sábado, 9 de maio de 2020

NOVE DE MAIO

Há datas que não saem de nossas cabeças, e, portanto, precedem a quaisquer outras, sem desdouro de nenhuma delas. E eu refiro: são as datas que estão em nossos corações, porque delas fomos coautores, desde seu germinar. A essas datas, preconiza-se todo Santo Dia. Com grande alegria e com imensa ternura.

Tenho três em minha mente: nove de maio, onze de agosto e dez de dezembro. Para elas, bato palmas. Para elas, estampo alegria. Aqui, já madrugada dessa quinta-feira. Acordo. Vou ao banheiro. Perco o sono. Pego do celular, e vejo uma postagem de minha caçula Giovanna, que vive em Austin, capital do Texas, com seu esposo e filhinhas, minhas netinhas.

"Vamos fazer uma surpresa pra Dinho e mainha no sábado. Algo parecido com o vídeo sobre nossa família que você fez." 

Alegre com a postagem, penso: agora, difícil retomar o sono. E respondo: "Que legal, filhinha. Eles vão ficar muito felizes. Dia nove de maio nascia nosso primogênito. Seu nome, ainda na sala de parto, quem deu foi sua mãe: Givaldo Calado de Freitas Filho.

'Mas Emília...'

'Mas eu quero!'

Obediente, fui para o Cartório. Mas, hoje, confesso, fiquei muito feliz. Pelo nascer. Pelo nome. E pela súbita honra que Emília me prestava.

Na mesma Maternidade, cerca de dois anos depois, nascia Germana. A ela dei esse nome, com o aval de sua mãe, nome, inspirado no nome da Diretora da Maternidade, Madre Germana. 'Que menina linda! Cabeluda.'

Por fim, Giovanna, esse, nome escolhido por sua mãe: 'Temos, agora, três G’s, filhos'

'Por enquanto, né?

Já, já, o quarto..., vamos pra mais.'

'Não! Doutor Henrique disse que mais, não. Não posso.'

Essa a história dos primeiros dias de vocês, nossos três G’s, queridos.

Nossos filhos maravilhosos que só nos dão alegrias. E para quem pedimos a Deus, todos os dias, proteção e felicidade.

Com a terra parada. Todos cônscios do 'FIQUE EM CASA', 'USE
MÁSCARA'... As minhas bênçãos, extensivas a todos."

De repente, mal encerro essas linhas, Germana, lá da Califórnia:

"Família querida!

Amanhã (9), será dia de festa. Vamos nos reunir para comemorar duas pessoas maravilhosas nas nossas vidas: Dinho e Mainha.

Vamos fazer uma conferência, via Zoom, às 10h00, em São Francisco; 12h00, em Austin; 6h00, em Lisboa e 2h00, em Recife/Garanhuns."

É! Tempos de pandemia.

GIVALDO
Calado de Freitas

Nenhum comentário:

Postar um comentário