sexta-feira, 18 de outubro de 2019

AGRESTE RECEBE QUINTA EDIÇÃO DO FILIG


Formar novos leitores ao passo que os conecta com suas raízes. Essa é a proposta central do Festival Internacional de Literatura Infantil de Garanhuns, que chega à quinta edição com 45 atividades gratuitas em quatro dias de evento.  O Filig vai acontecer de 24 a 27 de outubro na cidade de Garanhuns e espera receber público de quatro mil pessoas, vindas também da região do Agreste. Com o tema “Africanidades – um mundo de histórias e memórias”, o Festival é idealizado pela Ferreira Costa, empresa nascida na cidade que que chega aos 135 anos de atuação, junto a Proa Marketing Cultural e Projetos.

Já tradicional no calendário literário da cidade, vai trazer cortejo, exposição, momentos de leitura, atividades formativas para adultos e crianças, conversas com autores, feira de livro, além de apresentações culturais. A programação vai ocupar o Centro de Produção Cultural do Sesc Garanhuns, a Unidade Acadêmica de Garanhuns e a turma de Educação de Jovens e Adultos (EJA) da Escola Ranser Alexandre Gomes, no bairro do Magano. “O Filig é a realização de nosso comprometimento com a educação e com o município, que já espera por esse evento”, afirma Pietra Costa, representante da Ferreira Costa, realizadora do projeto junto com a Proa Marketing Cultural e Projetos. O evento conta com o apoio da Fundarpe, Governo de Pernambuco, Sesc Garanhuns, Prefeitura de Garanhuns e Universidade Federal Rural de Pernambuco – UAG e a realização da Secretaria Especial da Cultura e Ministério da Cidadania.

O escritor e ilustrador Luciano Pontes, especialista em literatura para infância, assina novamente a coordenação pedagógica e a curadoria do festival. “A oralidade é criada e recriada dentro do ciclo contínuo da vida, e perpassa a literatura reconectando às ancestralidades, mas, diante da fragilidade de nossas memórias e a visão de uma “história única” homenagearemos a diáspora africana para celebrar a palavra ancestral que fundamentou e fundamenta nossa cultura brasileira”, pontua. Para esta edição, foram convidados nomes importantes nesse resgate e defesa das matrizes africanas, como o escritor e contador de histórias nigeriano, Sunny; o autor infantil e ilustrador sul-africano, Piet Grobler; a autora e contadora de histórias cubana, Teresa Cárdenas; a pedagoga e escritora paulista, Kiusam de Oliveira; e o professor, pesquisador e terapeuta, Hugo Monteiro.

O Filig é a culminância de um trabalho que vem sendo desenvolvido desde julho, quando integrou a programação do Festival de Inverno da cidade, com contação de histórias. De lá até outubro, foram realizados seminários de leituras, direcionados para professores, bibliotecários, estudantes de pedagogia e letras, e caravanas de leituras, que levaram para escolas de comunidades quilombolas mediações de leitura e apresentações artísticas. Juntas, impactaram mais de 700 pessoas. “Isso traduz nossa intenção de não sermos apenas ações pontuais, e sim, desenvolvermos um trabalho perene, continuado na cidade, que deixa legado para os agentes de leitura e leitores”, comenta Camila Bandeira, diretora da Proa.

Além dessas atividades, o Filig realizou uma convocatória com ilustradores de todo o país, em setembro, para integrar o ILUSTRImagem. “A exposição desse ano homenageia um dos personagens lendários da nossa cultura popular, com o tema Saci em VERSões. Foram selecionadas 10 ilustrações que comporão a mostra e depois distribuídas nas bibliotecas.”  A visitação pode ser realizada em todos os dias do evento no hall do Centro de Produção Cultural do Sesc.

Vivenciando o Filig – Democrática e diversificada, a programação do Festival foi concebida para crianças e adultos que queiram vivenciar contações de histórias, encontrar escritores ou participar de atividades formativas. As atividades acontecem em todos os turnos. No “Ateliê de Narrativas para escritores”, Teresa Cárdenas vai falar sobre suas experiências na escrita de personagens raros em livros infantis; no “Ateliê das narrativas para ilustradores”, Piet Glober vai ministrar um workshop para abordar o processo criativo e adoção da pluralidade de técnicas; e a atriz Naná Sodré estará à frente da “Dramaturgia dos Orixás”, com vivências práticas sobre as possibilidades corporais e energias ancestrais em cena.

Além desses momentos formativos, o Festival terá apresentações culturais. O primeiro, às 10h30 da quinta-feira (24/10), será um cortejo com o ritual ancestral “Iseda Siso – a natureza falando”, que vai sair do Centro de Produção Cultural com a presença do afoxé Alafin Mimi e integrantes do projeto Meninos do Batuque, ambos de Pernambuco. Outros destaques do são festival a participação do ator Junior Dantas, do espetáculo “O Pequeno Príncipe Preto”, para quebrar os paradigmas e estereótipos sociais sobre realezas; o espetáculo “Re-te-tei”, com a Tropa do Balacobaco; além da apresentação “Corpo ancestral”, com Rubí Waf, e do Coco Erêmin.

Programação

Quinta-feira (24/10)

8h às 17h | Hall - CPC | Exposição ILUSTRimagem Saci em VERsões

8h às 17h | Auditório 03 – CPC | Sessões de Leitura Aberta

8h às 17h | Hall - CPC | Feira de livros

10h30 | CPC | E Kí Àwon Baba Wa (Saudação ancestral de abertura do Filig) com Afoxé Alafim Mimi e participação de Yalorixá Josefa Alves (Obaláganju) e Cortejo Iseda Siso (a natureza falando) com Afoxé Alafin Mimi (PE) e Projeto Meninos do Batuque (PE) e participação das Comunidades Quilombolas de Garanhuns

13h às 15h | Sala de Teatro - CPC | Ateliê de Criação para crianças com o autor Sunny (NGR)

13h às 15h | Sala de Dança - CPC | Ateliê de Criação para professores com a autora Kiusam de Oliveira (PE)

14h às 15h | Tenda de Histórias | Auditório 01 – CPC | Conversa com o autor Piet Goblet (RSA)

14h às 18h | Sala de Música – CPC | Awon Iranti Ara (Memórias no Corpo) | Oficina: Dramaturgia dos Orixás com Naná Sodré (PE)

15h às 16h | Teatro – CPC | Ni Ijoba Kan Ti Afirika (Em um reino da África) | Participação do ator Junior Dantas, do espetáculo “O pequeno Príncipe Preto”

17h às 21h | Sala de Dança - CPC | Ateliê de Narrativas para adultos com Teresa Cárdenas (CU)

18h30 às 20h30 | UAG | Conversa temática “Ancestralidade na narrativa verbal e visual na atual literatura para a infância” com Sunny (NGR) e Piet Gobler (RSA)

Sexta-feira (25/10)

8h às 17h | Hall - CPC | Exposição ILUSTRimagem Saci em VERsões

8h às 17h | Auditório 03 – CPC | Sessões de Leitura Aberta

8h às 17h | Hall - CPC | Feira de livros

8h às 10h | Sala de Teatro - CPC | Ateliê de Criação para crianças com o autor Hugo Monteiro (PE)

8H ÀS 10H | Sala de Dança - CPC | | Ateliê de Criação para professores com a autora Teresa Cárdenas (CU)

9h às 10h | Tenda de Histórias | Auditório 01 - CPC | Conversa com a autora Kiusam de Oliveira (SP)

9h às 13h | Sala de Música – CPC | Awon Iranti Ara (Memórias no corpo) | Oficina: Dramaturgia dos Orixás com Naná Sodré (PE)

10h30 às 11h30 | Teatro - CPC | Ni Ijoba Kan Ti Afirika (Em um reino da África) | Participação do ator Junior Dantas, do espetáculo “O pequeno Príncipe Preto”

13h às 14h | Tenda de Histórias | Auditório 01 – CPC | Conversa com o autor Hugo Monteiro (PE)

13h às 15h | Sala de Teatro - CPC | Ateliê de Criação para crianças coma autora Kiusam de Oliveira (SP)

13h às 15h | Sala de Dança - CPC | Ateliê de Criação para professores com o autor Sunny (NGR)

15h às 16h | Tenda de Histórias | Auditório 01 – CPC | Otito Se Iyipada Kadara (A verdade muda o destino) | peça teatral: Re-Te-Tei com Tropa do Balacobaco (PE)

17h às 21h | Sala de Dança – CPC | Ateliê de Narrativas para adultos com o autor Piet Grobler (RSA)

18h30 às 20h30 | EJA | Conversa temárica: O feminino na ancestralidade África e nos contos renovados com Teresa Cárdenas (CU), Kiusam De Oliveira (SP), Hugo Monteiro (PE) e mediação de Josimar Araújo (PE)

20h30 às 22h30 | Auditório 03 – CPC | Show: Ara Ara-Baba (Corpo ancestral) com Rubí Waf (GO)

Sábado (26/10)

9h às 17h | Hall - CPC | Exposição ILUSTRimagem Saci em VERsões

9h às 17h | Auditório 03 – CPC | Sessões de Leitura Aberta

9h às 17h | Hall - CPC | Feira de livros

9h às 11h | Sala de Dança – CPC | Awon Omoge Ti Imo (Pontes do conhecimento): Oficina Malunguinho para crianças com Orun Santana (PE)

10h às 11h | Sala de Teatro – CPC | Ateliê de Criação para professores com o autor Piet Grobler (RSA)

10h às 11h | Sala de Música- CPC | Ateliê de Criação para crianças com a autora Teresa Cárdenas (CU)

11h às 12h | Tenda de Histórias (Auditório 01 - CPC | Conversa com a autora Kiusam de Oliveira

9h às 13h | Sala de Música - CPC | Otito Se Iyipada Kadara (A verdade muda o destino): peça teatral Re-Te-Tei com Tropa do Balacobaco (PE)

14h às 15h | Tenda de Histórias | Auditório 01 - CPC | Conversa com o autor Sunny (NGR)

14h às 15h | Sala de Teatro - CPC | Ateliê de Criação para crianças com o autor Piet Grobler (RSA)

13h às 15h | Sala de Dança – CPC | Ateliê de Criação para professores com o autor Hugo Monteiro (PE)

15h às 16h | Tenda de Histórias | Auditório 01 - CPC | Conversa com a autora Teresa Cárdenas (CU)

16h às 17h | Hall - CPC | Coco Erêmin (PE)

Domingo (27/10)

9h às 12h | Hall - CPC | Exposição ILUSTRimagem Saci em VERsões

9h às 12h | Auditório 03 – CPC | Sessões de Leitura Aberta

9h às 11h | Hall - CPC | Feira de livros

9h às 11h | Sala de Dança – CPC | Awon Omoge Ti Imo (Pontes do Conhecimento): Oficina Malunguinho para crianças com Orun Santana (PE)

10h às 11h | Tenda de Histórias | Auditório 01 - CPC | Conversa com os autores Piet Grobler (RSA), Sunny (NGR), Teresa Cárdenas (CU) e Hugo Monteiro (PE)

11h às 12h | Área externa – CPC | Encerramento: Laarin Wa (Dentro de nós) com Meninos do Batuque (PE). 

Imagem/Jacaré Filmes

IVO AMARAL DEFENDE UNIÃO DA OPOSIÇÃO EM GARANHUNS

Ex-prefeito Ivo Amaral e o Deputado Sivaldo Albino

Do Blog do Roberto Almeida

Ivo Amaral foi vereador, vice-prefeito, prefeito em dois mandatos e deputado estadual também em duas oportunidades.

Experiência política, portanto, não lhe falta, e está lúcido, aos 86 anos, atento à realidade do Brasil e especialmente de Garanhuns.

Simpático à candidatura de Sivaldo Albino, ele e o MDB  devem ficar com o PSB, caso se confirme o nome do aliado do governador Paulo Câmara na disputa.

Por outro lado, Ivo acha que seria importante o entendimento das oposições, a formação de uma frente para enfrentar o candidato do prefeito atual, que a seu ver não é muito democrático, acha que é o dono da cidade e que sabe de tudo.

Para Amaral, está na hora de renovação e essa deve ser feita com os novos nomes que têm surgido na política de Garanhuns, como Sivaldo, que assumiu o mandato de deputado.

Nesse processo, acha que todos os que estão na base do governador Paulo Câmara devem ter um discurso convergente e se possível abrirem mão de projetos pessoais para formar um só palanque, forte, pelo bem do município.

“Garanhuns teve prefeitos bons e prefeitos fracos. Cada um deu a sua contribuição. Mas devemos lutar para ter o melhor, alguém com capacidade, bem articulado no Recife e em Brasília, que seja afinado com o governador do Estado. Dessa maneira é que o município poderá se desenvolver num ritmo mais acelerado”, defende Ivo Amaral.

DIA DO COMERCIÁRIO É CELEBRADO COM ATIVIDADES EM GARANHUNS

No dia 21 outubro é celebrado o Dia do Comerciário. Para comemorar a passagem da data, as unidades do Sesc no interior do Estado promoverão um dia de diversão com ações de lazer, saúde, atividades recreativas e culturais. 

Em Garanhuns, a festa será iniciada às 10h e contará com a apresentação de Jader e Forró Morão, torneio de futsal, desafios e hidrodance, futsal para os comerciários, bingo recreativo, tirolesa, jogos de salão, recreação aquática, espaço com jogos e banho de piscina, limpeza de pele, massoterapia e design de sobrancelha. Lanches, petiscos, refeição e bebidas serão comercializados a preços acessíveis na lanchonete da unidade. As ações contam com a parceria do Sindicato dos Comerciários da cidade.

Sesc Garanhuns

Data: 21 de outubro
Local: Sesc Garanhuns – Rua Manoel Clemente, 136 - Centro
Horário: 10h
Valor: R$ 6 (Público geral) | 3 R$ (Trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo)
Informações: (87) 3761-2658

AGA REALIZA DANÇA BENEFICENTE EM PROL DO ABRIGO SÃO VICENTE DE PAULO


DIA D DE VACINAÇÃO CONTRA O SARAMPO SERÁ REALIZADO NESTE SÁBADO (19), EM GARANHUNS

Dando continuidade ao cronograma da primeira fase da Campanha de Vacinação contra o Sarampo, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Programa Nacional de Imunizações (PNI) em Garanhuns, adere, neste sábado (19), ao Dia D da campanha, quando será promovida uma mobilização nacional para vacinação do público-alvo (crianças de seis meses a 5 anos).

Na data, as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) do município estarão abertas para vacinação de forma seletiva, das 08h às 17h. No mesmo horário, uma estrutura de apoio também ficará disponível no Espaço Cultural Luís Jardim, na avenida Santo Antônio, no centro cidade (ao lado do Largo do Colunata).

A vacinação acontece de forma seletiva, apenas para o público-alvo da campanha (crianças de seis meses a 5 anos). A população também deve estar munida da caderneta de vacinação, para que seja atualizada de acordo com a necessidade de imunização.

quinta-feira, 17 de outubro de 2019

IPA PROMOVE LEILÃO DE GADO HOLANDÊS EM SÃO BENTO DO UNA

O Leilão de Gado Holandês do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) ocorre próximo sábado (19), na Estação Experimental de São Bento do Una, a partir das 10h. Serão ofertados 21 lotes, com 15 Tourinhos e seis Fêmeas, entre novilhas e vacas jovens.

Essa é uma das principais ações do Instituto para a pecuária de leite de Pernambuco. Os exemplares são de alta qualidade genética, uma vez que são descendentes de animais de excelente prova genética e mérito genético no ranking da raça. Os Tourinhos passaram por uma triagem andrológica que comprova aptidão à reprodução.  Já as fêmeas pode ser usadas para recria ou reposição de rebanho.

“Além disso, o rebanho o IPA já é adaptado às condições climáticas do Agreste e Semiárido. Uma seleção é feita anualmente para oferecer, aos produtores, uma genética de excelência a preço acessível, promovendo o melhoramento do rebanho, ao mesmo tempo em que eleva a produtividade e competitividade do setor”, destaca o pesquisador do IPA, Sebastião Guido. 

CLÁUDIO GONÇALVES E HUMBERTO DE MORAES SERÃO OS HOMENAGEADOS DA IV BIENAL DO LIVRO DE GARANHUNS

A programação da  IV Bienal do Livro do Município de Garanhuns foi divulgada, na manhã da quarta-feira (16), em uma coletiva de imprensa realizada no auditório da Secretaria de Educação. Estiveram presentes a secretária de Comunicação Social, Jacqueline Menezes, que representou o prefeito Izaías Régis, a secretária de Educação, Eliane Simões Vilar e o presidente da Associação do Nordeste das Distribuidoras e Editoras de Livros (Andelivros), Alventino Lima, a associação realizadora do evento. A diretora de Ensino, Cláudia Oliveira, o professor Cláudio Gonçalves, um dos homenageados, e a filha do jornalista Humberto de Moraes, também homenageado, Maria do Carmo Moraes, também participaram da ocasião.

HOMENAGEADOS

O escritor e professor da Rede Municipal de Ensino José Cláudio Gonçalves de Lima é um dos grandes homenageados da IV Bienal do Livro do Município de Garanhuns, junto ao jornalista Humberto de Moraes (in memorian). O escritor agradeceu a homenagem. “Gostaria de agradecer à Prefeitura e a Andelivros pela homenagem que estou recebendo. Quero dividi-la com todos os escritores de Garanhuns, que buscam trabalhar sempre em favor do descobrimento de novos talentos e preservação da cultura da cidade”, comentou.

Escritor Cláudio Gonçalves
José Cláudio Gonçalves de Lima nasceu em Garanhuns no dia 06 de agosto de 1971 e seu amor pela leitura iniciou ainda na infância, onde lhe foi despertado o dom literário. Sua carreira na literatura foi oficializada em 2009, com a publicação do seu primeiro livro, o romance histórico intitulado ‘Os Sitiados – A Hecatombe de Garanhuns’, uma das maiores tragédias políticas do interior de Pernambuco, ocorrida em Garanhuns em 15 de janeiro de 1917.

Em 2012, o professor publicou o livro ‘República’, uma ficção que narra de forma hilariante a vida na cidade interiorana de República, dominada pelo coronel Antônio Brandão. Em 2017, em virtude, do Centenário da Hecatombe de Garanhuns, lançou seu terceiro livro ‘A cobertura Jornalística da Hecatombe de Garanhuns’, resultado de 20 anos de exaustivas pesquisas.  O escritor é um dos fundadores do Instituto Histórico, Geográfico e Cultural de Garanhuns e, atualmente, faz parte da Academia Garanhuense de Letras. 

Jornalista Humberto de Moraes
O jornalista Humberto Alves de Moraes, nasceu em 1º de abril de 1926, em Calçado (PE), quando esta ainda era distrito de Canhotinho, e em 1938, a mudou-se, junto com a família, para Garanhuns e já nos primeiros anos de estudo, demonstrava seu espírito empreendedor e seu talento para jornalista, e com o incentivo do diretor do Colégio Diocesano de Garanhuns, Monsenhor Adelmar da Mota Valença, reeditou o jornal “O Ginásio”, órgão fundado por Luiz Souto Dourado.

Humberto de Moraes já atuou na imprensa, tendo começado na Rádio Difusora de Garanhuns em 1952, onde criou o noticiário “Cidade em foco”, programa jornalístico de grande credibilidade. Na sua longa carreira, escreveu também para os jornais “O Menor”, “Jornal de Garanhuns” e no “O Monitor”, onde criou a coluna política “Calçando 40”. Sua atuação como jornalista foi além de suas responsabilidades profissionais, e, confirmando seu espírito empreendedor, junto com seu irmão Cláudio Moraes, fundou a Associação Garanhuense de Imprensa – ÁGI. Exerceu cargos na política, sendo vereador por dois mandatos em Garanhuns. 

A programação completa do evento pode ser conferida no site da prefeitura, clicando aqui.

JOSÉ CORREIA PAES (CASÉ)

Lampião passou por essa casa. Sítio Queimada do André
Imagem/Blog Capoeiras

*Jornalista Ulisses Pinto

GARANHUNS - José Correia Paes, proprietário rural e ex-funcionário da Receita Estadual, Casé, como era conhecido em todo o Agreste Meridional, foi um dos últimos remanescentes dos habitantes da cidade de Paranatama que deu combate ao Grupo de Lampião na noite de uma sexta-feira para o sábado ou seja em 20 de junho de 1935, quando o "Rei do Cangaço" comandando um grupo de seis cabras tendo ainda ao seu lado a companheira "Maria Bonita". A então Vila de Serrinha fora invadida pelo temeroso bando através de uma estrada ainda hoje existentes entre o Sítio Lage de Pedras e o centro urbano. Na localidade antes falada, cometeu atrocidades, ao assassinar fria e barbaramente um cidadão por ter negado acompanhá-lo até o centro da Vila para informar onde ficava a residência do comerciante e atuante na política local, Francisco Epaminondas de Melo, conhecido por "Chiquito".

Mesmo  assim, levou à frente o seu intento e invadiu o adormecido lugarejo, quando teve oportunidade de chamar pelo nome de Chiquito, o que mais despertou a atenção dos seus habitantes, pois de qualquer maneira esperavam a incômoda visita. A esta altura, para o devido resguardo das famílias, Casé juntamente com João Cacheado; os irmãos Luiz, Manoel e João Alexandre; Inácio, João e José Bezerra de Assunção e Floriano Duda da Costa, enfrentaram o temível bando, impondo-lhe uma grande baixa que foi sem sombra de dúvida, o afastamento de Maria Bonita da entenda depois de ser atingida por projétil de "parabelum", deflagado por João cacheado.

Deu sua residência, Casé de revólver à mão, procurando a todo custo evitar o assedio verificando, conseguiu com os conterrâneos e por sinal na maioria de  98% parentes, revidar a altura o que mais tarde, caso Lampião viesse a conseguir vitória, trazer a tristeza no seio da Comunidade de Serrinha. De tradicional família, Casé era filho do Capitão João Correia de Assis, cuja memória é reverenciada na  cidade de Paranatama, com uma praça. Seu nome está perpetuado. 

José Correia Paes (Casé), faleceu em 15 de maio de 1980.

TCE JULGA ILEGAL PROCESSO DE ADMISSÃO DE PESSOAL EM BOM JARDIM

A Segunda Câmara do TCE julgou ilegal, na última terça-feira (15), um processo de admissão de pessoal da Prefeitura de Bom Jardim (n° 1855584-6), no exercício financeiro de 2018. A análise, sob relatoria do conselheiro substituto Luiz Arcoverde Filho, apontou irregularidades nas contratações temporárias de 797 servidores para ocupar diversas funções no município. 

As admissões foram feitas na gestão do prefeito João Francisco de Lira e, segundo relatório de Auditoria, não houve seleção simplificada ou concurso público prévio, no caso dos cargos de Agentes de Combate às Endemias. Além disso, foram encontradas três irregularidades: ausência de necessidade excepcional que deve reger as contratações temporárias, extrapolação dos limites para as despesas com pessoal da Lei de Responsabilidade Fiscal e acúmulo ilegal de funções. 

Os interessados ainda podem recorrer da decisão do TCE. Representou o Ministério Público de Contas na sessão, a procuradora Maria Nilda da Silva.

Gerência de Jornalismo do TCE

quarta-feira, 16 de outubro de 2019

3ª FELIS PROPÕE DEBATE SOBRE RISCOS À PRESERVAÇÃO DA MEMÓRIA


Terra de cantadores e de poetas, o município de Arcoverde sediará entre os dias 24 e 27 de outubro a terceira edição da Feira Literária do Sertão (Felis), uma co-realização da Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) e do Coletivo Cultural de Arcoverde (Cocar). O evento é o primeiro a ser realizado dentro do Circuito Cultural de Pernambuco, que reúne ações da Cepe, Secretaria de Cultura de Pernambuco e Fundarpe nas diversas linguagens artísticas. Serão mais de 40 horas e quase 60 atividades dentro de uma programação totalmente gratuita, que abrirá espaço para lançamentos de livros de autores locais e convidados, palestras, rodas de conversas, debates, apresentações musicais, oficinas, teatro, dança e gastronomia.

Com o tema Literatura, Preservação e Memória, a Felis aportará na Praça Winston Siqueira – principal espaço de lazer da cidade -, ocupando também outros espaços, como a feira livre, que receberá intervenções com a participação de poetas do município, Pesqueira e Alagoinha. 

Convidados - Miró da Muribeca, considerado um dos mais inventivos poetas contemporâneos do Brasil, recentemente homenageado pela 14ª edição da Balada Literária (Biblioteca Mario de Andrade/SP); Marileide Alves, autora do livro Povo Xambá resiste – 80 anos de repressão aos terreiros em Pernambuco, finalista do Prêmio Jabuti, a escritora Ezter Liu (primeira mulher a receber o título máximo do Prêmio Pernambuco de Literatura), o Coco Trupé de Arcoverde estão entre as atrações da programação.

SERVIÇO
3ª Feira Literária do Sertão
Tema: Literatura - Preservação & memória
Local: na Praça Winston Siqueira, em Arcoverde
Período: de 24 a 27 de outubro

SEMINÁRIO CONEXÕES FINANCEIRAS ABRE A SEMANA NACIONAL DE CRÉDITO EM GARANHUNS

Durante o mês de outubro, o Sebrae realiza em todo o país a Semana Nacional de Crédito, um projeto que tem como objetivo levar ao conhecimento de micro e pequenos empresários informações sobre ofertas de crédito disponíveis nas instituições financeiras, o processo de recuperação de negócios e a regularização de crédito em condições melhores e diferenciadas, tudo sob a orientação de especialistas.

Serviço: Semana Nacional de Crédito em Garanhuns

Local: auditório da Unidade Agreste Meridional do Sebrae – Av. Rui Barbosa, 671, 1º andar, Heliópolis

Inscrições: https://loja.pe.sebrae ou 0800 570 0800 ou Unidade do Sebrae em Garanhuns

Informações: (87) 3221.3333

Programação:

Quinta (17/10)

Seminário Conexões Financeiras

18h às 18h30 – Credenciamento

18h30 às 20h30 – Palestra “Finanças x Tecnologia – o futuro das finanças na Era Digital”

20h30 às 22h – apresentação das instituições financeiras

Terça (22/10)

Palestras – Formalização, Conta Jurídica e Acesso ao Crédito

8h30 às 9h – credenciamento

9h às 11h – palestra “Mitos x Verdades sobre o MEI”

11h às 12h – apresentação das instituições financeiras

Terça (29/10)

Palestras – Formalização, Conta Jurídica e Acesso ao Crédito

8h30 às 9h – credenciamento

9h às 11h – palestra “Mitos x Verdades sobre o MEI”

NOVA COMISSÃO DO PSB GARANHUNS ESTÁ ALINHADA COM SIVALDO ALBINO


*Blog do Cisneiros

Sem surpresas e de forma consensual, o Partido Socialista Brasileiro anunciou sua nova Comissão Provisória Municipal em Garanhuns. Sob a liderança do deputado estadual Sivaldo Albino, líder dos socialistas na ALEPE, partido do Governador Paulo Câmara, o atual presidente do PSB local, o odontólogo Dorgival Figueiredo, permanece à frente da legenda, agora com Sivaldo na vice-presidência. Questionado porque não assume ele próprio a presidência do partido, Sivaldo explica que sua agenda de compromissos em Recife dificultaria os encaminhamentos que vêm sendo tomados pelo partido, e que Dorgival já vem fazendo um ótimo trabalho. "Dorgival Figueiredo é um grande aliado e liderança importante no projeto do partido, principalmente em Garanhuns. O PSB segue muito bem representado em nosso município" - Afirma o deputado.

O PSB Garanhuns vem trabalhando para formar uma chapa competitiva para disputar as eleições do próximo ano, com uma previsão de eleger entre quatro e seis vereadores em 2020.

Quanto à eleição para prefeito, Sivaldo Albino é o preferido da legenda em Garanhuns e da Comissão Estadual, contudo, Sivaldo deixa este debate para o próximo ano: "2020 a gente trata em 2020, por enquanto o empenho é montar um grupo forte, inclusive com partidos aliados, a exemplo do PSD de nossos amigos Alexandre Marinho, Roberval e Rafael Peixoto, e o MDB, que tem a presidência do amigo e aliado, o ex-prefeito Ivo Amaral." - diz Sivaldo.

Ainda segundo Sivaldo, o PSB e as legendas aliadas iniciaram a construção de um plano de governo que possam apresentar a Garanhuns no próximo ano, recebendo as demandas da população e das instituições representativas. "Temos a obrigação de mostrar um bom projeto de desenvolvimento, social e econômico, e é isto que vamos priorizar, deixando o debate eleitoral para a época eleitoral." - Finaliza o deputado.

A nova composição da comissão provisória foi publicada no site do TSE, nesta segunda-feira (14). Além de Dorgival Figueiredo e Sivaldo Albino, a comissão conta com o empresário e ex-Gerente da Casa Civil do estado, Ivailton Areias na tesouraria, com Johny Albino, diretor da CIRETRAN, na secretaria geral, e como membros, o instrutor Leonardo Figueiredo, a advogada e ex-candidata a prefeita, Claudomira Andrade e o ex-secretário de obras do município, Hélio Faustino.

PROJETO DE FERNANDO RODOLFO AUMENTA PENA PARA QUEM AMEAÇA A MULHER

*Blog do Edmar Lyra

O deputado federal Fernando Rodolfo (PL-PE) protocolou na terça-feira, 15, projeto de lei que altera o Código Penal aumentando a pena para quem ameaçar gravemente a esposa, companheira ou namorada.

O PL 5537/2019 amplia para até três anos a detenção de quem “ameaçar alguém, por palavra, escrito ou gesto ou qualquer outro meio simbólico de causar-lhe mal injusto e grave”, conforme determina o artigo 147 do Código Penal. A pena é elevada em dois terços se a vítima for mulher. A pena atual é de detenção de seis meses a um ano.

Na justificação do projeto de lei, Rodolfo argumenta que são cada vez mais frequentes os registros de maridos, companheiros ou namorados de ameaçar ou chantagear caso elas cogitem ou decidam pela separação. “São óbvios os efeitos de tais ameaças ou chantagens, com sequelas psicológicas graves”, assinala.

Segundo o deputado pernambucano, “apesar dos grandes avanços obtidos pela Lei Maria da Penha no combate à violência contra a mulher, urge desestimular este verdadeiro terror psicológico exercido pelo marido ou companheiro”.

Assinala que a pena em vigor por ameaças desta ordem é branda. “Aumentando a pena, poderemos evitar que se proliferem, como ocorre atualmente, já que a punição é suave, os episódios nos quais a mera ameaça se transforma em prática, engordando as trágicas estatísticas de feminicídio no país”, conclui Fernando Rodolfo.

CONCURSO POLÍCIA MILITAR DA BAHIA COM 1.250 VAGAS


O Governo do Estado da Bahia publicou o edital nº 02/2019 de abertura das inscrições ao concurso que vai selecionar candidatos ao Curso de Formação de Soldado da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar. Este novo concurso PM BA está, mais uma vez, sob o comando do IBFC.

O edital ora publicado prevê a oferta de 1.000 vagas para participação no Curso de Formação de Soldado da Polícia Militar (QPPM) e 250 vagas para o Curso de Formação de Soldado do Corpo de Bombeiros Militar (QPBM).

Contudo, a previsão governamental é de que, além destas 1.250 vagas já distribuídas para o ano de 2020, outras 1.250 vagas serão preenchidas somente no ano de 2021, aproveitando-se os candidatos classificados. Com isso, o total geral de vagas será de 2.500 para os próximos dois anos.

Requisitos mínimos

Os requisitos mínimos para concorrer a uma das vagas são: idade entre 18 e 30 anos, ensino médio (ou formação técnica profissionalizante de nível médio), habilitação categoria “B” e altura mínima de 1,60m para candidatos do sexo masculino e de 1,55m para candidatas do sexo feminino.

Além dessas condições prévias, os candidatos devem ter nacionalidade brasileira ou portuguesa, aptidão física e mental para desempenho das atribuições, estar em dias com as obrigações militares e eleitorais, ter idoneidade moral, entre outras exigências que devem ser atentamente observadas antes da inscrição.

Remuneração

Em princípio, o candidato aprovado ingressa na condição de Aluno Soldado PMBA/CBMBA, o que lhe dará direito ao recebimento mensal de bolsa de estudo no valor de um salário mínimo.

Após a conclusão do Curso de Formação de Soldados da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar, o soldo é reajustado, quando ele atinge o posto de Soldado PM propriamente dito. Nessa condição, a remuneração poderá atingir o valor de R$ 3.410,68.

Inscrições para o concurso PM BA
Os candidatos deverão se inscrever por meio da página do IBFC (www.ibfc.org.br), dentro das 9h do dia 21 de outubro até 23h59min do dia 19 de novembro de 2019, pagando o valor de R$ 70,00.

Os candidatos poderão, já no momento da inscrição, escolher a região de classificação – município/sede e o sexo (masculino e feminino) bem como se irá concorrer às cotas. Na primeira convocação, prevista para 2020, serão priorizadas as regiões de Salvador, Itaberaba, Itabuna, Alagoinhas, Barreiras, Feira de Santana, Ilhéus, Jequié, Juazeiro, Paulo Afonso, Porto Seguro, Santo Antônio de Jesus, Teixeira de Freitas e Vitória da Conquista.

GARANHUNS SENTE A PERDA DE CRISTIANA NOTARO

*Blog do Roberto Almeida

Morreu do domingo para a segunda, num hospital da cidade, a garanhuense Cristiana Santana Notaro, 48 anos, filha de dona Edeilza Notaro, proprietária da floricultura Flores de Abril, que funciona há muitos anos na Avenida Santo Antônio.

Falecimento de Cristiana, com muitos amigos em Garanhuns, deixou todos que a conheciam tristes e consternados. Ela era sobrinha da ex-primeira dama Edjenalva Amaral, afilhada do ex-prefeito Ivo Amaral.

Ivo confessou ter sentido muito a morte de Cristiana Notaro, admitindo que dona Nalva está abalada. "Ela e a mãe almoçavam todas às quinta-feiras conosco", revelou.

Comerciante levou uma queda, pouco tempo atrás e quebrou o braço em três lugares. Foi levada a um hospital local para ser operada e lá os médicos descobriram que tinha diabetes, além de sofrer com asma.

Essas doenças tornaram a cirurgia delicada, tendo sido feita com anestesia local.

Cristiane estudou o curso pedagógico no Colégio Santa Sofia e trabalhava ajudando a mãe na floricultura. Seu pai, o comerciante garanhuense Mário Notaro, já é falecido.

terça-feira, 15 de outubro de 2019

FESTIVAL MACUCA DAS ARTES ANUNCIA PROGRAMAÇÃO


Música, cinema, artes plásticas, cultura popular. Marcando o retorno da Macuca ao mundo dos festivais, após vários eventos de destaque, o Macuca das Artes, que promete movimentar Pernambuco durante os dias 25 e 26 de outubro, anuncia nesta quarta-feira (11), a programação completa de música do festival que acontece no Sítio Macuca, zona rural de Correntes. Ave Sangria, Gabi da Pele Preta, Reverbo, Chico César, Luedji Luna, Arnaldo Antunes, DJ 440 (Terça do Vinil) e DJ Paulo Pezão são alguns dos nomes confirmados na grade do festival que é considerado o “Woodstock do Agreste Pernambucano”. 

Ponto de Cultura do estado, foi contemplado nacionalmente pelo Prêmio Culturas Populares, pelo Ministério da Cultura, por buscar o beneficiamento sociocultural da região através do fortalecimento da economia, empregos diretos e indiretos e promoção de atividades culturais gratuitas. 

Sob o céu estrelado, luz de candeeiro e ausência de luz elétrica, o Macuca das Artes é uma verdadeira imersão para quem busca contato com a arte, música e a natureza.

Além de uma aconchegante área de camping, piscina de água corrente e uma estrutura de banheiros que inclui opção de banho quente, o Festival também dispõe de restaurantes onde serão servidos café da manhã, almoço, jantar, petiscos e lanches. Incluindo opções veganas, vegetarianas e sem glúten.

Os ingressos para o Festival Macuca das Artes custam de R$ 50,00 a R$ 150,00. Todos os valores dos bilhetes para shows, camping e transfer, estão disponíveis no site da  Sympla: www.sympla.com.br/macucadasartes2019

PROGRAMAÇÃO

Macuca das Artes | Música

Sexta 25/10

23h Reverbo

0h20 Luedji Luna

1h50 Arnaldo Antunes

3h50 DJ Paulo Pezão

Sábado 26/10

14h Cortejo Boi da Macuca (Poço Comprido)

20h30 Gabi da Pele Preta

22h Ave Sangria

0h Chico César

2h Terça do Vinil com DJ 440

O VALOR DO PROFESSOR

Almerinda Espíndola Rodrigues

*Almerinda Espíndola Rodrigues

Ensinar é construir,
É levar sem pressentir
Um novo nome, um brasão
É fazer do réu tremendo,
Na sua cela gemendo,
Um perfeito cidadão.

Ai de mim, na luta infinda,
Que a estudar vivo ainda
O ABC da história
Pois falar do professor
É folhear o valor,
É celebrar uma glória.

Uma glória que encanta
O mundo que desencanta.
Todo dia, em esplendor,
Pela mente esclarecida
E a palavra colorida
Dos lábios do professor.

Seus valores quem pudera,
Neste globo ou noutra esfera,
Descrever com precisão?
Qualquer que seja a bonança
Que na vida se alcança
Vem da situação.

É base por excelência,
Ou melhor a resistência
Deste mundo social.
Por isto, este teu dia
Festejar com alegria
Deve ser todo ideal.

Aluno que vens me ouvir,
Desperta bem teu sentir,
Neste dia que bendigo.
Leva ao teu mestre cansado,
Pela luta desdobrado,
O teu abraço bem amigo.

Dá-lhe o pão da caridade
Que é amor, que é bondade
Entre a fraqueza e poder.
Nas suas mãos, tua vida
É uma flor tão querida,
É uma planta a crescer.

Vem depressa, com ternura,
Saudar a nobre figura
Do teu meigo professor.
Gratidão é um presente,
O maior, o mais ingente,
Que se dá com louvor.

Louvar é ter em mente
Um personagem fluente
Em função de benfeitor.
Agora, diz-me criança,
Onde está tua esperança
Se não no teu professor?

O seu valor não altera.
Dele a própria Pátria espera
A grandeza do porvir
Não tem ouro, não tem prata,
Só o saber o exalta
No desejo de servir.

Servir é dar, é sofrer,
É para os outros viver
Em sincera devoção.
Assim é que o professor
Se entrega com fervor
À causa da instrução.

E quem não lê não aprende,
Não vive e nem entende
Deste mundo o grande mal.
Desconhece os encantos da vida,
Foge da honrada lida,
Vivendo sem ideal.

E para que não cresça
E nem tampouco floresça
Aquele joio nefando,
Marchai professores
Com os valores,
Gemendo ou cantando.

DOZE DE OUTUBRO


*Givaldo Calado de Freitas

Gosto desse dia. Desde menino. Como meu pai dizia: “desde garoto”. E minha mãe: “desde travesso”. Neste dia, a um só tempo, a gente festeja tantos. Todos grandes, enormes em suas histórias... a começar pelo nosso. Daqui. Que vive em nossos corações, eternamente - o aniversário de nosso Colégio.

Ah! Como gosto dele, desde menino, garoto, travesso... Apesar do padre que nos queria homem, gente. Homem e gente, no esplendor da palavra - fiel, sério, correto, vertical, honesto, solidário...

Esta data, doze de outubro, festejo sempre, faz anos. Já encerra décadas. Ah! Tantas! Antes, como aluno orgulhoso e fascinado, sobretudo pelos festejos de seu aniversário, em particular por seus desfiles pelas ruas e avenidas da cidade, e, depois, como ex-aluno, que nunca soube disfarçar, esconder mesmo, suas emoções por ter passado pelas bancas do “Gigante da Praça da Bandeira”.

Aqui, um relevo. Devo destacar, neste doze de outubro, nossas crianças e Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, também como seu dia.


Fixei-me, no entanto, apenas nestas, neste doze de outubro. No “Querido Lar”, em nossas crianças e em Nossa Senhora Aparecida, a ela pedindo sua intercessão, junto ao Senhor, por nossa gente de todos os credos. “Peçamo-la primeiro ao Espírito Santo por intercessão da Senhora” - nos ensina o Pe. Antônio Vieira.

Por fim, também me alegra este doze de outubro por festejar “o Dia Nacional da Leitura”, exato quando se sabe que cada vez mais o hábito da leitura passa ao largo de nossos filhos e netos. Voltaire já dizia, no seu longínquo tempo: “lê-se muito pouco”. E certo epigramatista: “O destino dos homens, sabe-se bem: muitos conclamados, poucos escolhidos. O destino dos livros, ei-lo também: muitos aclamados, poucos lidos”.

Ainda chegava o crepúsculo matutino, neste doze, mas já dizia a mim mesmo que iria até o crepúsculo vespertino para poder levar comigo, mais fortes, as imagens que vi, hoje; as acolhidas que recebi ao longo desse dia santificado.

Mas eu digo: festejamos, além de tantos, o dia - do “Gigante”. Do sempre “Gigante da Praça da Bandeira”. Em minha cidade.

* Acadêmico, Figura Pública e Empresário

6º EDIÇÃO DA FESTA DA PALAVRA ACONTECE EM CARNAÍBA


Uma viagem pelo livro ilustrado, onde palavras e imagens, juntas, contam a história, tendo como colo o objeto livro. Este texto poético está na apresentação da sexta edição da Festa da Palavra, que acontece em Carnaíba, a 400 quilômetros do Recife, entre os dias 23 e 26 deste mês. A poesia, na verdade, vai estar presente em cada cantinho da cidade seguindo o caminho mágico trilhado por escritores, ilustradores, contadores de histórias que estarão envolvidos nos debates, nos lançamentos de livros, nas discussões que o tema proporciona e que farão ecoar Sertão adentro. O mundo do Era uma vez…, o cheiro do livro, a maciez de suas páginas, o papel com suas letras, imagens e espaços em branco. Momentos para apenas deixar o coração sentir. Ler o livro, ler o mundo, escrever nossa história. Uma história que também será reescrita por todo aquele que mergulhar no universo proposto pela Festa da Palavra.

O evento conta com atividades em vários pontos da cidade, como o Teatro Municipal José Fernandes de Andrade, o Conservatório de Música, Escola Municipal Cônego Luiz, Centro Educação Infantil Marluce Bezerra, Complexo Educacional Governador Miguel Arraes e Escola de Referência Joaquim Mendes. Entre os convidados especiais estão os escritores Maria Valéria Rezende – uma santista que reside na Paraíba e conta com mais de 20 livros escritos para crianças, jovens e adultos -, Marcia Leite – tem cerca de 40 livros publicados, alguns deles premiados -, Susana Ventura – professora de literatura e escritora de livros para crianças e jovens -, Lenice Gomes – especialista em literatura infanto-juvenil – e a historiadora Stela Maris Fazio Battaglia. Também estarão presentes os ilustradores Odilon Moraes, ganhador de vários prêmios Jabuti, e Roberta Asse, autora da Coleção das crianças daqui.