sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

EXU - GOVERNO DE PERNAMBUCO FESTEJA O ANIVERSÁRIO DO REI DO BAIÃO

Todo dia 13 de dezembro, o município de Exu se enfeita para celebrar seu filho mais ilustre: o Rei do Baião, Luiz Gonzaga. Sabendo da importância de manter a memória deste artista, o Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Cultura e Fundarpe, em parceria com a Prefeitura do Exu, promove este ano o Festival Viva Gonzagão, uma celebração que vai durar três dias (de 11 a 13 de dezembro). Os artistas convidados – em sua maioria sanfoneiros e tocadores do legítimo forró pé-de-serra – se apresentarão em dois polos: Polo Danado de Bom (Praça Luiz Gonzaga) e Polo Gonzagão do Povo (Praça de Eventos). Além das apresentações, a programação conta ainda com um sarau poético-musical e a 1ª Caminhada das Sanfonas de Exu.

GONZAGA - Numa casa de barro batido da fazenda Caiçara, localizada no sopé da Serra do Araripe, no dia 13 de dezembro de 1912, nascia o segundo filho de Ana Batista de Jesus Gonzaga, a mãe Santana, e Januário José dos Santos Nascimento. Recebeu o nome por ter nascido no dia da festa de Santa Luzia, virou Luiz. Cresceu ali, no roçado ajudando o pai, que sabia tocar a sanfona de oito baixos. Luiz Gonzaga aprendeu desde cedo e sanfona. Tocou em feiras e bailes da região, até que deixou a terra natal, entrou pro exército e lançou-se no mundo e na música, para sorte de todo brasileiro, que passou a ter, em Gonzaga, um símbolo máximo do Nordeste e seus símbolos mais genuínos, traduzidos pela voz, pela sanfona e pela poética de Gonzagão.

PROGRAMAÇÃO

DIA 11
Polo Danado de Bom – Praça Luiz Gonzaga, às 19h
Sarau poético musical
Seguidores do Rei 

DIA 12
Polo Danado de Bom – Praça Luiz Gonzaga, 16h
Projeto Asa Branca
Carlos Araújo
Zezinho de Exu
Ivonete Ferreira
Quarteto Xoteado 

Polo Gonzagão do Povo – Praça de Eventos, 20h
Diego Alencar
Rafael Moura
Serginho Gomes
Joãozinho do Exu
Waldonys 

DIA 13
Polo Danado de Bom – Praça Luiz Gonzaga, 16h
1ª Caminhada das Sanfonas de Exu
Cavalgada Viva Gonzagão (saída da estátua de Luiz Gonzaga)
Vald Félix
Tony Monteiro 

Polo Gonzagão do Povo – Praça de Eventos, 20h
Cosmo Sanfoneiro
Danilo Pernambucano
Jorge do Acordeom
Targino Gondim
Fulô de Mandacaru
Apresentação de Iponax Vila Nova. Participação especial de Daniel Gonzaga

Foto: Eric Gomes/Secult-PE

DIRETORA DA AMUPE REPRESENTARÁ O BRASIL NA COP25 MADRID

A diretora da mulher da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) e prefeita de São Bento do Una, Débora Almeida, foi convidada pela Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (RAPS) para integrar a comitiva brasileira na Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas que acontece em Madri, na Espanha, entre os dias 02 e 13 de dezembro. Um dos principais objetivos do encontro é buscar formas de acelerar o combate ao aquecimento global.

A prefeita de São Bento do Una é uma líder RAPS. Débora Almeida viaja neste sábado, dia 07 de dezembro, para participar do evento e vai integrar a mesa “Reunião Fechada Entre Líderes Municipais, Estaduais e do Congresso Brasileiro por Alianças pela Pauta Climática” no dia 09 de dezembro, às 9h, com as presenças do Prefeito de Recife, Geraldo Júlio, do Prefeito de Manaus, Arthur Virgílio e do deputado federal por São Paulo, Rodrigo Agostinho.

Ela estará presente também nos painéis “Crise climática: olhares da política brasileira”, ainda no dia 09, às 18 horas, com a participação da diretora executiva da RAPS, Mônica Sodré e do senador pelo Amapá, Randolfe Rodrigues. Já no dia 11 de dezembro, a prefeita participará do “Diálogo Internacional de Alto Nível dos Governos Locais e Regionais para a Mudança Climática: Acelerar desde o local: Um compromisso comum com a mudança climática”, às 13h.

COP-25

“O debate abordará os principais desafios, riscos, oportunidades e compromissos para o fortalecimento da agenda do clima nas diferentes esferas da federação”, informa o convite da RAPS. A COP25, como é conhecida, recebe representantes de 200 países para discutir as mudanças climáticas até o próximo dia 13 deste mês.

Com informações ASCOM São Bento do Una

TCE JULGA GESTÃO DA PREFEITURA DE CABROBÓ E DA CÂMARA DE SANTA TEREZINHA

A Segunda Câmara do Tribunal de Contas julgou na última terça-feira (3), as contas de gestão de 2016 do ex-prefeito de Cabrobó, Antonio Auricelio Menezes Torres, e do ex-presidente da Câmara de Vereadores de Santa Terezinha, Manoel Gonsalves da Silva, referentes a 2018. As relatorias foram do conselheiro Carlos Neves e do conselheiro substituto Luiz Arcoverde Filho, respectivamente.

Em relação a Cabrobó, a auditoria (Processo TC nº 17100246-5) foi realizada pela equipe técnica da Inspetoria Regional de Petrolina que constatou irregularidades, a exemplo do não recolhimento de R$ 2.801.056,48 referentes a contribuições previdenciárias ao Regime Próprio da Previdência Social. Além de comprometer o equilíbrio financeiro do regime, a prática contribui para o aumento da dívida previdenciária municipal e dos encargos decorrentes de juros e multas, cujos prejuízos são repassados às gestões seguintes.

Por outro lado, a gestão não promovia o controle dos gastos com combustíveis e ainda realizava despesas sem licitação, como aconteceu em uma contratação de seguro para veículos, no valor de R$ 111.431,20, e em outra para aquisição de materiais de construção, que custou R$ 129.216,32 aos cofres do município.

Os fatos apontados levaram o conselheiro Carlos Neves a imputar ainda uma multa ao interessado no valor de R$ 8.396,50, a ser recolhida no prazo de até 15 dias do trânsito em julgado da decisão, ou seja, quando não couber mais recursos no TCE, ao Fundo de Aperfeiçoamento Profissional e Reequipamento Técnico do Tribunal, mediante boleto bancário a ser emitido no site da instituição, clicando aqui. 

SANTA TEREZINHA – As contas de gestão de 2018 da Câmara Municipal de Santa Terezinha foram julgadas regulares com ressalvas pela Segunda Câmara do TCE (Processo TC nº 19100031-0).

O relator determinou ao atual presidente do legislativo municipal, ou quem vier a sucedê-lo, que atente para que as futuras prestações de contas sejam entregues com todas as informações obrigatórias. Quanto às novas contratações, o gestor deverá verificar se os preços e as condições apresentados representam a solução mais vantajosa para a localidade.

Os votos foram aprovados por unanimidade, os interessados ainda podem recorrer das decisões. Representou o Ministério Público de Contas, na sessão, o procurador Guido Rostand. 

Gerência de Jornalismo do TCE.

FPM EXTRA PARA PREFEITURAS SOMA R$ 4,5 BILHÕES E SERÁ CREDITADO SEGUNDA (9)


MUNICÍPIOS DO AGRESTE MERIDIONAL DE PERNAMBUCO  SEUS COEFICIENTES  E VALORES                                

0,6 - Brejão, Palmeirina e Terezinha: R$ 401.545,51

0,8 - Angelim, Paranatama, Jucati, Lagoa do Ouro e Calçado: R$ 535.394,01 

1,0 - Jupi, Jurema e Saloá: R$ 669.242,52

1,2 - Cachoeirinha, Capoeiras, Correntes, Iati, Pedra, São João e Venturosa: R$ 803.091,02

1,4 - Caetés e Canhotinho: R$ 936.939,53 

1,8 - Águas Belas e  Lajedo: R$ 1.204.636,53

2,0 - Bom Conselho: R$ 1.338.485,04

2,2 - Buíque e São Bento do Una: R$ 1.472.333,54 

3,6 - Garanhuns: R$ 2.409.273,06

O repasse adicional de 1% em dezembro do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) – no valor total de R$ 4,5 bilhões – será creditado às prefeituras na segunda-feira, 9 de dezembro, até as 18 horas. Na terça, 10, ocorre o repasse do primeiro decêndio do mês. A quantia extra é fruto de conquista da Confederação Nacional de Municípios (CNM) em 2007 por meio da Emenda Constitucional 55.

Os gestores podem conferir o valor que será creditado ao Município na nota técnica da CNM sobre o 1% de dezembro. As informações foram agrupadas por Estados e coeficientes, as tabelas têm os valores brutos do repasse e com o desconto do Pasep.

Tal adicional é referente a 1% do valor da arrecadação do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) e do Imposto de Renda (IR) contabilizado de dezembro do ano passado até o fim de novembro de 2019. Com base em dados do relatório de avaliação fiscal do Ministério da Economia, a Confederação estimou e divulgou o montante previsto em R$ 4,448 bilhões – valor apenas 0,25% abaixo do valor a ser repassado.

O adicional de 1% de dezembro é 8,36% maior do que o repasse de 2018, que somou R$ 4,152 bilhões. Nos últimos 13 anos, ou seja, de 2007 a 2019, os cofres municipais receberam R$ 38,844 bilhões relacionados a repasses extras – consequência de luta constante da CNM em prol dos Municípios. É importante destacar que a quantia ajuda os gestores a pagarem o 13º salário e as folhas de pagamento.

Todos os anos, nos meses de julho e dezembro, os Municípios recebem 1% da arrecadação do IPI e IR referente aos 12 meses anteriores ao mês do repasse. O FPM é composto de 22,5% da arrecadação desses tributos – repassados a cada decêndio e distribuídos de forma proporcional de acordo com tabela de faixas populacionais, os chamados coeficientes.

Cabe salientar ainda que, de acordo com a redação da Emenda Constitucional 55/2007, ao 1% adicional do FPM não incide retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). No entanto, por se tratar de uma transferência constitucional, os valores devem incorporar à Receita Corrente Líquida (RCL) do Município e, consequentemente, ser aplicados em ações de Manutenção e Desenvolvimento de Ensino (MDE).

Da Agência CNM de Notícias
Imagem: Arte/CNM

SIVALDO ALBINO DESTINA R$ 200 MIL PARA IMPLANTAÇÃO DE MUSEU DINÂMICO EM GARANHUNS


O deputado estadual Sivaldo Albino (PSB) destinou emenda no valor de R$ 200 mil à FUNDARPE (Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco), para que seja implantado o Museu Dinâmico do Festival de Inverno de Garanhuns, um espaço dedicado a preservar e promover a cultura de Garanhuns e a memória do maior evento multicultural do país. Confira:

“A implantação do Museu Dinâmico do FIG em Garanhuns constitui não apenas um antigo sonho dos amantes do Festival de Inverno, mas será também a garantia da preservação da memória do maior evento multicultural do país. E, sem dúvida, tem tudo para se tornar também um dos mais interessantes pontos turísticos do nosso estado.

A ideia, já inicialmente discutida com o Secretário de Cultura do estado, Gilberto Freire Neto, e com o Presidente da FUNDARPE, Marcelo Canuto, é de implantar em Garanhuns um Museu Dinâmico que possa acolher e disponibilizar para o público visitante toda a memória fotográfica, auditiva e jornalística do Festival, desde sua criação, além de ser também um espaço de produção audiovisual que possibilite aos artistas de Garanhuns e do agreste produzirem cultura, produzirem sua arte – de maneira que o Festival seja não somente um espaço de reprodução de cultura externa, mas que seja também local de criação e produção cultural para os talentos da região.

Essa nossa emenda parlamentar, portanto, é uma espécie de 3 em 1, cujo objetivo é ser o ponto de partida para a implantação de um espaço multicultural composto pelo Museu do FIG, por um Centro de Produção Audiovisual e por um espaço multicultural para realização de pequenos eventos e apresentações.

Com certeza este espaço dará um novo impulso à cultura do nosso município e do nosso agreste.”

Sivaldo Albino
Dep. Estadual

EMPRESA EÓLICA BENEFICIA COMUNIDADES RURAIS DO AGRESTE MERIDIONAL

Venturosa, PE - Comunidade Grotão
Imagem/Elionardo Oliveira

Do Blog Capoeiras

A Agência de Desenvolvimento Econômico Local (Adel), instituição com sede no Ceará e atuação em todo o Nordeste, inicia projetos com foco na promoção do desenvolvimento local de comunidades rurais no sertão pernambucano. As ações integram o Programa Echosocial Ventos que Transformam, da Echoenergia.

As atividades foram definidas após a realização de um diagnóstico que contou com a intensa participação de moradores das próprias comunidades. O acesso à água e à educação foram os principais desafios identificados como entrave ao desenvolvimento local.

Acesso à água

Tecnologias socioambientais de acesso à água como a perfuração de poços profundos e desenvolvimento de sistemas de abastecimento de água para consumo humano, produção de alimentos e inclusão social das famílias estão sendo realizadas neste mês de dezembro e seguirão em 2020.

As ações de segurança hídrica beneficiarão cerca de 1.400 pessoas das comunidades rurais Barrocas, Laguinha, Quitonga, Exu, Mulungu, Serrote, Tanque Novo, Pau Ferro, Toquinho, Serra de Dentro, Paraguai, Vermelha e Piado, nos municípios Caetés e Capoeiras. O projeto, como um todo, vai até julho de 2021.

“As atividades de mobilização e capacitação das famílias e lideranças formam parte integran­te da metodologia, o que, dentre outros fatores, caracteriza as referidas soluções como tecnologias socioambientais passíveis de serem implementadas a partir de ação direta das famílias e lideranças beneficiadas e não apenas como obras de engenharia”, complementa Gomes.

Venturosa

De acordo com o diretor de Novos Negócios da Adel, Wagner Gomes, serão realizadas capacitações para o aprimoramento pedagógico e o desenvolvimento de competências socioemocionais com estudantes, professores e gestores da Escola Municipal de Ensino Fundamental Manoel Alves de Araújo, da comunidade Grotão, em Venturosa. Além de formação, o projeto educacional inclui a reforma e ampliação da estrutura física da escola que atende a 122 crianças e adolescentes nos segmentos de Ensino Fundamental I e II. As obras vão até março do ano que vem.

“O conteúdo das formações foi desenvolvido especialmente para este projeto. Essa etapa consiste em atividades de cunho formativo para ampliação de capacidades das famílias e lideranças, no que tange a conhecimentos, ferramentas, estratégias e técnicas que permitam a elas o uso eficiente e o melhor aproveitamento do potencial hídrico de suas propriedades e comunidades”, comenta Gomes.

As obras, que já foram iniciadas, incluem a construção da coberta da quadra poliesportiva da escola e obras para reforma da estrutura física da edificação principal.

Mais sobre o Programa

O foco do Programa Echosocial Ventos que Transformam é contribuir para o desenvolvimento local dos territórios do entorno dos complexos eólicos da empresa, gerando impactos sociais, econômicos, ambientais e educacionais positivos. Tem como premissa o conceito de desenvolvimento humano, entendido como a ampliação das liberdades pelas pessoas através da aquisição de capacidades por esses atores sociais.

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

CONTAS DA CÂMARA MUNICIPAL DE CACHOEIRINHA JULGADAS IRREGULARES

A presidente da Câmara Municipal de Cachoeirinha, Silvia Magnólia Souza Xavier, teve sua prestação de contas de gestão, relativa ao exercício financeiro de 2018, julgada irregular pela Segunda Câmara do TCE, em sessão realizada na última terça-feira (3). O relator do processo (nº 1924409-5), conselheiro substituto Marcos Flávio Tenório, aplicou uma multa à gestora no valor de R$ 8.396,50. 

O relatório de auditoria apontou diversas irregularidades no que se refere à transparência pública do órgão, em descumprimento a exigências estabelecidas na Lei de Responsabilidade Fiscal e na Lei de Acesso à Informação. 

A Câmara Municipal de Cachoeirinha deixou de disponibilizar em seu site oficial e portal de transparência todas as informações e instrumentos relativos à gestão fiscal exigidas pela legislação pertinente, atingindo o nível “crítico”, conforme o Índice de Transparência dos Municípios de Pernambuco (ITMPE). 

No ano passado, o Poder Legislativo local não deu informações sobre prestações de contas, Relatórios de Gestão Fiscal (RGF) e Versões Simplificadas do RGF. Também não disponibilizou de forma satisfatória e em tempo real, como deve ser, os dados sobre a execução orçamentária e financeira com o conjunto mínimo de informações obrigatórias relativas à despesa e à receita. 

Todas as informações só vieram a ser disponibilizadas este ano, ou seja, não foram observadas regras fundamentais para garantir transparência e permitir o acesso à sociedade para o controle social, assim como o controle externo, exercido pelo Tribunal de Contas e demais órgãos de fiscalização. Por esta razão, o relator determinou que a presidente da Câmara Municipal mantenha a atualização do Portal da Transparência, sob pena de aumento no valor da multa aplicada.

O procurador Guido Monteiro representou o Ministério Público de Contas no julgamento. A gestora ainda pode recorrer da decisão. 

Gerência de Jornalismo do TCE.

A REVANCHE DO SEU CANAIS

Por Clovis de Barros Filho*

Trabalhei durante muito tempo numa empresa química aqui em São Paulo. Naquela oportunidade, tínhamos como parceiro e fornecedor uma grande fábrica alemã cujo diretor técnico era um senhor muito sério e competente chamado  Sr. Canais. Falar com o senhor Canais não era tarefa fácil. Primeiro porque era difícil entender  seu português enroladíssimo. Segundo, porque ele era muito protocolar se fazia de difícil era como se fosse dono (no fundo mandava mesmo). O sujeito para falar com ele tinha que passar antes por duas senhoras, a recepcionista e em seguida a secretária. Seu Canais não ria nunca, tratava os assuntos com a maior seriedade era sempre uma reunião tensa fosse qual fosse o assunto. Tratava a secretária com todo respeito e quando era para pedir que servisse um cafezinho, a moça entrava na sala e percebia-se o medo que tinha do chefe. Tive muitas reuniões com o Seu Canais todas sempre com esse nível de formalidades. Sem piadinhas, sem conversas amenas. 

Isso foi lá pelos meados dos anos 80, tempo que ainda solteiro costumava ir sempre ao Rio de Janeiro de férias. Foi numa dessas belas manhãs de domingo céu azul, sol causticante na praia do Leblon lotada, com muita gente bonita que resolvi ficar. Primeiro, sentei no calçadão da orla e fiquei observando o vai e vem das pessoas principalmente na quantidade de mulheres bonitas que literalmente enchiam a praia. Passado um tempo, decidi ir a um bar nas proximidades comer algo e tomar um chopp gelado. Sentei numa das mesinhas estrategicamente voltadas para o mar, bem na divisa com a calçada. Ali permaneci muito tempo comendo um delicioso sandwiche e tomando chopp. As mesas ao redor estavam todas tomadas. O frenesi dos garçons trazendo as bebidas e comidas misturava-se com o barulho dos fregueses já pra lá de altos.

Via-se muitos turistas estrangeiros quase todos acompanhados de nativas da cidade. Tinha uma das mesas afastada da minha no entanto, onde a animação parecia bem maior. Havia um senhor gordo sem camisas, de shorts já com a pele branca bem  queimada pelo sol àquela hora, acompanhado de duas tremendas mulatas tipo passista de escola de samba na maior algazarra como se estivessem num ambiente reservado. A coisa estava quentíssima por lá. As duas mulheres pareciam muito à vontade e se divertindo muito com o seu acompanhante o qual com certeza deveria ser o patrocinador da festança. Bem, fiquei curioso observando no que ia acabar aquilo. O senhor gordo estava de costas, portanto não conseguia ver de quem se tratava. Repentinamente, ele pediu a conta e os três levantaram-se para ir embora. Qual não foi minha surpresa ao ver que aquele senhor de idade, festeiro e sem nenhum escrúpulo no momento era nada mais nada menos que o  respeitoso diretor da empresa alemã que nunca ria. O senhor Canais. Por pouco não engasguei com o que acabara de presenciar e o que sobrara do sandwiche. Seu Canais levantou-se com suas duas mulatas a tiracolo, pagou a conta e desapareceu na multidão. A partir daquela data nunca mais tive qualquer contato ou vi o festeiro Canais.

*Clovis de Barros filho,  nasceu na Serra da Prata (Iatecá). Estudou no Colégio Diocesano de Garanhuns do Admissão ao Científico onde concluiu em 1968. Reside em São Paulo desde 1970. É Licenciado e Bacharel em Química Industrial pela Universidade de Guarulhos e Químico Industrial Superior pelas faculdades Osvaldo Cruz/SP.

FILHOTE DE CORUJA É ENTREGUE À AGÊNCIA ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE - CPRH

Um filhote  de coruja Caburé (Glaucidium brasilianum) foi entregue à Agência  Estadual de Meio  Ambiente (CPRH), na terça-feira (3), após ser encontrada por um flanelinha,  em uma rua  próxima à  Universidade Católica de Pernambuco.  "O rapaz entrou  em contato comigo e disse que estava ajudando um motorista a estacionar o veículo,  quando  percebeu a coruja no chão. Por pouco ela não  foi atropelada", comentou o biólogo  da organização não   governamental  Trilogiabio,  Diego Sial, que conduziu a coruja  até a  sede da CPRH, em Casa Forte, na Zona Norte do Recife. 

A coruja foi encaminhada ao Centro de Triagem de Animais Silvestres de Pernambuco (Cetas Tangara), onde a CPRH mantém  equipe formada por biólogos e veterinários. A ave passou por avaliação clínica e está sendo cuidada para, quando estiver em condições,  retornar à  natureza.

quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

GARANHUNS DEVE DOTAR MEDIDAS PARA GARANTIR QUALIDADE DA ÁGUA FORNECIDA PARA AS ESCOLAS MUNICIPAIS

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomenda ao município de Garanhuns a adoção de medidas cabíveis para adequar o fornecimento de água aos alunos da rede municipal de ensino. O poder público deve manter o controle de qualidade da água mediante laudos de análise com periodicidade mínima mensal nos pontos de consumo de todas as escolas, em conformidade com as normas da Vigilância Sanitária.

O MPPE recomenda ainda a manutenção regular, pelo menos semestral, dos reservatórios existentes nas escolas. A recomendação, publicada no Diário Oficial Eletrônico desta quinta-feira (28), é endereçada às Secretarias Municipais de Educação e de Saúde de Garanhuns, ao Prefeito Izaías Régis Neto e ao Procurador-Geral do Município.

No texto da recomendação, o promotor de Justiça Domingos Sávio Pereira Agra considerou o auto nº 2015/1949047, que tramitou na Promotoria de Justiça de Garanhuns e tratou do acompanhamento do fornecimento de água em todas as escolas da rede municipal de ensino do município.

No procedimento administrativo, em questão constatou-se que o Município não comprovou o controle efetivo da qualidade da água fornecida aos alunos, nem a regular manutenção dos reservatórios existentes nas escolas das zonas urbana e rural. E, por fim, que o município não apresentou o plano de fornecimento de água aos alunos acompanhados de plano de manutenção e limpeza dos reservatórios das escolas, não se dispondo a firmar termo de compromisso perante o MPPE para solucionar as irregularidades.

Os destinatários têm um prazo de 30 dias úteis para informar ao MPPE se acata ou não a recomendação, que foi publicada no Diário Oficial Eletrônico desta sexta-feira (29). Em caso de acatamento, os destinatários devem enviar os comprovantes das medidas efetivamente adotadas para o atendimento da recomendação. Em caso de não cumprimento injustificado, poderão ser propostas ações civis públicas de obrigação de fazer e de improbidade administrativa.

PREFEITURA DE GOIANA - PE ABRE CONCURSO PARA DIVERSAS ÁREAS

Estão abertos três editais para provimento de vagas na Prefeitura de Goiana, com inscrições até o dia 29 de dezembro. Há oportunidade para procurador municipal, guarda municipal e para funções como professor, médico, agente administrativo, agente de trânsito, arquiteto, arquivista, cuidador, fisioterapeuta e dezenas de outras especialidades.

Para o concurso de Procurador, é oferecida uma vaga de início imediato e outras nove para cadastro reserva. A remuneração é de R$ 4.229,00. Os aprovados deverão cumprir a carga horária de 30 horas semanais. Os candidatos devem possuir ensino superior em Direito e inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

As inscrições podem ser feitas no site da banca organizadora (https://www.idib.org.br/SITE/Concursos.aspx?TipoBusca=2) . A taxa vaira de R$ 65 a R$ 95,00.

Confira o link para acessar os editais e as inscrições, abaixo:

Procurador Municipal

Guarda Municipal

Demais especialidades


TARIFA DE ÔNIBUS EM GARANHUNS VAI SER REAJUSTADA PARA R$ 3,25

Do Portal V & C

A passagem de ônibus interurbano de Garanhuns vai subir no próximo dia 01 de janeiro dos atuais R$ 2,90 (se for comprada a dinheiro dentro do coletivo) para R$ 3,25. Se a passagem for comprada através do cartão Meu Passe Legal, o valor vai dos atuais R$2,80 para R$2,95. Para os usuários do Garoinha o valor será de  R$ 3,75. No cartão Meu Passe Legal o valor será de R$ 2,95 e o usuário já sai com a recarga. Não é necessário pagar pelo cartão.  

"A vantagem de quem adquire o cartão é que, a cada 10 passagens, ele ganha uma, além de, como já frisei, ser totalmente gratuita a adesão a esse sistema. Estamos também em planejamento para aumentar os pontos de venda e aceitar cartão de crédito nas compras, que poderão ser feitas também pela internet", disse o gerente Domingos de Sá em conversa com o Portal V&C.

PREFEITURA DE FERREIROS - PE LANÇA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO

A Prefeitura de Ferreiros - PE, tornou público por meio do Diário Oficial dos Municípios do Estado de Pernambuco, edição de 03 de dezembro de 2019, o edital de seleção pública nº 001/2019 destinado a contratação de servidores temporários.

Ao todo são disponibilizadas 30 vagas para profissionais de nível médio e superior.

Cargos e vencimentos do processo seletivo Prefeitura de Ferreiros
As vagas disponíveis são para profissionais de nível médio e superior, nos seguintes cargos:

Cargo de nível médio: Visitador;

Cargos de nível superior: Professor de Educação Física, Professor Polivalente, Assistente Social, Supervisor, Médico PSF, Dentista, Médico Plantonista, Médico Psiquiatra, Fonoaudiólogo, Terapeuta Ocupacional e Psicóloga.

Os salários ofertados variam de R$ 998,00 a R$ 8.755,00 por jornadas de até 40 horas semanais trabalhadas.

Como se inscrever

As inscrições já estão abertas e os interessados em participar da seleção devem imprimir e preencher de forma legível, em letra de forma, o formulário de inscrição e encaminhá-lo à Comissão organizadora até o dia 20 de dezembro de 2019, através de SEDEX com Aviso de Recebimento (AR) ou de forma presencial, nos dias úteis, na sede da Prefeitura, na Av. Francisco Freire da Silva, 32 - Centro.

Não será cobrada taxa de inscrição.

Etapas da seleção

Os candidatos serão avaliados em uma única etapa, denominada de Avaliação Curricular, de caráter classificatório, que levará em conta a experiência profissional de cada candidato e a titulação em área compatível à função.

Validade

O prazo de validade da seleção será de um ano, a contar da data de divulgação da classificação preliminar obtida após o resultado de julgamento dos recursos na imprensa oficial, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Prefeitura Municipal.

terça-feira, 3 de dezembro de 2019

PREFEITURA DE SÃO BENTO DO UNA - PE REALIZA PROCESSO SELETIVO

A Prefeitura de São Bento do Una - PE tornou público no Diário Oficial dos Municípios do Estado de Pernambuco, edição de 03 de dezembro de 2019, o edital de processo seletivo nº 001/2019 para contratação temporária de servidores de nível superior.

O processo seletivo oferece 183 vagas para contratação imediata, mais formação de cadastro de reserva, para lotação na Secretaria Municipal de Educação.

O processo seletivo nº 001/2019 oferta vagas para profissionais de nível superior, reservando vagas para Portadores de Deficiências e para membros das Comunidades Quilombolas.

As vagas são para os cargos de Professor de Educação Infantil, Professor do Ensino Fundamental, Professor de Língua Portuguesa e Língua Estrangeira/Inglês, Professor de Matemática, Professor de Biologia, Professor de História, Professor de Geografia e Professor de Educação Física.

Os vencimentos ofertados, para todos os cargos, corresponde a R$ 11,50 por hora aula. 

Inscrições

Os candidatos interessados em participar da seleção poderão se inscrever no período de 09 a 16 de dezembro de 2019, de 08h às 13 h, na sede da Prefeitura, situada à Praça Historiador Adalberto Paiva, nº 01, Centro – São Bento do Una – PE, no 2º andar – Sala da Secretaria Municipal de Educação, junto à Comissão de Seleção.

Haverá ainda a possibilidade de encaminhar requerimento acompanhado dos documentos necessários à inscrição, de acordo com o edital, por via internet, através do e-mail: processoseletivo2020@saobentodouna.pe.gov.br.

Não será cobrada taxa de inscrição.

Etapas da seleção Prefeitura de São Bento do Una

Os candidatos serão avaliados em etapa única do processo seletivo, de caráter classificatório e eliminatório, que consistirá em Análise Curricular, a ser feita com base na qualificação e na experiência profissional do candidato.

Validade

O processo seletivo é válido pelo ano letivo de 2020, não podendo haver prorrogação.

TCE JULGA IRREGULARES PROCESSOS DE GESTÃO FISCAL DE 3 CÂMARAS MUNICIPAIS

A Primeira Câmara do TCE julgou irregulares, na última terça-feira (26), processos de Gestão Fiscal relativos à transparência pública das Câmaras Municipais de Igarassu, Itaíba e Tupanatinga, todas do exercício financeiro de 2018. Os responsáveis foram os então presidentes do Legislativo Municipal, Elvis Presley Rodrigues, Francisco Abimael Barbosa e Joaquim Cordeiro Feitosa Neto, respectivamente.

Em relação à Itaíba (processo n° 1924611-0) e Tupanatinga (n° 1924312-1), sob relatoria do conselheiro substituto Ruy Harten Júnior, as principais irregularidades foram as falhas na disponibilização de informações acerca da execução orçamentária e financeira no Portal de Transparência do Poder Legislativo municipal, sendo classificado, a partir do Índice de Transparência dos Municípios de Pernambuco como “crítico” em Itaíba e “insuficiente” em Tupanatinga.

Já em Igarassu (n° 18100827-0), sob relatoria da conselheira Teresa Duere, além da ausência informações da execução orçamentária e financeira também foi apontado no voto, “que a Câmara Municipal de Igarassu não ofereceu a devida transparência à gestão fiscal no exercício de 2018”, com destaque para o Relatório de Gestão Fiscal (RGF).

Além do julgamento pela irregularidade foram aplicadas multas aos gestores responsáveis. Todos os votos foram aprovados por unanimidade, cabendo ainda recurso. Representou o Ministério Público de Contas na sessão o procurador Gilmar Severino Lima.

Gerência de Jornalismo do TCE.

SENAC TEM SELEÇÃO DE EMPREGO PARA CARGO EM GARANHUNS

O Senac está com processo seletivo para a contratação de um profissional para ocupar o cargo de Assistente Administrativo – Vendas, na unidade de Garanhuns. As inscrições estão abertas e podem ser feitas até o dia 8 de dezembro. Para participar, os interessados precisam ter Ensino Médio completo, experiência mínima comprovada de seis meses na área de vendas e habilidades nos programas Word e Excel, em nível básico. A carga horária de trabalho é de 44 horas semanais, de segunda a sábado, e o salário oferecido é de R$ 1.896,84, para o período de admissão, e de R$ 2.107,60, que será o salário inicial após a efetivação. Os currículos devem ser enviados para o e-mail rhsenac@pe.senac.br.

O processo seletivo consiste em três fases eliminatórias: a primeira é a de inscrição na vaga. É a fase do envio do currículo e dos documentos que comprovam os requisitos do cargo (escolaridade, experiência e habilidades). Em seguida, é a de análise curricular. Por fim, haverá prova de conhecimentos, composta por dez questões de Língua Portuguesa, que terá seu conteúdo em conformidade com a escolaridade e as atribuições exigidas para o cargo. Outras informações estão disponíveis no edital no site www.pe.senac.br/trabalhe-conosco.

Informações: www.pe.senac.br ou pelo telefone (87) 3764.2703

CONCURSO PREFEITURA DE LAJEDO - PE COM MAIS DE 100 VAGAS

A Prefeitura Municipal de Lajedo - PE vai realizar concurso público com oportunidades para níveis fundamental, médio e superior visando preencher mais de cem vagas nos diversos cargos. O edital foi publicado hoje (02/12) e a banca organizadora será o Instituto de Administração e Tecnologia, denominado ADM&TEC, sediado no Recife.

 As provas objetivas serão realizadas no dia 19 de abril de 2020. As inscrições serão realizadas até o dia 28/02/2020 exclusivamente pela internet, através do link de acesso instalado na página eletrônica da prefeitura de Lajedo (www.lajedo.pe.gov.br) ou diretamente no site do ADM&TEC (www.admtec.org.br). com o valor que varia de 85 a 105 reais. 

Os salários e os demais pré-requisitos estão publicados no edital  aqui

UNIÃO BRASILEIRA DE ESCRITORES INSTALA NÚCLEO EM CARUARU


No sábado, dia 30 de novembro de 2019, em concorrido encontro na Casa Jornalista José Carlos Florêncio, sede da Câmara Municipal de Caruaru, na Rua Quinze de Novembro, 201, no bairro de Nossa Senhora das Dores, o escritor José Renato Siqueira, presidente nacional da UBE, instalou o núcleo municipal da entidade, dando posse a diretoria presidida pelo escritor Agildo Galdino.

“DEFENDO A CULTURA E O TURISMO; O ENSINO E O COMÉRCIO COMO SAÍDAS ECONÔMICAS PARA GARANHUNS”, DIZ GIVALDO


Em entrevista a este Blog, o empresário, acadêmico e homem público Givaldo Calado de Freitas defendeu “a cultura e o turismo; a educação e o comércio como as grandes vocações da nossa cidade, sem prejuízo de outras, como a agricultura e a pecuária. O agronegócio, enfim.”

Segundo ele, “elas não se esgotam nesses quatro ou cinco nichos. Pelo contrário, estes inspiram e incentivam outros que a eles se agregam, adensando-os. Nesse sentido, somos uma cidade plural. No entanto, elas são as maiores vocações da cidade, capazes, portanto, de reduzirem, se bem orientadas, essa chaga da escassez de emprego e renda à nossa gente.”

Givaldo afirma que “desde a década de 1950 sabemos desses vieses econômicos de Garanhuns. E quem assim dizia, Agamenon Magalhães, levou Celso Galvão, então prefeito da cidade, a assim entender. Quem sabe se, por isso, Celso não tenha partido para dotar nossa cidade de grandes obras nessa direção como a Praça Dom Moura, o Paço da Cidade, o Cristo Crucificado, o Cassino de Pernambuco... E aquela que seria a precursora da nossa Universidade, a Casa do Estudante de Garanhuns.”

Givaldo Calado de Freitas, todos conhecem, e sabem de seu carinho por Garanhuns, através de suas iniciativas privadas na cidade, que vêm de longe.

O Matriz Center, por certo, é uma delas, e, por muitos anos, e ainda hoje, point, e orgulho de Garanhuns, em seu marco zero, na Avenida Santo Antônio, por ele entregue à sua gente em 17 de outubro de 1986.

“Bem que poderia ser chamado de Hino. Hino de Amor a Garanhuns. Hino..., mas vamos chamá-lo de Matriz. Matriz, em homenagem a nossa Matriz de Santo Antônio”, disse Givaldo no dia de sua entrega.

O Garanhuns Palace Hotel, outro orgulho da cidade, é iniciativa privada desse visionário, também entregue a Garanhuns em 06.07.1990, julgado como o melhor hotel do interior do nordeste brasileiro.

Inúmeras Unidades Habitacionais familiares e multifamiliares, como o Residencial Manoel Lacerda, Residencial Columinho, Alameda Geraldo de Freitas Calado e outras, que apontam para iniciativas privadas de coragem e crença em Garanhuns. Como ele sempre coloca: “As iniciativas privadas que realizei na minha cidade, foram para minha cidade. Amanhã, irei para outro plano, mas minhas iniciativas ficarão em Garanhuns para sempre. Portanto, fiz para minha cidade. Ela merece!”

Segundo Givaldo, “naquele tempo, Agamenon saudava Garanhuns como ‘Cidade Universitária e Turística’. Veja você. Ainda nos anos 1950. E é bom que se diga que Garanhuns só dispunha de três Colégios - XV de Novembro, Santa Sofia e Diocesano. Nenhuma Faculdade. Que dirá Universidade. Ademais, naquela época, nosso comércio ainda era incipiente, e nosso turismo, inexistente.”

O empresário diz, ainda, que sua luta em defesa desses vieses à economia da cidade “não é obra de veleidade minha, visto que tenho defendido essa posição há muitos anos, todos sabem, sendo, portanto, essa minha posição resultado de vontade imperiosa de, um dia, assistir ao florescer econômico e social da minha cidade, em que tanto acredito. E esse florescer, já aí com a melhoria da educação, à vista de todos, sendo Garanhuns, hoje, considerada ‘Cidade Universitária’, resultado da luta persistente de sua gente, através de décadas.”

“Quando falo em impacto econômico do turismo na cidade, que atinge nada menos que 52 segmentos da economia, faço-o de posse de registros do IBGE e, claro, estudando a matéria. Se, esses impactos parecem incríveis para alguns, quero dizer que são reais. Basta-nos um simples olhar ao mundo. E neste mundo, claro que nele estamos, sobretudo através de nossas cidades que sabem ‘vender’ suas belezas e seus encantos. Inclusive, a nossa. Basta-nos procurar os trabalhadores, os barraqueiros, os taxistas, os donos de bares, de hotéis, de restaurantes, enfim, e a eles perguntarmos do impacto do turismo em seus negócios. E, diga-se, esse impacto gera mais empregos e renda, e também beneficia, fortemente, os cofres públicos das suas esferas municipais, estaduais e federal. Portanto, todos ganham.

Sou, por isso, defensor das vocações econômicas da nossa cidade. E digo mais: nada, hoje, mais importante para Garanhuns e sua gente que a geração de emprego e renda. E o caminho que aponto é o incentivo e o incremento da cultura e do turismo; da educação e do comércio. Estes últimos, já em progresso. O primeiro, com mais colégios e universidades. E o segundo, com a abertura de novas empresas na cidade, como as ‘Americanas’, o ‘Assaí’, o ‘Hiper’, o ‘Bob’s’, o ‘São Braz’, o ‘Rei das Coxinhas’, o ‘Sanduba do Careca’, dentre outras. E tantas, ainda, chegando.”

“Vamos, portanto, avançar em nossas conquistas para sermos a cidade de nossos sonhos, próspera e feliz, e com sua gente tendo mais orgulho da ‘Cidade Poesia’, da ‘Cidade Mágica’, da ‘Cidade Encanto’ de Garanhuns”, diz Givaldo.

Que conclui, dizendo: “Mas, para tal, precisamos oxigenar e rechear mais a nossa agenda econômica, tecendo nosso ‘Plano de Turismo Criativo’, capaz  de pôr fim ao sazonal de nossas demandas, fazendo crescer o nosso turismo de negócio, de congresso... Enfim, capaz de atrair e fazer voltar aqueles que vinham à nossa cidade, décadas passadas, por uma série de razões. Por nossa geografia estratégica, e conexão terrestre, a 224 km do Recife, a 343 km de João Pessoa, a 180 km de Maceió, a 304 km de Aracaju. Mesmo, sem a BR 423 duplicada, e, ainda, ausência de voos para nossa cidade.

Não enxergo outra saída em que se possa alavancar nossa economia, senão através do exercício de nossas vocações. Aqui, temos duas vedetes imbatíveis: a nossa água e o nosso clima. Que, creio, os melhores do Brasil. Aqui, temos excelentes hotéis, pousadas e restaurantes. Aqui, temos 23 pontos turísticos. Aqui, temos tudo que uma cidade turística precisa para erguer sua economia, e dar impulso à melhoria da qualidade de vida da nossa gente. Falta-nos, contudo, um olhar. Um olhar mais curioso e decidido para enfrentar esse gargalo.

E digo mais: não adianta água, clima, hotéis... E só. Temos que ter atrações que seduzam o turista. Atrações que mexam com seus cinco sentidos. Que, enfim, lhe empolguem.

Mas, para que isso ocorra, temos que ir atrás de parcerias públicas privadas. E que o nosso Conselho Municipal de Turismo esteja regular e antenado, a fim de que conheça os incentivos à disposição dos municípios turísticos, propiciados pela PRODETUR. E que, entrementes, se procure melhorar as estruturas dos pontos turísticas existentes na cidade. É o caso do Cristo Crucificado, da Via Sacra, do Santuário Mãe Rainha, dentre outros. Sem perder de vista a implantação de equipamentos que encantam o turista, a exemplo de teleféricos e outros, como acontecem em cidades como Bonito e Triunfo, com total êxito. E que, ainda, no escopo do turismo criativo, esteja a presença do ‘Calendário Turístico da Cidade de Garanhuns’.

Assim, defendo, e sem embargo de tantas e tantas outras valorosas ideias, o seguinte: Festejos do “TRÍDUO DE MOMO” com frevo e samba em trios elétricos nos bairros e nos distritos, e Jazz e Blues na Esplanada para dezenas de milhares que gostam desse gênero musical, da cidade e de fora dela - turistas. Público seletivo e consumidor. Gerador, portanto, de emprego e renda; Festejos do “VIVA DOMINGUINHOS”, maior. Em dois finais de semana - sextas-feiras e sábados, sem prejuízo dos dias da semana -domingos às quintas-feiras, com artistas da cidade e da região; Festejos de “SANTO ANTÔNIO, SÃO JOÃO E SÃO PEDRO”. Que carecem renascer. E grandes! Modelos Caruaru e Campina Grande, centrando suas maiores atrações em quatro finais de semanas, e, durante os dias da semana - domingos às quintas-feiras, com os nossos artistas; Festejos do “FIG” em trinta dias, centrando suas atrações maiores, do Palco Dominguinhos, em quatro finais de semana - sextas-feiras e sábados. E, durante os dias da semana - domingos às quintas-feiras, com artistas da cidade. Nos demais Palcos - Cultura Popular, Instrumental, Som da Rural, Pop, Forró, Artes Cênicas, Música Erudita e, claro, Mestre Dominguinhos, além das oficinas, das peças, dos filmes e das demais atrações, ao longo do Festival; Festejos do “PRIMAVERA VERÃO”, a ser criado, em saudação a essas estações do ano, oferecendo aos turistas que gostam de nossa cidade, dias e noites mais aprazíveis que em suas cidades de origem; Festejos da “MAGIA DO NATAL” em oito finais de semanas, como já vem ocorrendo, ofertando civilidade e religiosidade; encanto e poesia, para milhares e milhares que vêm a nossa cidade, saindo, daqui, felizes e sonhando com outras Magias, tudo por conta da sua beleza e encanto, e de nossa vocação receptiva, fruto do nível cultural dos que fazem a ‘Cidade Poesia’; Promoção do “FUTEBOL NOS GRAMADOS”, além-fronteiras.  Sim! No campeonato estadual. Temos vários motivos para essa defesa. Dentre eles: primeiro - a cidade estar certa que não pode ficar de fora desse campeonato. Segundo - a cidade estar consciente que é chegada a hora de preservar seu estádio. Terceiro - cresce, visivelmente, a qualidade do esporte amador em nossa cidade.

Devemos pensar também na capacitação da nossa juventude para viabilizar seu ingresso no mercado de trabalho. Em Garanhuns, são milhares que precisam dessa nossa iniciativa. E, enquanto ela não chega, estão por aí sem emprego, portanto, sem renda que possam atender, pelo menos, suas necessidades. Tenho feito um pouco para combater essa chaga, através de nossos cursos de cabeleireiros. Contudo, reconhecemos que só com a união da iniciativa privada, induzida pelo poder público, poderemos mudar essa triste realidade. Vamos sonhar juntos! Tudo começa com sonhos. E através de uma franca e clara parceria público-privada, poderemos chegar lá.

domingo, 1 de dezembro de 2019

ELEIÇÕES 2020 - DIVULGADA NOVA PESQUISA PARA PREFEITO DE GARANHUNS

Por Jonathas William J.W / Garanhuns Notícias

Essa é a segunda pesquisa contratada com o objetivo de avaliar a opinião e intenção de voto dos garanhuenses. O objetivo dessa consulta pública é saber como está o cenário político atual na cidade, e quem são os candidatos mais competitivos para o pleito de 2020.

A pesquisa foi realizada entre os dias 18, 19, 20 e 21 de novembro, pelo Instituto Opinião & Análises - (Opinião e Consultoria em Análise Social). Foram entrevistadas 600 (seiscentas) pessoas. Duzentas a mais do que a pesquisa anterior feita pelo instituto EXATO ANALYTIC.

Vejam os números dessa nova pesquisa

A pesquisa revela o seguinte cenário na consulta estimulada;

Haroldo Vicente (PTB) 21,6%.

Sivaldo Albino (PSB) 20,1%.

Zaqueu Lins (PRB) 16,0%.

Givaldo Calado (Avante) 11,5%.

Silvino Duarte (PTB) 8,6%.

Luizinho Roldão (PCdoB) 6,5%.

Coronel Campos (PSL) 2,0%.

Paulo Camelo (PCB) 1,7%.

Pedro Veloso (PT) 1,6%.

Helder Carvalho (Sem Partido) 1,3%.

 - Não opinaram 4,7%. Em nenhum dos candidatos 5,3%.

De acordo com os números divulgados pelo Instituto Opinião & Análises a pesquisa espontânea revela os seguintes números;

Sivaldo Albino (PSB) 18,1%.

Haroldo Vicente (PTB) 17,9%.

Zaqueu Lins (PRB) 13,5%

Givaldo Calado (Avante) 10,6%.

Silvino Duarte (PTB) 9,1%.

Luizinho Roldão (PCdoB) 5,2%.

Coronel Campos (PSL) 1,3%.

Paulo Camelo (PCB) 1,6%

Pedro Veloso (PT) e Helder Carvalho (Sem Partido), não pontuaram.

 - Não souberam ou não quiseram opinar 22,6%

Essa nova pesquisa de opinião também fez o levantamento por seguimento social, atividade econômica e ocupação dos entrevistados. O objetivo é saber de cada grupo social a sua opinião e expectativa em relação aos pré-candidatos expostos até agora.

Sobre a pesquisa - A amostragem foi distribuída nos diversos bairros da cidade e distritos, proporcionalmente, sendo estratificada por sexo, faixa etária e seguimento social. A margem de erro é de 6,0% e o grau de credibilidade da pesquisa é de 95,0%. Foram entrevistadas 600 (seiscentas) pessoas.

Outras pesquisas serão contratas em institutos diferentes que irão aplicar diversas metodologias de consulta popular, onde serão entrevistados todas as faixas etárias de eleitores e diversos grupos sociais.

*O detalhamento especifico desta consulta pública com os maiores dados coletados é de consumo interno do grupo contratante.