sábado, 6 de julho de 2019

FPM - MUNICÍPIOS RECEBEM REPASSE EXTRA DE 1% NA PRÓXIMA TERÇA (9)


Os cofres municipais recebem na próxima semana repasse extra de 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O montante vai ser creditado no dia 9 de julho e soma um total de R$ 4,33 bilhões a ser dividido entre os 5.568 Municípios.

Constante no texto da Emenda Constitucional 84/2014, o repasse extra de 1% do FPM representa 6,96%, comparado ao mesmo período do ano anterior. Já quando comparado ao valor estimado pela CNM, que era de R$ 4,47 bilhões, o montante foi 3,09% menor.

A CNM ressalta, ainda, que de acordo com a redação da Emenda Constituucional, ao 1% adicional do FPM não incide retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Por outro lado, a entidade reforça que o repasse trata-se de uma transferência constitucional e por isso devem ser aplicados em Manutenção e Desenvolvimento de Ensino (MDE).

Da Agência CNM de Notícias


sexta-feira, 5 de julho de 2019

OUVIDORIA EM AÇÃO CHEGA AO AGRESTE PERNAMBUCANO


Com o objetivo de expandir as atividades e ampliar o diálogo junto aos cidadãos, a Ouvidoria-Geral do Estado, vinculada à Secretaria da Controladoria-Geral do Estado (OGE/SCGE), vai realizar neste mês de julho uma série de iniciativas no interior pernambucano. Nesta edição, o Ouvidoria em Ação promoverá palestras e registros de manifestações nos municípios de Garanhuns e São Bento do Una, ambos na região Agreste, nos dias 19 e 25, respectivamente. Os participantes dos encontros terão a oportunidade de conhecer mais sobre o papel das ouvidorias, que já somam 62 unidades compondo a rede estadual.

“A participação da sociedade na governança pública é fundamental para a melhoria dos serviços prestados pela administração. Estar junto da população, tanto da capital quanto do interior, ouvindo e registrando suas necessidades é, inclusive, recomendação do próprio governador Paulo Câmara. Isso por si só já demonstra a relevância da realização desses encontros”, ressalta a secretária da SCGE e ouvidora-geral do Estado, Érika Lacet.

Além de aproximar ainda mais o cidadão do Poder Executivo Estadual, por meio da ouvidoria ativa e do fomento ao controle social, a inciativa visa estimular a implantação de ouvidorias, principalmente nas prefeituras – em atendimento ao inciso VII do art. 13 da Lei Estadual nº 16.420/2018 –, garantindo o exercício do direito à cidadania em todas as esferas do governo.

O papel da Ouvidoria-Geral do Estado, cidadania, controle social, transparência pública e boas práticas em ouvidoria serão os temas abordados nas palestras e mesas de debates programadas. As experiências exitosas de ouvidorias municipais também farão parte da discussão. Em Garanhuns, o Ouvidoria em Ação acontecerá durante o 29º Festival de Inverno da cidade, das 8h às 17h30, no auditório do Serviço Social do Comércio (SESC). Já em São Bento do Una, a iniciativa será realizada das 8h às 16h30, na Escola Municipal Cônego João Rodrigues de Melo.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas nos sites da SCGE (www.scge.pe.gov.br), da Associação Municipalista de Pernambuco (www.amupe.org); da Associação Brasileira de Ouvidores (www.abopernambuco.org.br) ou diretamente nos links abaixo. As vagas são limitadas. A programação é aberta para ouvidores, gestores públicos e todas as pessoas interessadas na temática.

MANIFESTAÇÃO – Paralelo à programação de palestras e debates, o Ouvidoria em Ação fará a escuta ativa da população em parceria com a Ouvidoria da Secretaria de Defesa Social (SDS), que estará com uma estrutura móvel em Garanhuns, no período de 18 a 21, e em São Bento do Una, dias 24 e 25. O município de Lajedo, ainda no agreste pernambucano, também será contemplado com essa iniciativa, nos dias 22 e 23.

PARCERIAS – Para a realização do Ouvidoria em Ação no interior pernambucano, é fundamental o apoio dos parceiros da Escola de Controle Interno (ECI/SCGE), Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), AMUPE, União Europeia, ABO/PE, Casa Civil, SESC, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), Prefeitura de São Bento do Una, Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Assembleia Legislativa de Pernambuco (ALEPE), Tribunal de Contas do Estado (TCE), Ouvidoria-Geral da União (OGU) e ouvidorias municipais.

CONTATOS – Independente das ações presenciais, o registro de manifestação de ouvidoria pode ser feito a qualquer tempo, basta o cidadão escolher entre os seguintes canais de comunicação disponíveis: site da OGE (www.ouvidoria.pe.gov.br); telefone (162 – ligação gratuita, inclusive de celular) ou e-mail (ouvidoria@ouvidoria.pe.gov.br).


INSCRIÇÕES SÃO BENTO DO UNA - https://doity.com.br/ouvidoria-acao-saobento

Juliana Fraga
Assessora de Comunicação

FIG 2019 - PROGRAMAÇÃO PALCO POP



Terça, 23

17h - Banda Primeiro Andar (PE)
18h - Cassio Oli (PE)
19h - Cacá Machado (SP)
20h20 - Jards Macalé (RJ)

Quarta, 24

17h - Tatupeba (PE)
18h - Rapadura(CE)
19h - Diomedes Chinaski (PE)
20h20 - The Baggios (SE)

Quinta, 25

17h - Blues for Us
18h - André Macambira
19h - Igor De Carvalho (PE)
20h20 - Eddie (PE)

Sexta, 26

17h - Banda Uscafuçu (PE)
18h - Abacaxepa (SP)
19h - Jr Black   - Show especial em homenagem a Noriel Vilela. Part. de Juliano Holanda/ Lara Klaus/ Rogê Victor/ Henrique Albino/ Lucas Dos Prazeres/ Isaar França/ Gabi Da Pele/ Alberto/ Anabelle Yolle 
20h - MV Bill (RJ)

Sábado, 27

17h - Milena Braz e Banda
18h - Mulamba (PR)
19h - Ave Sangria (PE)
20h20 - Francisco El Hombre (SP)

GILBERTO & BANDA ANIMA SESC NIGHT NESTA SEXTA (5/7)

Nesta sexta-feira (5/7), Gilberto & Banda será a atração do Sesc Night em Garanhuns. O grupo irá fazer o público dançar ao som dos mais variados estilos musicais. A festa acontece no Salão de Eventos Jaime Pincho, do Sesc, a partir das 21h, com valor de entrada especial para comerciários.

Durante a noite, além de aproveitar a programação musical, o público poderá degustar petiscos e bebidas a preços acessíveis. “O Sesc Night é uma festa dançante, feita para todos os públicos”, indica o instrutor de Recreação do Sesc Garanhuns, Marcos Gonçalves.

Os ingressos podem ser adquiridos no Ponto de Atendimento do Sesc, no dia da festa, ao custo de R$ 16. Trabalhadores do comércio de bens, serviços turismo e seus dependentes têm direito à meia-entrada e pagam apenas R$ 8. Menores de 18 anos devem ir acompanhados por algum responsável. O Sesc Garanhuns fica na Rua Manoel Clemente, 136, no Centro da cidade.

SISTEMA DE POÇOS DE TUPANATINGA LEVARÁ SEGURANÇA HÍDRICA PARA MUNICÍPIOS DO AGRESTE


Depois das Adutoras do Pirangi e Moxotó entrarem em operação e as obras para construção dos Sistemas Adutor de Serro Azul e do Alto Capibaribe estarem em andamento, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) inicia os serviços para implantação do Sistema Produtor dos Poços de Tupanatinga. Esta é a última obra estruturadora pensada pelo Governo do Estado para dar funcionalidade às tubulações já assentadas da Adutora do Agreste a sair do papel. Os cinco empreendimentos juntos levarão segurança hídrica a 23 municípios da região Agreste que sofrem com ciclos de seca severa e que, se não fosse o esforço do Governo de Pernambuco, ainda estariam sem previsão da chegada da água – já que o Ramal do Agreste, obra já iniciada pelo governo federal, mas sem prazo efetivo de conclusão, é que faria a conexão da Adutora do Agreste ao Canal do Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco.

O novo sistema contará com uma bateria de 20 poços tubulares, dos quais quatro já foram perfurados, para a extração da água a partir do Aquífero Tacaratu, que fica situado na Bacia Sedimentar de Jatobá, no município de Ibimirim, Sertão do Moxotó. A projeção é que, juntos, os poços respondam pela produção de 200 litros de água, por segundo, volume que será destinado para abastecer 215 mil pessoas nas cidades de Venturosa, Pedra, Buíque, Tupanatinga, Itaíba, Águas Belas e Iati, localizadas no Agreste Meridional. A obra está prevista para ser concluída em maio de 2020 e recebe o investimento de R$ 54 milhões, recursos do Ministério da Integração Regional. “Essa obra é importantíssima, representa segurança hídrica para o atendimento dessas sete cidades que sofrem com oferta de água sempre que os mananciais locais secam. Venturosa, Pedra e Buíque, inclusive, têm histórico de colapso do abastecimento nos últimos sete anos”, informa o presidente da Compesa, Roberto Tavares.

Além da perfuração dos poços, a obra ainda contempla a implantação de cerca de 60 quilômetros de adutoras, com diâmetros que variam entre 100 e 500 milímetros, seis estações elevatórias e dois stand-pipes – espécie de reservatório elevado que possibilita transportar a água por gravidade. A adutora terá a função de interligar o Sistema Adutor dos Poços de Tupanatinga à Adutora do Agreste, sendo o ponto de interligação no município de Tupanatinga. “Essa obra é bem peculiar e apresenta algumas dificuldades de execução, pois as unidades que compõem o sistema serão implantadas em lugares ermos, no meio do nada. Por isso, estamos realizando simultaneamente a construção das estradas de acesso”, explica Roberto Tavares. Hoje, a obra está com três frentes de serviços, em Tupanatinga, sendo uma para assentamento das tubulações e duas para construção das estações elevatórias.

quinta-feira, 4 de julho de 2019

PROGRAMAÇÃO DO FIG É ANUNCIADA


Foi divulgada na manhã desta quinta-feira (4) a programação do 29º Festival de Inverno de Garanhuns (FIG). O evento é coordenado pela Secretaria de Cultura e pela Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco - FUNDARPE, além de contar com o apoio da Cepe Editora, Sesc e Sebrae, e parceria com a Prefeitura de Garanhuns. 

O evento que terá mais de 20 polos distribuídos pela cidade terá um investimento da ordem de R$ 8,5 milhões. A festividade terá como homenageado este ano o paraibano Jackson do Pandeiro, que tem o centenário de nascimento celebrado este ano. 


Também estarão envolvidos no FIG órgãos estaduais, como as Secretarias de Defesa Social, Saúde, Educação e Desenvolvimento Social, Criança e Juventude; Política de Prevenção às Drogas, Turismo, Mulher, Desenvolvimento Urbano e Habitação, Infraestrutura e Recursos Hídricos; Meio Ambiente e Sustentabilidade, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, DER, Detran, Polícia Cientifica e o Conservatório Pernambucano de Música.

O empresário e figura pública Givaldo Calado de Freitas esteve presente na coletiva de imprensa, que este ano foi no Centro de Artesanato de Pernambuco.  “O FIG é considerado o maior Festival Multicultural da América Latina e movimenta de forma democrática a economia da nossa cidade, além de promover a cultura em suas mais variadas manifestações. No entanto, defendo que o FIG precisa ser distendido para ser melhor aproveitado pelo turista que aqui aporta”, comentou Givaldo. 

O FIG promove shows, concertos, espetáculos, exposições, cursos, seminários, além de outras manifestações artísticas. Na música o festival traz nomes como Alcione, Elba Ramalho, Lenine, João Bosco, Roberta Miranda, Fafá de Belém, Eddie, Tony Garrido, Zélia Duncan, Céu, Otto, Jards Macalé, Ave Sangria, entre outros.

Ezandra Ribeiro
Jornalista
Assessora de Comunicação 
Fotos: Amanda Maciel

FIG 2019 - PROGRAMAÇÃO DO PALCO MESTRE DOMINGUINHOS


Sexta, 19

20h - Golden Hits
21h - Hoje a Noite é a Maior - Homenagem a Biu Roque, com Alessandra Leão, Siba, a Fuloresta do Samba, Caçapa, Renata Rosa e Juliano Holanda
23h - Elba Ramalho - O Ouro do Pó da Estrada
0h30 - Show em homenagem à Jackson do Pandeiro, com Silvério Pessoa, Geraldo Maia, Lucinha Guerra, Lady Laay, Mari Periférica, Elba Ramalho, Zélia Duncan, Maciel Salu e Luiz Fittipaldo.

Sábado, 20

20h - Amanda Back
21h - Banda de Pau e Corda (PE)
22h - Mariana Aydar (SP)
23h - Zélia Duncan (RJ)

Domingo, 21

20h - Neander
21h - Karina Buhr (PE)
22h - Letrux (RJ)
23h - Céu

Segunda, 22

20h - Kafuringa e Banda
21h - Kitara (PE)
22h - Amigas Do Brega (PE)
23h30 - Priscila Senna (PE)

Terça, 23

20h - Nando Azevedo
21h - Anastácia e Terezinha Do Acordeon (Espetáculo O Amor De Anastácia) - SP/PE
22h - Maciel Melo (PE)
23h30 - Roberta Miranda (PB)

Quarta, 24

20h - Hercinho (PE)
21h - Amaro Freitas (PE)
22h - Otto (PE)
23h30 - Lenine (PE)

Quinta, 25

20h - Celino Melo (PE)
21h - Cláudio Rabeca (Participação de Nicolas Krassik, Rafael Marques, Juliano Holanda e Grupo Bongar)
22h - Tony Garrido (RJ)
23h30 - Fafá De Belém e Guitarradas Do Pará (PA)

Sexta, 26

20h - Belo Xis (PE)
21h30 - Carla Rio (PE)
23h - Gerlane Lops (PE)
0h30 - Alcione (MA)

Sábado, 27

20h - Andrea Amorim
21h - Maciel Salu (PE)
22h - Mundo Livre (PE)
23h - Mariene de Castro (BA)
0h30 - Maria Rita

FIG 2019 - GOVERNO DO ESTADO ANUNCIA AS ATRAÇÕES DO MAIOR FESTIVAL DE CULTURA DO BRASIL


Está lançada a programação cultural mais aguardada de Pernambuco. O Governo do Estado inicia a contagem regressiva para o Festival de Inverno de Garanhuns, maior evento artístico do País, integralmente realizado com recursos governamentais. Coordenado pela Secretaria de Cultura e pela Fundarpe, o FIG 2019 conta ainda com apoio da Cepe Editora, Sesc e Sebrae, e parceria com a Prefeitura de Garanhuns. Confira aqui a programação completa.

De 18 a 27 de julho, o público poderá conferir a programação nos palcos, nas praças, nos parques, nos pavilhões, no teatro, no cinema e na catedral, pelas ruas e em diversos outros espaços da cidade, totalmente lotada de turistas e visitantes que vêm curtir, além do frio, sua programação imperdível. Além das milhares de pessoas que serão aguardadas nos 21 polos montados, o FIG 2019 vai registrar uma enorme audiência em todo o país por meio de transmissões em pelo menos cinco emissoras de TV, uma dezena de emissoras de rádio e inúmeros canais web.

O Governo do Estado não está medindo esforços financeiros, de pessoal, equipamentos e ações para garantir o sucesso da 29ª edição do FIG. Além da Secretaria de Cultura e Fundarpe, mais de uma dezena Secretarias e órgãos estaduais estão envolvidos, como as Secretarias de Defesa Social, Saúde, Educação e Desenvolvimento Social, Criança e Juventude; Política de Prevenção às Drogas, Turismo, Mulher, Desenvolvimento Urbano e Habitação, Infraestrutura e Recursos Hídricos; Meio Ambiente e Sustentabilidade, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, DER, Detran, Polícia Cientifica e o Conservatório Pernambucano de Música.

Essas instituições governamentais estão levando serviços diversos, garantindo ações efetivas em diversas áreas, como segurança, saúde e infraestrutura. São ações voltadas para apoiar a população e os turistas durante os 10 dias do FIG, garantindo que esse, que é considerado o maior festival multiartistico do Brasil tenha sucesso mais uma vez.

Seguindo a tradição, o festival elege um grande homenageado e, em sua 29ª edição, a vez é do paraibano Jackson do Pandeiro, cujo centenário de nascimento é celebrado este ano. A obra de Jackson é uma influência definitiva para a música brasileira, nos mais variados gêneros e estilos. A homenagem a Jackson será uma tônica no FIG, não só com um tributo no Palco Dominguinhos, mas também em espaços como a Praça da Palavra, onde haverá o lançamento do livro Jackson em Quadrinhos, do escritor Fernando Moura, biógrafo de Jackson. A Praça da Palavra, por sua vez, também elege um homenageado, que este ano é o escritor, poeta, cineasta, tropicalista Jomard Muniz de Britto.

A força do FIG está não apenas no entretenimento que promove - shows, concertos, espetáculos, exposições, cursos, seminários e encontros diversos -, mas também no fato de ser uma vitrine do que de mais atual está sendo produzido pelos artistas nacionais, das mais variadas linguagens da arte. Na música, este ano o FIG traz nomes como Alcione, Elba Ramalho, Lenine, João Bosco, Roberta Miranda, Fafá de Belém, Eddie, Tony Garrido, Zélia Duncan, Céu, Otto, Jards Macalé, Ave Sangria, entre outros, espalhados seis polos musicais: Palco Mestre Dominguinho, Palco Pop, Palco Forró, Palco Instrumental, Palco da Cultura Popular, além do Som na Rural e dos projetos Virtuosi na Serra e do Conservatório Pernambucano de Música na Catedral de São Pedro.

Outra linguagem que tem um público cativo durante os 10 dias do festival é artes cênicas. A programação para quem acompanha teatro, dança e circo movimenta a cidade. Logo na abertura, na quinta-feira (18), teremos o espetáculo O Som e A Sílaba, do consagrado diretor Miguel Falabella. A encenação ocorre no Teatro Luís Souto Dourado, local que recebe duas peças por dia a partir da sexta (19).

No polo de circo, uma novidade que deve agradar é a duplicação das sessões durante os fins de semana. Ampliando a única sessão, que antes atraia diariamente duas mil pessoas, a organização pretende atender a demanda de quem não consegue espaço na lona.

“Temos algumas boas novidades no FIG deste ano, como a volta das sessões no cine Eldorado, bem como mais sessões de circo, e a programação especial para infância e famílias que estamos chamando de Figuinho. Estamos promovendo os ajustes e correções necessárias para que o povo possa usufruir de um festival da melhor qualidade, com produção de Pernambuco e fora do estado e padrão nacional de referência, para que a gente leve para Garanhuns o que tem de melhor na cultura, nesses dez dias de evento. Um festival de inverno à altura da cultura pernambucana e da cidade de Garanhuns. E o FIG também trata disso, de formação de plateias. Será minha primeira vez no FIG como organizador e estou muito entusiasmado com o que está proposto”, comenta o secretário de Cultura, Gilberto Freyre Neto.

“O FIG é fruto de um criterioso processo de curadoria, que começa numa convocatória pública e finaliza numa grade de programação que atinge públicos diversos, desde os que querem os artistas mais aclamados, aos que desejam acompanhar a produção mais alternativa da música, das artes cênicas, da dança, do cinema, ou das famílias com crianças, que têm no FIG não apenas uma opção para as férias para os filhos, mas a chance de colocá-los, desde cedo, em contato com a produção cultural e artísticas do país. Por isso, é um motivo de muita alegria para nós do Governo de Pernambuco, a cada ano, realizar o festival de Inverno de Garanhuns”, ressalta Marcelo Canuto, presidente da Fundarpe.

MUNICÍPIOS DO INTERIOR DEVEM ENCAMINHAR VEÍCULOS E CONDUTORES DE TRANSPORTE PÚBLICO ESCOLAR PARA VISTORIA

Visando a segurança e o conforto dos usuários de transporte público escolar, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por meio do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa do Direito Humano à Educação (Caop Educação), noticiou por e-mail, a todos os promotores das comarcas do interior do Estado, que a partir do próximo dia 4 de julho terão início as vistorias semestrais obrigatórias dos carros e condutores que fazem transporte público escolar no interior.

“No aviso, o Caop orienta aos membros que oficiem as respectivas prefeituras com o objetivo de dar ciência do calendário estabelecido pelo Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (DETRAN-PE), para que possam providenciar o encaminhamento dos veículos e dos condutores para a realização das vistorias”, destacou o coordenador do Caop Educação, promotor de Justiça Sérgio Souto.

A medida visa cumprir o que ficou estabelecido no Termo de Integração Operacional firmado em 2015 entre o MPPE, Detran, Polícia Militar e o Departamento de Estradas de Rodagem de Pernambuco (DER). O convênio prevê que as instituições realizem ações conjuntas no sentido de facilitar as vistorias dos veículos utilizados pelos municípios para prestar serviço de transporte escolar.

“Temos, aqui no Caop, o projeto Voltei, que visa o controle à evasão escolar. E uma das formas de incentivar que aluno vá à escola é ter um transporte de qualidade”, afirmou Sérgio Souto. Os veículos e os condutores devem procurar uma das 24 Circunscrições Regionais de Trânsito Especiais (CIRETRANS), de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h, conforme o seguinte calendário abaixo:

PLACA TERMINA EM       PERÍODO DA VISTORIA
           1 e 2                                4 a 10 de julho
           3 e 4                               11 a 17 de julho
           5, 6 e 7                           18 a 24 de julho
           8, 9 e 0                           25 a 31 de julho

quarta-feira, 3 de julho de 2019

TCE MULTA VEREADORA DE POMBOS POR RECEBER SALÁRIO SEM TRABALHAR

A Primeira Câmara do TCE julgou irregular, na última terça-feira (02), o objeto de um processo de Auditoria Especial na Prefeitura de Pombos, relativo a um possível dano aos cofres públicos, decorrente de valores pagos à servidora Maria das Graças Bezerra, sem comparecimento ao local de trabalho ou comprovação de contraprestação laborativa. A relatora foi a conselheira Teresa Duere. 

A representação ao TCE foi feita pelo atual prefeito de Pombos, Manoel Marcos Alves. Segundo ele, a vereadora e presidente da Câmara Municipal, Maria das Graças Bezerra, recebeu, no período de 2013 a 2016, remuneração como professora da Escola Antônio Simplício, apesar de não ter prestado o serviço no período citado, caracterizando dano ao erário municipal. 

A informação de que a vereadora não atuava nessa função foi inclusive confirmada pela diretora e duas professoras da escola, bem como por meio do livro de ponto dos funcionários, onde não consta sua efetiva frequência ao trabalho.

De acordo com o voto (processo n°1821517-8), “o recebimento de remuneração sem o devido comparecimento ao local de trabalho e, portanto, cumprimento de jornada laboral, enseja a devolução dos respectivos valores”.

Por este motivo, a conselheira Teresa Duere julgou irregular o objeto da auditoria e  determinou pagamento multa à Maria das Graças Bezerra no valor de R$ 10.000,00, e imputação de débito no valor de R$ 128.937,75, de forma solidária, ao ex-prefeito, Josuel Vicente Lins, por autorizar o pagamento de remuneração à vereadora; à ex-secretária de educação do município, Maria José da Silva, pela omissão da Secretaria em fiscalizar os atos; e à vereadora citada, pelo recebimento da remuneração sem o devido comparecimento ao local de trabalho.

O voto foi aprovado por unanimidade na 1ª Câmara, cabendo ainda recurso por parte dos interessados. Representou o Ministério Público de Contas a procuradora Maria Nilda.  

Gerência de Jornalismo do TCE.

ABRIGO SÃO VICENTE DE PAULA EM FESTA


Neste domingo (30) aconteceu o forró do Abrigo São Vicente de Paula, e suas abrigadas, cerca de 50, estavam bastante animadas e felizes com a presença de seus familiares e daqueles que mantém a Casa já durante tantos anos.

Muito animadas com a presença de tantos, elas dançaram e cantaram com seus entes queridos, felizes e se sentindo amparadas pela direção do Abrigo, dado seu esforço permanente para não lhes faltar nada, ou o mínimo de que precisam para viverem dignamente. 


Presente às festividades, dentre outros, o empresário e figura pública Givaldo Calado de Freitas que há muitos anos ajuda aquela Casa de caridade que declarou que sempre que lá estar “vêm-me à mente a lembranças de tantas que por lá passaram. E, nas palavras de Machado de Assis, ‘reconheço agora o que vale o mundo com suas perfídias e tempestades. Quero achar um abrigo contra elas’. Só que elas lá estão acolhidas e abrigadas, sem terem sentido o amargor de qualquer perfídia ou o tremor de alguma tempestade. Lá, elas vivem alegres e felizes.”

Ezandra Ribeiro
Jornalista
Assessora de Comunicação 

Fotos: Risalva Rodrigues 

PREFEITURA DE SALGUEIRO - PE REALIZA PROCESSO SELETIVO

A prefeitura de Salgueiro - PE, lançou o edital nº 002/2019, que estabelece a realização de processo seletivo para preenchimento de vagas imediatas e preenchimento de cadastro de reserva. Ao todo, estão disponíveis 85 vagas para preenchimento imediato, em vários níveis de escolaridade. Salários chegam a R$ 1.721,87.

Vagas

O edital nº 002/2019 dispõe de vagas para Auxiliar de Serviços Gerais, Vigia, Condutor de Transporte Escolar, Eletricista, Merendeira e Porteiro.

As vagas são temporárias e o contrato possui duração de 12 meses, a contar da data de sua assinatura, podendo ser prorrogado por igual período, a depender da necessidade do município.

Inscrições

As inscrições serão feitas presencialmente na Secretaria Municipal de Educação, situada a Rua Inácio de Sá, nº 149, Centro, no horário de 8h às 12h e podem ser realizadas até o dia 12 de julho de 2019. A seleção será realizada em uma única etapa que é a análise curricular. Fonte: Concursos no Brasil.

HISTÓRIA DA IGREJA, EM GARANHUNS, É TEMA DE PALESTRA


O Instituto Histórico Geográfico e Cultural de Garanhuns promoveu, nesse sábado (29), às 19h, a palestra com o tema “A Igreja em Garanhuns e o Centenário da Diocese” ministrada pelo Bispo de Garanhuns Dom Paulo Jackson Nóbrega de Souza. 

A ideia da criação da Diocese de Garanhuns foi do Monsenhor Afonso Pequeno, que teve o acolhimento do então Arcebispo de Olinda e Recife, Dom Sebastião Leme da Silveira Cintra. Inúmeras vezes esteve em Garanhuns quando da preparação, da instalação e do início da Diocese. 


A Diocese de Garanhuns foi criada pelo papa Bento XV, através da Bula "Archidioecesís Olindensis et Recifensis", sendo desmembrada da Arquidiocese de Olinda e Recife, aos 2 de agosto de 1918. Por meio desta mesma Bula, foram criadas as Dioceses de Nazaré da Mata e Pesqueira.

O empresário e figura pública Givaldo Calado de Freitas esteve presente e de acordo com ele foi um momento muito proveitoso. “Sou um apaixonado por história e sempre estou em busca de conhecimento. Saber mais da história da igreja e da diocese de Garanhuns foi muito proveitoso”, comentou Givaldo. 

O centenário foi celebrado em agosto do ano passado com a celebração de uma missa campal na Avenida Santo Antônio, em frente à Igreja Matriz, que leva o nome do santo. Cerca de cinco mil pessoas estiveram presentes no evento.

Ezandra Ribeiro 
Jornalista
Assessora de Comunicação

Fotos: Risalva Rodrigues 

FESTIVAL DE INVERNO

Dominguinhos no Palco do 2º Festival de Inverno de Garanhuns

José Francisco de Souza
11 de Julho de 1992

Garanhuns, PE - No momento em que escrevemos esta crônica, a chuva cai. É plena estação de inverno. É um festival de brumas. Nevoeiro, cerração e neblina. Suave transformação climática, segundo Ramiz Galvão, que considera errado a expressão climatéricas. As manhãs brumosas nos esconde o beijo ardente do sol. O teclado da máquina de escrever se movimenta vagaroso e estridente. Não poderia ser de outra maneira. As coisas naturais não perdem seu estilo, a seu tempo. É sempre natural. O ritual de cada época, é harmonioso, onde o autor cristão é sublime. É um festival diferente do programado pelos artistas de rádio e televisão. Não há criação sem  a perpetua fecundação de todas as coisas criadas. O universo intelectual é uma sinfonia.

O corpo físico na Crosta Planetária representa uma bênção do Eterno. Constitui obra da sabedoria, em cuja aperfeiçoamento incessante temos a felicidade de colaborar. A nossa colaboração se caracteriza no equilíbrio do nosso corpo no espaço. Entre o céu e a terra.

Em face desse ponto de vista mental, a criatura terrena herda tendências e não qualidades. Haverá sempre dentro de nós, a luz da liberdade indicando a nossa ascensão. 

Muitas vezes eles se consagram nossos amigos e se revelam como nossos colaboradores, na plenitude de seus feitos contínuos de suas generosidades. Todos nós possuímos colaboradores eficientes que nos proporcionam auxílio às nossas ações. Somente são dignos dessa verdade plena os que se encontram plenamente libertos das paixões.

A perspectiva se concentra em todos os setores. O sintomático torna-se visual nos  momentos em que falam. Geralmente são os proprietários das palavras. O verbo é um privilégio, uma posse absoluta da chamada sabedoria livresca que não é propriamente sabedoria.

Exemplo: quando iniciamos esse trabalho a chuva molhava os campos das Sete Colinas. Os canteiros de flores do jardim das Praças estavam úmidos. De repente deixou de chover. A transformação foi bonita e suave e primordialmente poética. As águas dançavam pelos recantos do asfalto. 

O Centro Cultural, na imponência de sua arquitetura, cada vez mais silencioso, espera à sabedoria do silêncio, dia do já anunciado, Segundo Festival de Inverno de Garanhuns.

É o segundo da administração do prefeito Ivo Amaral, é mais uma atração da alma turística da paisagem do Magano. estamos vivendo o momento, do universo humano da ecologia, buscando um acordo com o destino do planeta. E o universo humano das crianças da Cidade Centenária exige de nós todos, a herança de um Planeta mais limpo.

Click nos links abaixo e saiba mais sobre o 2º Festival de Inverno de Garanhuns (1992).

http://blogdoanchietagueiros.blogspot.com/2018/07/2-festival-de-nverno-de-garanhuns-1992.html

http://blogdoanchietagueiros.blogspot.com/2017/07/recordando-os-festivais-2-festival-de.html

terça-feira, 2 de julho de 2019

62 ANOS DA MORTE DE DOM EXPEDITO LOPES, ASSISTA O VÍDEO

GIVALDO FALA SOBRE CENÁRIO POLÍTICO


O empresário e figura pública Givaldo Calado de Freitas concedeu, na manhã da última sexta-feira (28), uma entrevista ao repórter Edson Monteiro da TV e Rádio Web Nova Angelim. Na pauta assuntos relacionados ao cenário político nacional e local. 

Givaldo expôs sua preocupação com a atual situação do Brasil. “Ando muito preocupado com a falta de harmonia. Não vejo articulação do executivo com o legislativo. Não votei no presidente, mas aposto no seu sucesso. Que ele acerte para o bem do nosso País”, comentou Freitas.


Que acrescentou: “Que o País se reencontre e retome o crescimento que precisamos. A gente faz essa prece no sentido que o Brasil seja o país que queremos”.

Em relação a política local o repórter frisou a importância do empresário no cenário de Garanhuns. Givaldo destacou que sempre lutou pelo desenvolvimento da cidade. “Minha articulação é com os homens e mulheres garanhuenses. Temos que ver urgentemente a nossa economia, que passa muito pelo turismo, cultura e educação”, comentou Calado.

Que ainda disse: “Enquanto eu tiver vida, motivação e saúde vou continuar ‘brigando’ pela nossa cidade. Eu ambiciono ser um soldado de Garanhuns nessa luta pelo desenvolvimento e nosso potencial turístico”.

Ezandra Ribeiro
Jornalista
Assessora de Comunicação

SIVALDO ALBINO LUTA PELO SUCESSO DO FESTIVAL DE INVERNO

O deputado estadual Sivaldo Albino tem se empenhado muito para que o Festival de Inverno de Garanhuns este ano tenha uma boa programação.

Parlamentar já conversou várias vezes com o Secretário de Cultura do Estado, o presidente da Fundarpe e o próprio governador Paulo Câmara, sempre em defesa do FIG, que entende ser o maior patrimônio cultural da cidade e um dos maiores eventos do Brasil no gênero.

A partir das conversas com os dirigentes estaduais, Sivaldo está numa expectativa positiva em relação aos artistas que serão anunciados na quinta-feira, na capital pernambucana.

O deputado, inclusive, está convidando representantes da imprensa para a coletiva no dia 4, disponibilizando transporte e alimentação.

“Caso tenha interesse em comparecer, favor confirmar sua presença até esta terça-feira, 2 de julho,  com Johny Albino: (87) 9.9957 0428”, informa Sivaldo.

segunda-feira, 1 de julho de 2019

EJA - EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS ABRE INSCRIÇÕES


A Secretaria de Educação e Esportes do Estado abre, nesta segunda-feira (1), as inscrições para o Ensino Médio da modalidade Educação para Jovens, Adultos e Idosos (EJA). Serão ofertadas mais de 30 mil vagas em 418 unidades de ensino do estado. Os candidatos podem se matricular na escola de sua preferência, até o dia 23 de julho.

Para se inscrever, o interessado deve ter mais de 18 anos e não  ter concluído o Ensino Médio. Não há limite de idade. Para realizar a matrícula, o candidato deve apresentar o certificado de conclusão do Ensino Fundamental (original), ou declaração provisória ou histórico escolar; foto 3X4; RG e CPF (cópia e original); e comprovante de residência (cópia e original). Se o candidato for trabalhador, será necessário levar comprovante de vínculo, por causa da tolerância e do horário.

O Ensino Médio da EJA tem duração de 18 meses, dividido em três módulos, sendo um por semestre (500 horas/aula cada). Para maiores informações, entrar em contato com a Gerência de Educação de Jovens, adultos e Idosos (GEJAI), pelo telefone (81) 3183-8762.

“Na última década, o Estado de Pernambuco tem realizado importantes investimentos para a melhoria da qualidade da educação básica. Os resultados dessas políticas públicas têm se traduzido em impactos positivos nos índices educacionais do Estado. No entanto, ainda há uma realidade desafiadora a ser modificada: reduzir o quantitativo de pernambucanos com 18 anos ou mais que não ingressaram ou não concluíram o ensino médio”, disse a gerente geral das Modalidades, Cláudia Abreu.

Clique aqui para conferir a lista completa com as escolas que ofertam a modalidade de ensino.

PROCISSÃO DE SÃO PEDRO


Na tarde do sábado (29) aconteceu a procissão motorizada, conduzindo a imagem de São Pedro, primeiro Papa da Igreja, tendo o cortejo saído da Catedral de Santo Antônio por volta das 16h em direção ao Distrito de Garanhuns que leva o nome do São Pedro. A imagem revela a trajetória de vida de São Pedro. Tanto as roupas quanto as cores e os objetos que ele segura contam um pouco da vida desse Santo chamado por Jesus para ser o símbolo da unidade da Igreja e da autoridade de Cristo na terra. 

A procissão, tradição do município, acontece sempre todos os anos, e este ano foi seguida por quase uma centena de veículos. Presente ao cortejo, e em visita ao Distrito, o empresário e figura pública Givaldo Calado de Freitas que todo ano se faz presente à procissão. 


Ao Blog Givaldo declarou que “o Distrito me é por demais familiar, uma vez que, quando criança, vivi muito por aqui. E no Distrito meu pai fora agricultor. Aqui, tenho muitos amigos.”

Ezandra Ribeiro 
Jornalista
Assessora de Comunicação

Fotos: Risalva Rodrigues 

BACIA LEITEIRA EM PERNAMBUCO DÁ SINAIS DE RECUPERAÇÃO

Por Eduarda Barbosa

Após alguns pleitos serem atendidos para melhorar a situação da bacia leiteira em Pernambuco, a categoria vem conseguindo melhorar os preços do produto. Desde o início deste ano, o Governo de Pernambuco recebeu as propostas dos representantes da bacia para poder dar início a medidas de recuperação. Uma delas foi a anulação da isenção fiscal para as indústrias que importarem leite em pó e derivados. Além disso, as chuvas recentes estão oferecendo condições de melhoria na medida em que os produtores conseguem plantar mais alimentos para o rebanho.

Em janeiro deste ano, a Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Estado se reuniu com o Sindicato dos Produtores de Leite de Pernambuco (Sinproleite-PE) para começar a discutir as questões essenciais, principalmente em relação aos incentivos fiscais para o setor industrial. “Uma sequência de ações foi realizada desde janeiro para recuperar a bacia leiteira, uma atividade importante para Pernambuco”, disse o secretário de Desenvolvimento Agrário, Dilson Peixoto, ao complementar que os preços estão em uma tendência de melhora. “Antes das medidas, o litro do leite estava sendo vendido, em média, a R$ 0,80. Hoje, está em torno de R$ 1,40. É uma recuperação que o próprio setor reconheceu”, comentou Peixoto.

Presidente do Sinproleite-PE, Saulo Malta confirma a melhora e aguarda um cenário ainda mais positivo. “Teve produtor que vendeu o litro do leite a R$ 0,70 até o ano passado. Agora, a média está em R$ 1,20. As medidas do governador para barrar a entrada do leite de outros estados e nossas constantes reuniões estão fazendo efeito. Estamos na torcida por novas recomposições no preço”, disse Malta, que comemorou uma das medidas: a instalação da Câmara Setorial do Leite, espaço de discussões entre os representantes da bacia leiteira e o Governo de Pernambuco para montar planos de trabalho que fortaleçam a produção. 

Um decreto, de 12 de março, revogou a isenção fiscal para as indústrias que importarem leite em pó, soro do leite ou mistura láctea. Ou seja, a empresa que desejar comprar o produto dessas formas perderão a isenção. Além disso, o Governo de Pernambuco está fiscalizando se as indústrias com isenção fiscal estão cumprindo a contrapartida, de comprar a quantidade do leite in natura da produção de Pernambuco. 

Outro decreto, de abril, determinou o recolhimento antecipado do ICMS (18%) para as empresas que adquirirem o leite líquido proveniente de outros estados. E ainda teve uma outra medida que colocou fim nos benefícios fiscais para centrais de distribuição que movimentam leite em pó, soro do leite e mistura láctea. Com informações da Folha de Pernambuco.

PREÇO DO GÁS E DESEMPREGO ELEVAM USO DA LENHA PARA COZINHAR

Sem dinheiro para comprar gás, famílias usam lenha para cozinhar
Imagem/
http://averdade.org.br/

O aumento desregrado do uso de lenha nas casas trará consequências negativas tanto para a saúde quanto para o meio ambiente do país. Esse é um dos alertas do estudo desenvolvido pela professora Adriana Gioda, do Departamento de Química do Centro Técnico Científico da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (CTC/PUC–Rio).

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados em maio deste ano mostraram que 14 milhões de brasileiros usavam lenha ou carvão para cozinhar alimentos em 2018, aumento de 3 milhões de pessoas em comparação a 2016. “Aumentou muito nos últimos dois anos”, comenta a professora.

Segundo Adriana Gioda, a expansão do uso da lenha no preparo de alimentos no Brasil está relacionada ao aumento do preço do botijão de gás liquefeito de petróleo (GLP). “Isso é muito visto, principalmente nas regiões mais pobres. No Nordeste, o aumento do uso de lenha é muito maior do que nas outras regiões”, diz. Conforme a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustiveis (ANP), a queda de 1% no consumo de GLP, de 2017 para 2018, significou 13,2 bilhões de litros consumidos a menos em todo o Brasil.

Em dezembro de 2017, quando o preço do GLP na refinaria chegava ao maior valor até o momento (R$ 24,38), a alta em relação a julho de 2017 atingia 37%. Em maio de 2018, mesmo com queda no preço das refinarias, o aumento acumulado desde julho de 2017 alcançava 24%, de acordo com informações do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

O desemprego também contribuiu para o aumento da lenha nas casas brasileiras. Com ele, segundo Adriana, vem um problema adicional, que é o uso de lenha catada, não comercial, em fogões rústicos, com queima ineficiente. “As pessoas acabam consumindo mais lenha e sendo expostas a uma quantidade grande de partículas, o que agrava os problemas de saúde”, explica.

Além da poluição do ar, tanto no ambiente interno como externo, as pessoas acabam tendo doenças variadas. O primeiro efeito são os problemas respiratórios, como asma, bronquite, em função das partículas. “No longo prazo, isso acaba indo para a corrente sanguínea, entrando no cérebro e afetando vários órgãos do corpo”, adverte.

Adriana Gioda destaca que nas regiões Sul e Sudeste, também se usa lenha, mas de boa qualidade. “Rio Grande do Sul e Minas Gerais, por exemplo, fazem uso da lenha, mas têm fogões, lareiras e churrasqueiras de boa qualidade. Sem contar que a lenha é comercializada nessas regiões. Você compra lenha, não pega lenha de floresta”, comenta.

A pesquisa da professora Adriana Gioda foi publicada na revista científica Biomass and Bioenergy, usando dados disponíveis de 2016 do IBGE e da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), vinculada ao Ministério de Minas e Energia.

domingo, 30 de junho de 2019

GARANHUNS, PE - NOVINHA E PLÁCIDO


Década de 70 - Inesquecíveis bisavós deste blogueiro -  Raimunda Teles Teixeira (Novinha) e Plácido Pinto Teixeira. Na época da nossa migração para Garanhuns, em 1978 nos deram total apoio em sua casa. Eu e meu irmão Montini fomos tratados como filhos.  Recebemos muito carinho, amor e ensinamentos para nossa vida cristã.  Bença, vó... Bença vovô... 

GARANHUNS, PE - PRAÇA JOÃO PESSOA NA DÉCADA DE 30


Praça João Pessoa, centro da cidade, em primeiro plano, observa-se a agência Ford, da antiga firma Abdias Branco & Cia, (Gerson Emery), homens que elevaram a nossa cidade no passado.

Na foto, aparece um edifício de 1º andar, hoje modificado  tem o nome de Centenário (antigo Edifício Tomás Maia).

A praça João Pessoa (antiga Sérgio Loreto), foi remodelada na administração de Mário Lyra, grande valor dos "velhos tempos".

No edifício do primeiro andar, no térreo, a mercearia do comerciante Luiz Cordeiro, pai de José Catão.