brevemente com a senhora mulher do proprietário me revelou que o que ele mais gostava e tinha tristeza em deixar para trás era um velho puff onde costumava sentar para assistir suas novelas. Estranhei tal predileção por algo com tão pouco valor. Falei para ela voltar lá e levar o velho puff consigo. Ela falou que não e pediu-me que só precisava conservá-lo. Prometi sem grandes convicções. O tempo foi passando. No começo meus filhos e minha mulher sempre que podíamos passávamos os finais de semana na chácara. A coisa foi caindo na rotina e acabou que eu era que ia quase todos os sábados e domingos curtir aquele paraíso, sozinho. Ficava às vezes o dia inteiro, fazendo algumas tarefas de manutenção com um rapaz que cuidava do jardim. À tarde deitava num dos velhos e confortáveis sofás e tirava uma boa soneca. Quando acordava horas depois ficava no silêncio da casa observando o ambiente, e pensando quão felizes havia sido aquela família naquela casa. Olhava cada detalhe. O velho som, os quadros os detalhes das portas de madeira e bem na minha frente o velho puff da antiga proprietária. Por que será que aquela senhora era tão apegada aquele puff? Deveria ter algo de muito importante nele para tamanha preocupação e cuidado com um móvel já velho e desgastado com sua cobertura aveludada de cor vermelha já desbotada. 

Passaram-se vários finais de semana. Num deles minha mulher sugeriu fazer a troca de alguns móveis antigos por outro novos. Fizemos a separação do que seria doado e daqueles que ficariam ainda conosco. E nessa escolha o primeiro que foi escolhido foi o velho puff da antiga proprietária. Tentei argumentar com minha mulher do pedido da senhora antiga dona mais não teve jeito. No meio da semana seguinte todo material separado e doado foi levado por um senhor que vendia a preço de bananas para uma casa especializada em vendas de móveis usados. Na entrega fiz questão de levar o puff até o carro que transportaria os móveis. Até aquela data não tinha percebido quão pesado era o pequeno móvel. O homem agradeceu e foi embora. No total foram quase quatro  anos que fiquei com a chácara por puro desinteresse familiar e apesar da beleza do lugar vendi em seguida do mesmo jeito que comprei com tudo que tinha dentro. Passado algum tempo acredito que uns dois anos da venda estava passeando numa estância de  águas minerais no interior quando vi algumas senhoras ao redor de uma fonte de água. Perguntei para minha mulher se uma senhora do grupo não era parecida com a ex-proprietária da chácara que compramos anos atrás. Minha mulher falou que não só era parecida, como tinha certeza que era a própria. Me aproximei do grupo e me dirigi a ela. Para minha surpresa, ela me reconheceu de pronto. Perguntei pelo seu marido. Ela disse que o mesmo estava enfermo e internado numa clinica de repouso. Perguntou se ainda estava com a chácara. Eu disse que tinha vendido. Ela então perguntou: mais o senhor não vendeu o meu puff? Eu fiquei meio sem graça mais falei que o tinha doado para uma instituição de caridade. Nesse momento  o motorista do ônibus que estava com o grupo chamou todos para o embarque. Ali acabou a nossa conversa. Porém, ao se dirigir ao ônibus ela olhou para trás e me disse: a sorte não bate duas vezes no mesmo lugar. Ficamos meio confusos e curiosos com a frase dita pela velha. 

A partir daquele dia comecei a pensar nas palavras da velha senhora. Será que ela está esclerosada? Será que ela tinha algum fetiche com aquele móvel? Ou será que ela guardava nele algum segredo que não queria revelar  para outras pessoas? Bem, diante de tamanha dúvida e curiosidade resolvi tentar  descobrir onde tinha ido parar aquele misterioso puff. Mais de três anos tinham se passados desde que fizera a doação. A primeira coisa que fiz foi localizar o senhor para o qual tinha doado o móvel. Não foi difícil encontra-lo. Continuava com a mesma lojinha de sempre. Quando me viu lembrou-se imediatamente. Perguntei a ele se ainda lembrava-se dos móveis doados. Ele falou que sim. Perguntei pelo puff. Ele falou que tinha vendido para um senhor que vendia peças antigas, mais já fazia muito tempo. Nem discuti com ele a razão do meu interesse pela peça. No mesmo dia fui ao antiquário vendedor de móveis velhos. Disfarcei claro, o objetivo que me levava à sua loja. Perguntei inicialmente se ele tinha algum objeto como um centro para uma sala. Ele me mostrou vários. Nenhum claro era o velho puff. Perguntei então por pequenos sofás e puffs. Ele falou que tinha alguns empilhados em um canto de uma velha sala. Fui lá revirei todos mais nenhum deles era aquele que procurava. Foi então que ele me falou que tinha alguns mais velhos e que estavam para serem sucatados debaixo de uma cobertura sem nenhuma proteção contra intempéries. Ele me deixou ir lá ver se me agradava de algum. 

Virei e revirei o entulho deteriorado e numa dessas reviradas lá estava ele o velho puff todo amarfanhado com a cobertura deteriorada e com as pernas de madeira em péssimo estado. Peguei o puff e levei até o senhor proprietário. Ele se surpreendeu com a minha escolha mais o convenci que gostava de fazer restauro de peças antigas e que aquela era perfeita para meu trabalho. O preço foi irrisório. Entre curioso e feliz parti com o velho puff para casa. puff continuava apesar de estar bem deteriorado, com tudo original. Parece que ficara ali desde quando tinha feito a doação. Já em casa pensei imediatamente em mandar o móvel para restauro em algum tapeceiro Mais me lembrei das palavras da sua antiga proprietária: a sorte não bate à sua porta duas vezes. Fiquei observando por muito tempo o puff. Sua almofada era bastante volumosa e seu peso fora dos padrões. Era bem pesado. Levantei a peça. Por baixo era forrado por um tecido bem forte certamente para evitar a entrada de algum inseto. Apesar de forte o tecido já apresentava partes deterioradas pelo tempo. Não me contive mais e comecei a rasgar o que restava do forro. Para minha surpresa, havia uma caixa de papelão parecendo de sapatos entre o estofado, um suporte de compensado e o velho forro. Após forçar um pouco o suporte de compensado consegui retirar a caixa para fora. A esta altura meu coração dava pulos e minha curiosidade era enorme. Peguei a caixa nas mãos. Era bem pesada. Abri e o que tinha dentro por pouco não me fez cair de costas. Alinhados na vertical havia dez pacotes de notas de 50 e 100 dólares no total de 30,000 dólares americanos. Fiquei entre perplexo e estarrecido. Chamei a minha mulher e ela também não acreditou no que via. Depois de passado a surpresa, veio a dúvida de o que fazer com a dinheirama. Nos meses que se passaram tentei localizar a senhora dona do puff mais tudo em vão. Ninguém sabia me informar seu paradeiro ou o do seu marido. Depois disso fiz algumas doações, mais seguindo o conselho da antiga proprietária tratei de usar o dinheiro da melhor forma possível.

*Clovis de Barros filho nasceu na Serra da Prata (Iatecá), - PE. Estudou no Colégio Diocesano de Garanhuns do Admissão ao Científico onde concluiu em 1968. Reside em São Paulo desde 1970. É Licenciado e Bacharel em Química Industrial pela Universidade de Guarulhos e Químico Industrial Superior pelas faculdades Osvaldo Cruz/SP.

CONCURSO UNIVASF 2019

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF) realiza concurso público para o preenchimento de 38 vagas, para cargos da carreira de técnico-administrativos em educação. O concurso UNIVASF 2019 é regido pelo edital 12/2019 e organizado pelo IDECAN.

São oferecidas oportunidades para pessoal de escolaridade de níveis superior, médio e técnico.

A jornada de trabalho será de 40 horas semanais e vencimento básico varia entre R$ 2.446,96 para os cargos de níveis médio e técnico e R$ 4.180,66 para os cargos de nível superior.

Inscrições

As inscrições serão realizadas exclusivamente pelo site do IDECAN (www.idecan.org.br), das 14h do dia 04 de junho às 23h59min do dia 07 de julho de 2019, horários de Brasília. As taxas de inscrição são de R$ 100,00 para os cargos de nível superior e R$ 70,00 para os cargos de níveis médio e técnico.

Fonte: Concursos no Brasil

Apoio Cultural - JP Contábil  & Filhos

COLÉGIO SANTA SOFIA DO MEU TEMPO - CREUZA SANTANA BORGES

Creuza Santana Borges
Garanhuns - "TE DEUM LAUDAMOS! ALELUIA! - Sejam estas as minhas primeiras palavras, altisonante hino de louvor, Àquele Deus que é caridade e que vem repartindo conosco, tão profundamente, as bençãos de seu Amor. Foi com indisível satisfação que atendi ao pedido da minha cara sobrinha Edjenalva Amaral, para falar um pouco do nosso inesquecível Santa Sofia, como diz o seu hino, feito pelo Revmo. Padre Godói "Ele eleva os nossos corações". Lá, fiz o meu exame de admissão em 1937 e cursei o 1º ano de Ginásio. Nessa época, era Madre Verônica a Superiora com seu porte altivo e impressionante. Madre Leopoldina como vice, pessoa serena e bondosa. Como mestras, tive: madre Flora, Georgina, Gertrudes, e Berta. Outras freiras da época foram Joana e Virgina.

Tínhamos como capelão Padre Alípio que nos acolhia afetuosamente. No ano seguinte, por motivo de força maior, não voltei para continuar o curso. Passados oito anos, a mão de Deus me conduziu ao Ponto de Uchôa, Casa Mãe, para assistir a uma vestição de uma conterrânea amiga. Para minha surpresa fui convidada a terminar o curso no mesmo educandário. Não exitei, e cursei lá o segundo ano de Ginásio. No final deste pedi a minha transferência para Garanhuns aonde tive e felicidade de concluir o curso de professora e contabilidade, mas nessa volta, não encontrei mais as mesmas freiras.

O colégio estava sendo dirigido por Madre Alexandrina vinda da Bélgica, pessoa altamente superior às coisas banais e corriqueiras que ocorrem no dia da nossa vida. Madre Madalena como vice, pessoa de educação esmerada. Como economista Madre Clotilde, amiga fiel. As professoras Madre Emília, Joaquina, Priscila, grande orientadora e amiga. Madre Sofia. A grande Almira de saudosa memória, professora de desenho, Arlinda sua irmã mestra e amiga. Prof. Carlos, Dr. Mário Matos, Bezerra, Lustosa e o responsável Monsenhor Anchieta Callou, professor de psicologia. Na secretaria trabalhava Madre Emília com a sua ajudante, a extraordinária maria Olívia. Outras freiras que marcaram muito na minha vida: Madre Josefa e a irmã Andréa, santas criaturas. Não posso deixar de mencionar o nosso Capelão Padre Edgar, hoje bispo de Irecê que ajudado por Deus trabalhou na minha alma para imprimir a serenidade a uma humilde dirigente da Ação Católica. Finalmente, foi naquele educandário Cristão que recebi de todos muito amor, carinho, como também uma formação sólida e religiosa que trago comigo até os dias atuais. Aprendi  a vencer os obstáculos que atravesso no meu caminho e removê-los com dignidade. Louvo e agradeço ao Todo Poderoso tamanha benção por ter tido a felicidade de aprender a viver a fé, compreender a própria realidade e buscar a verdade do próprio realidade e buscar a verdade do próprio fim. Ao Santa Sofia a minha eterna gratidão.

Creuza santana Borges (Texto de 12/09/1992) - Ex-professora do Colégio Santa Sofia e outros de nossa cidade.

Apoio Cultural - JR Escritório de Contabilidade